Uma nova solução tecnológica vinda do Japão promete facilitar muito mais a comunicação entre pessoas que não falam o mesmo idioma que os apps de tradução. Trata-se da “C-mask”, uma máscara facial inteligente que consegue converter a sua fala em até 9 idiomas diferentes.

O produto foi desenvolvido pela startup japonesa Donut Robotics, que arrecadou 28 milhões de ienes (mais de US$ 260 mil) na plataforma de financiamento coletivo Fundinno, para dar continuidade ao projeto.

De acordo com a empresa, a máscara inteligente foi pensada para traduzir conversas via Bluetooth, e ajudar as pessoas no mundo pós-coronavírus: “Por muitos anos, dedicamos tempo ao desenvolvimento de robôs e decidimos usar essa tecnologia para ser útil no mundo pós-coronavírus”, afirmou Taisuke Ono, CEO da Donut Robotics, em entrevista à Reuters do Japão.

Basicamente, a peça grava a fala do usuário, transcreve em notas de texto via Bluetooth e faz a tradução para o idioma escolhido. Tudo isso na rapidez de uma conversa normal. O dispositivo também pode fazer chamadas, anotar os minutos de uma reunião e aumentar o volume da voz do usuário.

Por enquanto, os 9 idiomas disponíveis são japonês, inglês, mandarim, francês, coreano, tailandês, bahasa indonésio, espanhol e vietnamita. A empresa espera lançar a máscara inteligente no Japão já no mês de setembro. Serão 5 mil unidades iniciais vendidas ao preço equivalente de US$ 37,00.

Fonte: Portal B9, disponível em: https://www.b9.com.br/128697/empresa-japonesa-cria-mascara-inteligente-que-traduz-conversas-em-9-idiomas/