Lazer & Cultura

11

Jul

Lazer & Cultura

Álbum do I Festival de Música da Cidade do Natal está disponível em todas as plataformas digitais

A Caminhada Histórica do Natal é um evento que reúne centenas de pessoas todos os anos em um percurso por ruas e monumentos importantes da cidade. Em 2018, ela trouxe uma novidade: o I Festival de Música da Cidade do Natal. Um show de cultura e arte potiguar para encerrar o dia de passeio pela história. Diversos artistas participaram das inscrições, mas apenas 12 canções autorais foram escolhidas para serem apresentadas no evento, todas levando como tema a cidade do Natal. E agora, a Viva Entretenimento, idealizadora da Caminhada, acaba de disponibilizar em todas as plataformas digitais o álbum com as performances ao vivo desse show inesquecível.

O objetivo do projeto foi, desde o começo, difundir a música potiguar, principalmente aquela não contemplada no dia a dia pelos meios de comunicação, e construir um repertório especial e de qualidade sobre a capital potiguar. O produtor cultural, diretor artístico e coordenador técnico do Festival, Marcelo Veni, explica também que o resultado agora possibilita uma maior projeção dos músicos e compositores participantes através da inserção nas plataformas digitais. "Ao disponibilizarmos o álbum assim, modernizamos e atualizamos a forma de somar na divulgação e projeção de nossos valores musicais, não só no RN mas também para o mundo, através do alcance da Internet", finaliza. Em agosto, a Viva lançará também o álbum do II Festival de Música, que aconteceu no ano passado.

10

Jul

Lazer & Cultura

Plataformas de streaming já concentram a segunda maior audiência no Brasil

Os serviços de streaming representam hoje a segunda maior audiência do mercado de entretenimento brasileiro. Os serviços como Netflix, Amazon Prime Video e outros acumularam, em junho de 2020, 15% de market share e uma média de sete pontos no Ibope, um total que só é superado pelos números da Globo, com 15 pontos e 32,6% de participação no mercado — todas as outras emissoras ficaram para trás.

Os dados são referentes à chamada faixa comercial do Ibope, período diário que vai das 7h à meia-noite. Durante esse tempo, 15 em cada 100 televisores estavam consumindo conteúdo por streaming, com os sete pontos de Ibope representando 1,7 milhão de pessoas conectadas às plataformas digitais ao longo do período nas 15 maiores regiões metropolitanas do país.

Os números foram publicados pela coluna de Ricardo Feltrin, no UOL, e podem ser ainda maiores, já que não levam em conta o consumo de mídia por streaming através de celulares ou tablets. A medição é a mesma feita normalmente pelo Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística) para obter os dados relacionados à audiência da televisão, com um aparelho detectando o que está sendo exibido no televisor.

Estes totais são extrapolados de forma estatística, de acordo com a população das cidades, de forma a entregar aos canais os dados sobre a audiência. A Record ficou na terceira colocação em junho, com 5,5 pontos e 12% de market share. Depois vem o SBT, com cinco pontos e 10,8% de participação, a Band (1,5 e 3,2%) e, por fim, a RedeTV (0,6 e 1,4%).

Fonte: Canaltech, disponível em: https://canaltech.com.br/mercado/plataformas-de-streaming-ja-concentram-a-segunda-maior-audiencia-no-brasil-167786/

10

Jul

Lazer & Cultura

Realizada de forma virtual, Maratona de Natal está com inscrições abertas

Em virtude da pandemia do novo coronavírus, a edição 2020 da Maratona da Cidade do Natal acontecerá de forma virtual. As inscrições para participar do evento, que conta com o apoio da Prefeitura de Natal, já estão abertas e podem ser realizadas pelo site: https://www.ticketagora.com.br/e/maratona-da-cidade-de-natal-virtual-2020-30692.

Os atletas poderão correr na cidade de Natal/RN e em todo o Brasil, em casa, na rua isolado, na esteira, em qualquer terreno de sua preferência, seguindo todas as orientações/determinações dos Órgãos de Saúde (OMS), da Prefeitura do Natal e do Governo do Estado de cada região. 

O evento contará com provas de 1km, 3km, 5km, 10km, 15km, 21km e 42km. Após a execução da corrida, usando relógio com GPS, app de corrida, ou esteira, os maratonistas terão que acessar a plataforma de inscrição (TICKET AGORA) e validar o percurso percorrido, aguardando a confirmação do resultado. Todos que validarem as suas corridas irão receber medalhas. O período para inserção dos resultados na plataforma é de 20 a 25 de Setembro deste ano.

Para Fabiano Faria, um dos organizadores do evento, o formato é para que cada atleta permaneça seguindo seu ciclo de treinamento, permitindo que não perca seu condicionamento físico, mantendo-se sempre ativo, visando à manutenção da saúde, bem estar físico e mental.  Ele destacou ainda a importância do apoio da Prefeitura de Natal, que tem sempre contribuído para o fortalecimento do esporte na capital potiguar.

''Essa parceria é muito importante. Gera uma cultura de saúde, esporte e qualidade de vida. Além desses aspectos, as corridas de rua são muito importantes para a divulgação das cidades, incrementando o setor turístico e movimentando a economia. Para Natal, que tem no turismo a sua principal fonte geradora de dividendos, esse tipo de evento agrega muito”, reforçou Fabiano.

9

Jul

Lazer & Cultura

Projeto Cultural Ribeira Boêmia cadastra beneficiários para Live Solidária

Está aberto o cadastramento dos beneficiários do Samba Solidário em Casa, a primeira live beneficente do Projeto Cultural Ribeira Boêmia, que acontece às 13h do próximo dia 18 de julho. A iniciativa, selecionada pelo Edital Economia Criativa Sebrae/RN, objetiva amenizar as dificuldades enfrentadas pelos profissionais da música que se encontram em situação de vulnerabilidade social em razão da pandemia.

O cadastro prévio dos profissionais que vivem do samba e estão desamparados será feito pela Casa da Ribeira, outra renomada entidade cultural natalense. Os interessados devem entrar em contato pelo e-mail casadaribeiranatal@gmail.com ou pelo WhatsApp (84) 98704-0265, e enviar os dados: nome completo; CPF ou RG; endereço; profissão; ocupação atual; quantidade de dependentes; renda média mensal familiar atual e telefone de contato.

Cantores, compositores, musicistas, operadores de som e luz, roadies, montadores, carregadores e pessoal de apoio formam o público-alvo das arrecadações. Desde a segunda quinzena do mês de março, eles tiveram uma redução significativa ou até mesmo a perda total das suas rendas. Muitos sobrevivem hoje apenas com o auxílio emergencial do Governo Federal, previsto para se encerrar em breve.

O Programa Mesa Brasil do SESC, no qual a Casa da Ribeira é cadastrada, também é parceiro do Samba Solidário em Casa e ainda responsável pela logística das doações. O foco será na arrecadação de alimentos não perecíveis; materiais de higiene e limpeza; álcool em gel; máscaras e outros itens de uso pessoal. Doações em dinheiro podem ser feitas mediante depósito em conta oficial do Ribeira Boêmia. Elas serão convertidas em donativos.

Selecionado entre os melhores projetos na modalidade Serviços Digitais, a live será produzida pelo Ribeira Boêmia - em parceria com o Sebrae/RN e a Plano B Marketing - e transmitida em alta definição pelo canal do grupo no YouTube diretamente do Iate Clube do Natal, seguindo todos os protocolos de segurança e higiene recomendados pelas autoridade sanitárias. A live contará ainda com a participação especial de grandes nomes do samba potiguar: Dodora Cardoso, Sueldo Soares, Berthone Oliveira e Junior Santos.

Além dos patrocinadores, também apoiam esta inicitava: InterTV Cabugi; 96FM; 98FM; CBN Natal; Rádio MIX; SICOOB; SESI RN; Interjato; TheBrotherHoodie; Busão Solidário; CDA Distribuidora; Grupo Multigiro; Favorito; RedeMAIS – Supermercado Veneza; Queiroz Atacadão; Rede Unilar, Sem Etiqueta; EME2; Br-moto; Chopp Oktos Cidade Verde; Espetinho do Braga; Fulô Brassaria; LeWash; AR Geradores e IdentFix.

9

Jul

Lazer & Cultura

Spotify lança ferramenta que cria playlists para exercícios

O Spotify lançou uma ferramenta para criação de playlists para fazer exercícios físicos. Chamada de “treine com uma trilha sonora”, a novidade permite que até duas horas de músicas voltadas para treinos.

Segundo o blog oficial da ferramenta, para testar a função é preciso selecionar tempo e tipo de conteúdos. Por exemplo, é possível adicionar músicas, podcasts e até alguns mix, caso você não queira escolha canção por canção.

Em seguida, a plataforma fará algumas perguntas para refinar seu gosto para o exercício. Por fim, é possível baixar a sua playlist no aplicativo e ouvir enquanto faz seu treino.

Ainda, é possível escolher entre oito tipos de exercícios diferentes, como ioga, corrida, caminhada, pesos e mais. A proposta é que a plataforma selecione os tipos de sons de acordo com a proposta. Por exemplo, não faz sentido um ritmo mais dançante para movimentos de ioga, cuja proposta é mais relaxante.

No blog do Spotify também já há algumas playslists caso o usuário busque algo pronto e menos personalizados para seu exercício. O mecanismo já está disponível para apps Android, iOS e no navegador, inclusive para usuários brasileiros.

Fonte: Canaltech, disponível em: https://canaltech.com.br/musica/spotify-lanca-ferramenta-que-cria-playlists-para-exercicios-167728/

7

Jul

Lazer & Cultura

Escritor fala sobre a sobrevivência do universo da cultura geek durante a pandemia

Segundo AT Sergio, escritor pernambucano que circula pelos universos do terror e da ficção desde sempre, já participou de várias antologias, acaba de lançar seu primeiro romance infanto juvenil e de ser indicado, com Eles, para o Prêmio Odisseia de Literatura Fantástica, 2020 poderia ser o roteiro de algumas das maiores feras das catástrofes apocalíticas.

Além da pandemia pelo novo Coronavírus, vendavais, nuvens de gafanhotos fazem parte do pacote. Tudo bem que muitos desses considerados desastres naturais sempre fizeram parte da nossa história, mas vamos combinar que, especificamente em 2020, está tudo parecendo partes de um mesmo roteiro, que provoca incerteza e medo a cada momento. Ou seja, dos bons.

AT lembra que, por causa da pandemia, teremos que esperar mais tempo por 007 – Sem tempo para morrer, Um lugar silencioso 2, Novos Mutantes, The Batman, Viúva Negra, Os Eternos, e outros. O ano, agora, promete ser 2021. Que os bons ventos da cultura Geek nos protejam até lá.

Entre os cancelamentos, Stranger Things, Carnival Row, Riverdale, Wandavision, Falcão e o Soldado Invernal, O Senhor dos Anéis, entre outras, simplesmente não tem mais data para voltar. “O quanto apocalítico isso pode ser?”, brinca AT. Na questão literária, não teremos Bienal do Livro, nem FLIP, e as premiações, como é o caso da Odisseia, vão acontecer de forma online.

“Ok, estamos encontrando novas saídas para tudo”, lembra o autor, que também enfatiza: “o mundo digital nunca teve tanta força e é nele que precisamos nos concentrar  no momento, seja com lançamentos, que por enquanto estão acontecendo apenas dessa forma, ou mesmo com a revisão de títulos mais antigos, para reforçar nossa cultura nesses tempos sombrios”.

AT lembra que entre as escolhas dos autores que não querem cair no esquecimento estão: mais exposição nas redes, lives e parcerias para vendas online. O próprio autor trocou o lançamento de um novo livro inédito, que aconteceria por causa da Bienal do Livro, pela coletânea As 13: Histórias Diversas, que traz dois contos inéditos, no começo deste ano, e que está disponível ainda apenas em versão online, na Amazon.

2

Jul

Lazer & Cultura

Idema abre consulta pública sobre Parque das Dunas; saiba como participar

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte abriu nesta quarta-feira (1) uma consulta pública para obter sugestões e informações da sociedade civil sobre o Parque Estadual das Dunas Jornalista Luiz Maria Alves. A iniciativa tem por objetivo ouvir o cidadão potiguar quanto ao conhecimento que se tem da Unidade de Conservação e buscar novos atrativos ao espaço, em consonância com a proposta de proteção da biodiversidade local.

Segundo o diretor geral do Idema, Leon Aguiar, serão coletadas contribuições que subsidiarão a implantação de novas atividades para o Parque. “Está na nossa Constituição. Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida. O nosso objetivo é aprimorar as ações que podem ser desenvolvidas como recreação em contato com a natureza, turismo ecológico, pesquisa científica, educação e interpretação ambiental, sempre com foco na preservação de ecossistemas naturais”, explica. 

Atualmente, o Parque das Dunas encontra-se fechado para o público em respeito às medidas restritivas de saúde pública impostas pela pandemia do coronavírus. Entretanto, a equipe da administração da Unidade de Conservação segue trabalhando e considera propício lançar neste período o questionário para, de posse das informações coletadas, inseri-las no contexto do planejamento e retornos das atividades.

De acordo com a gestora do Parque da Dunas, Mary Sorage, a consulta apresentará sugestões à administração da Unidade de Conservação: "Desejamos escutar o que a sociedade pensa sobre as atividades do Parque das Dunas, bem como avaliar o que podemos fazer para conciliar atrativos de uso público com a preservação da Unidade", ressalta. 

As sugestões deverão ser encaminhadas por meio de formulário disponibilizado no site do Parque das Dunas. A consulta segue até o dia 31 de julho.  A identificação pessoal não é necessária. Para participar da consulta pública clique AQUI.

2

Jul

Lazer & Cultura

Músico potiguar vence concurso nacional da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte

A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN, durante o programa “Terças Clássicas ao Vivo com o Maestro” na última terça-feira, 30 de junho, realizou a final do Concurso Jovens Solistas OSRN – Etapa Nacional, do projeto Movimento Sinfônico, através dos canais oficiais da orquestra, no YouTube e Facebook. No total, foram 122 inscritos habilitados, advindos de 65 cidades do Brasil, desses, saíram 20 finalistas que concorreram ao prêmio de R$ 3 mil reais. Todas as etapas aconteceram virtualmente.

Com sistema de votação através do site da Orquestra (www.osrn.com.br), ao qual permitia um voto por pessoa, o Concurso Jovens Solistas OSRN obteve 11.525 votos, classificando em primeiro lugar, pelo júri popular, o pianista Tiago Ferreira, com 2.340 votos, equivalente a 20,30% do total. O musicista leva R$ 3 mil reais e também foi vencedor da Etapa Estadual. Natural de Natal-RN, iniciou seus estudos musicais aos dez anos de idade na escola de música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, no projeto de extensão “Jovens Pianistas”, orientado pelo Professor Dr. Tarcísio Gomes Filho. Atualmente, com 20 anos, é aluno do sétimo período do curso de bacharelado em música da mesma universidade; professor de piano do espaço musical Hilkélia e bolsista no curso de extensão da UFRN.

“Gostaria de agradecer a vocês por possibilitarem essa chance do Concurso, que é muito difícil!  E também à minha mãe que sempre, desde criança, me levou para as aulas, mesmo com todas as dificuldades não desistiu de mim e, ao meu professor Dr. Tarcísio Gomes, que soube lidar comigo desde o princípio e me ajudou a chegar onde cheguei; à minha namorada, também pianista, que me auxilia bastante, aos meus vizinhos e colegas da escola de música pelo apoio”, comenta emocionado, Tiago Ferreira.

A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte também premiou mais dois jovens, Giovanni Martins (instrumento Oboé), de Ouro Branco/ MG, pelo Mérito do Júri, com R$ 2 mil reais e possibilidade de tocar com a OSRN. “Foi uma preparação desafiadora. A peça que toquei é a minha favorita. Esse concurso é um incentivo a mais diante a pandemia. Só tenho ao que agradecer pela oportunidade”, expõe Giovanni. E, na categoria Revelação, que dá direito a certificado e a R$ 500 reais, a jovem pianista de 16 anos, Mariaclara Welker, de Porto Alegre/RS. “Tive menos de um mês para me preparar. Foi realmente um desafio e uma conquista para mim. A minha professora me incentivou e me ajudou bastante nos estudos! ”, explana Mariaclara.

1

Jul

Lazer & Cultura

Faculdade de Natal realiza Drive-thru solidário

A Faculdade UNINASSAU, será local de entrega de doações de alimentos, produtos de limpeza e higiene pessoal, por meio do Projeto Drive-thru solidário. A ação ocorre durante o período de 01 a 31 de julho, das 8h às 18h, e tem como objetivo minimizar os impactos provocados pelo Covid-19 na capital. 

As doações podem ser feitas nas unidades localizadas em Natal, Parnamirim e Mossoró. Qualquer pessoa poderá se dirigir ao local e realizar a entrega dos donativos. Basta escolher uma unidade e depositar o donativo na estrutura localizada na entrada da Instituição, onde os voluntários seguirão todas as normas de segurança para evitar aglomerações. 

O Drive-thru acontece com objetivo de distribuir essas doações para as famílias carentes que serão posteriormente selecionadas por cada unidade. “Esperamos que a vontade de ajudar e a solidariedade contagiem muitas pessoas da cidade e apoiem conosco esta causa. Que muitas pessoas possam ser ajudadas pelos alimentos e materiais de higiene arrecadados”, afirmou o diretor da UNINASSAU Mossoró, Marcondes Martins.

O diretor da UNINASSAU Natal, André Lemos, destacou a importância de mais uma ação de Responsabilidade Social da Instituição. “Procuramos sempre pensar de que forma podemos fazer a diferença na sociedade.  E não seria diferente no momento tão delicado que vivemos, e ficamos felizes em colabora com essa corrente do bem”, ressaltou.

30

Jun

Lazer & Cultura

App do Spotify começa a exibir letras de músicas no Brasil

Em testes no aplicativo desde o final de 2019, a exibição de letras das músicas chega nesta terça-feira (30) ao Spotify no Brasil. A informação foi confirmada pela empresa sueca ao Canaltech.

O recurso está liberado desde às 11h (do horário de Brasília) no Brasil e em mais 25 países. Como era de se esperar – e que parece ter surpreendido a imprensa nos Estados Unidos – as letras serão exibidas no idioma original.

Ao Canaltech, a empresa confirmou que o recurso estará disponível no Brasil tanto para usuários do plano gratuito quanto para assinantes. Além de serem exibidas no app durante a reprodução das músicas, as letras podem ser usadas nas buscas do Spotify. Trechos de uma canção ou palavras-chave podem ser digitados no campo de pesquisa para encontrar uma música específica.

O serviço de streaming fechou uma nova parceria com o serviço Musixmatch, com quem já trabalhou anteriormente. O recurso exibe apenas as letras das músicas, de maneira diferente ao anterior “Por trás das letras”, oferecido em conjunto com a empresa Genius, que conta a história das composições do ponto de vista dos artistas.

Fonte: Canaltech, disponível em: https://canaltech.com.br/apps/spotify-letras-musicas-brasil-167267/

30

Jun

Lazer & Cultura

Terças Clássicas ao Vivo com o Maestro divulga resultado do Concurso Jovens Solistas hoje

A música tem o poder de possibilitar sensações a cada nota e o “Concurso Jovens Solistas OSRN” – Etapa Nacional, do projeto Movimento Sinfônico, da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN proporciona momentos especiais e convida o público para a votação que segue aberta até esta terça-feira (30), através do site www.osrn.com.br. Na página, estão dispostos 20 vídeos, correspondentes aos candidatos selecionados como finalistas para concorrer ao prêmio de R$ 3 mil reais.

O resultado será divulgado ao vivo pelo regente e diretor artístico, Linus Lerner, durante a apresentação do Terças Clássicas ao Vivo com o Maestro, que acontece nos canais oficiais da OSRN, no YouTube e Facebook, a partir das 20h de amanhã (30), quando as performances dos finalistas serão exibidas na programação. No total, foram 122 inscrições advindas de 65 cidades do Brasil, atingindo, assim, todas as regiões do país.

A Etapa Nacional é dedicada a brasileiros instrumentistas ou cantores, e o primeiro colocado receberá prêmio de R$ 3 mil reais. Os finalistas são: Abner Américo – Flauta (Manaus/AM); Ana Beatriz Machado - Soprano (Poços de Caldas / MG); Bruno Duarte - Violão (Montenegro/RS); Diego Adinolfi - Violino (São Paulo/SP); Diego Paixão -Violoncelo (Natal/RN); Erick Venditte - Trompete (Guarulhos/SP); Gabriel Almeida - Violino (São Paulo/SP); Giovanni Martins - Oboé (Ouro Branco/MG); Hudson Ribeiro - Clarinete (Timbaúba/PE).

Além de Jessica Leão - Soprano (São Bernardo do Campo/SP); Johann Pereira - Trompa (Pindamonhangaba/SP); Luca Kevorkian - Violino (Rio de Janeiro/RJ); Lucas Ferreira - Clarinete (Rio de Janeiro/RJ);  Mariaclara Welker - Piano (Porto Alegre/RS); Mateus Restani - Piano (Jacareí/SP); Rafael Frotgar - Violoncelo (Brasília/DF); Riverton Vilela - Contrabaixo (São Paulo/SP);  Tiago Ferreira - Piano (Natal/RN); Vívian Meira - Fagote (Montes Claros/MG) e Wendel Brandão - Percussão (Belém/PA).

27

Jun

Lazer & Cultura

Som sem Plugs traz mais um clássico de Elino Julião no Especial de São João

E ainda no clima dos festejos juninos que tanto estão fazendo falta neste ano, o projeto Som sem Plugs segue levando a musicalidade, a tradição e a história para dentro dos lares. No dia 29 de junho, às 17h, o projeto apresenta ao público, através das redes sociais (@somsemplugs) e do YouTube (www.youtube.com/user/somsemplugs), a segunda produção do Especial de São João, com mais um clássico do mestre Elino Julião.

A primeira produção, lançada no último dia 23, contou com a participação de Khrystal, interpretando “Na Sombra do Juazeiro” (www.youtube.com/watch?v=x1a96dl66FY). Para esta, o Som sem Plugs convidou uma dupla pra lá de especial, Zé Sanfoneiro e Zé Filho.  Os dois serão responsáveis por embalar o nosso São João com a música “Tá faltando paletó”.

Zé Sanfoneiro e Zé Filho despontaram no cenário musical do Rio Grande do Norte em 2014, com um estilo de forró bastante diferente e intitulado de "melhor forró misturado do mundo". Não demorou e já estavam no gosto popular e, se tornaram uns dos artistas mais tocados no estado. Em 2018, após o lançamento de "Sábado a Noite", composição de Zé Sanfoneiro com Rafael e Rodolfo Palhares, veio o reconhecimento em todo o Nordeste. A música foi regravada por Xand Avião e se tornou conhecida no Brasil todo. Em 2019, Zé Sanfoneiro e Zé Filho lançaram mais um sucesso, “Menina do Sul”, gravada junto com Mano Walter. Este ano, os artistas estão em processo de consolidação da sua carreira no Nordeste.

A ideia do Som sem Plugs com o “Especial de São João – Tributo a Elino Julião”, além de levar o melhor da música nordestina à casa das pessoas de forma virtual, é ainda homenagear uma das maiores referências nacionais do forró. Com a realização desses vídeos, o projeto está reunindo (virtualmente) músicos da formação original da Banda do homenageado, como Zé Hilton do Acordeon, Jubileu Filho, Sérgio Preto e Wagner Tsé com artistas do estado.

Prestigie e compartilhe a riqueza da música potiguar. Apresentada por Oi, Cosern e Instituto Neoenergia, a temporada 2020 do Som Sem Plugs tem o patrocínio do Governo do Rio Grande do Norte, através da Fundação José Augusto via Lei Câmara Cascudo e apoio cultural do Oi Futuro. Tem ainda o apoio da Camaleão Studio, G7 Comunicação, Original Marketing & Eventos, Studio Jota Marciano, Casa Nacre e realização Betapro Foto e Vídeo. O Especial de São João conta com apoio da InterTV e do Sebrae através do edital Economia Criativa 2020.

Sobre Elino Julião – Homenageado

 Elino Julião nasceu em Timbaúba dos Batistas, no dia 13 de novembro de 1936 e morreu no ano de 2006. Foi, e se eternizou, como um cantor de forró conhecido pela forte ligação à cultura da região do Seridó, no Rio Grande do Norte. Filho de Sebastião Pequeno, tocador de cavaquinho, concertina e harpa. Foi menino “butador d'água” junto ao seu estimadíssimo jumentinho "Moleque", no sítio Tôco, onde cantarolava batendo numa lata as modinhas que aprendia na festa de Santana em Caicó - RN. 

O já famoso Jackson o convidou para o Rio de Janeiro, onde foi morar e trabalhar como cantor, iniciando uma parceria que rendeu grandes frutos musicais e selou uma longa amizade. Como ritmista de Jackson, Elino se apresentou em rádios, tvs e viajou o Brasil inteiro. Foi na casa de Jackson, que ele começou a compor suas primeiras músicas e então, gravou seu primeiro disco em 1961 e posteriormente seus primeiros sucessos: Puxando Fogo e Xodó do Motorista, que logo se transformaram em verdadeiros hits. 

 Luiz Gonzaga estreou na TV Cultura o show "Chapéu de couro" e o convidou para trabalhar como ritmista, permanecendo por mais três anos. Vale lembrar também que o seridoense morou com o Rei do Baião e seu irmão Zé Gonzaga. O trabalho de Elino Julião tem um perfil regionalista muito transparente, que o caracteriza como um "autêntico cantor do Nordeste". Tinha extrema facilidade em compor a respeito das particularidades do seu povo, dos fatos do cotidiano. Menino esperto que trouxe no sangue as raízes do autêntico "forró pé de serra" do sertão nordestino, registrou e divulgou com originalidade e alegria a cultura e as tradições dos folguedos populares nordestinos por mais 40 anos.

 

27

Jun

Lazer & Cultura

Orquestra Sinfônica do RN anuncia finalistas do “Concurso Jovens Solistas OSRN”

Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN divulgou, na última sexta-feira (26), os nomes dos finalistas do “Concurso Jovens Solistas OSRN” – Etapa Nacional, do projeto Movimento Sinfônico. Em decorrência da pandemia ocasionada pelo Coronavírus, todas as fases do concurso acontecem virtualmente. No total, foram 122 inscrições advindas de 65 cidades do Brasil, atingindo, assim, todas as regiões do país.

 Os finalistas foram escolhidos pela Comissão Avaliadora que classificou 20 inscritos para a etapa final, na qual o público participará da votação através do site www.osrn.com.br para a escolha do ganhador, a partir deste domingo (28), com início às 9h, até o dia 30 de junho (terça), quando as performances dos finalistas serão apresentadas durante o programa Terças Clássicas ao Vivo com o Maestro, a partir das 20h, pelos canais oficiais da OSRN, no YouTube e Facebook. O resultado da votação acontece ao vivo, após a exibição dos vídeos e encerramento da votação.

A Etapa Nacional é dedicada a brasileiros instrumentistas ou cantores, e o primeiro colocado receberá prêmio de R$ 3 mil reais. Os finalistas são: Abner Américo – Flauta (Manaus/AM); Ana Beatriz Machado - Soprano (Poços de Caldas / MG); Bruno Duarte - Violão (Montenegro/RS); Diego Adinolfi - Violino (São Paulo/SP); Diego Paixão -Violoncelo (Natal/RN); Erick Venditte - Trompete (Guarulhos/SP); Gabriel Almeida - Violino (São Paulo/SP); Giovanni Martins - Oboé (Ouro Branco/MG); Hudson Ribeiro - Clarinete (Timbaúba/PE); Jessica Leão - Soprano (São Bernardo do Campo/SP); Johann Pereira - Trompa (Pindamonhangaba/SP); Luca Kevorkian - Violino (Rio de Janeiro/RJ); Lucas Ferreira - Clarinete (Rio de Janeiro/RJ);  Mariaclara Welker - Piano (Porto Alegre/RS); Mateus Restani - Piano (Jacareí/SP); Rafael Frotgar - Violoncelo (Brasília/DF); Riverton Vilela - Contrabaixo (São Paulo/SP);  Tiago Ferreira - Piano (Natal/RN); Vívian Meira - Fagote (Montes Claros/MG) e Wendel Brandão - Percussão (Belém/PA).

A OSRN conta com 60 músicos, direção artística do Maestro Linus Lerner e produção da Mapa Realizações Culturais que, com afinco, efetivam atividades educativas difundindo música de qualidade, seja ela erudita ou popular. Um trabalho de suma importância para o desenvolvimento cultural não somente do Estado, mas de todo o país. A OSRN é sua!

A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte tem o Governo do Estado do RN como seu principal mantenedor. E a temporada 2020 tem patrocínio via incentivo fiscal da Companhia Energética do Rio Grande do Norte – Cosern e Instituto Neoenergia, por meio da Lei Câmara Cascudo do Governo do Estado do RN, da Unimed Natal, Hospital do Coração e Prefeitura do Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão. O projeto Movimento Sinfônico é uma realização da OSRN / Fundação José Augusto e MAPA Realizações Culturais.

 

26

Jun

Lazer & Cultura

Rio Grande do Norte discute com gestores municipais sobre lei que beneficiará artistas

O Governo do RN – através da Fundação José Augusto (FJA) – reuniu prefeitos, secretários municipais de Cultura e gestores culturais municipais para uma web conferência, nesta quinta-feira (25), com o tema “A Aplicabilidade da Lei de Emergência Cultural 1075/2020 nos Municípios do RN”. De autoria da deputada federal Benedita da Silva (RJ), a lei que homenageia o compositor carioca Aldir Blanc, vítima de Covid-19 neste insólito ano de 2020, prevê auxílio financeiro aos trabalhadores da cultura, espaços e grupos culturais. Espera-se que R$ 3 bilhões sejam revertidos para a classe artística brasileira em caráter emergencial, sendo cerca de R$ 30 milhões para o RN (Estado e municípios).
 
Aprovada pela Câmara dos Deputados e Senado, com apoio de toda a bancada federal potiguar, a Lei Aldir Blanc está no aguardo da sanção presidencial. “Essa lei chega em muito boa hora, diante desse momento dramático que o país vive em decorrência da pandemia. O poder público tem o dever de assegurar um apoio aos nossos agentes de cultura. É urgente que o Presidente a sancione”, declarou a governadora Fátima Bezerra. Junto com o poeta Crispiano Neto, presidente da FJA, e do vice-presidente Fábio Lima, ela mobilizou o evento virtual que contou com a participação de diversos especialistas nacionais sobre o tema municipalista e sua implicação prática.
 
O poeta Crispiniano Neto expôs na reunião que a Cultura do RN está atuante em prol dos trabalhadores da cultura e cita como exemplo o edital Tô em casa e tô na rede, que contemplou 105 projetos, 53 da região Metropolitana de Natal e 52 do Interior, com valor unitário de R$ 1.900, totalizando R$ 199.500, dentre outras ações. “Estamos precisando de recursos para reativar os espaços culturais. O que nós idealizamos é que esse dinheiro alcance quem precisa, que chegue a todos os lugares, que chegue aos quilombos, às comunidades rurais, aos indígenas.  Essa foi uma das melhores lutas que participei, a mobilização pela Lei 1075/2020, a Lei Aldir Blanc”, disse.
 
Trabalhadores da cultura

 
Secretário de Cultura e Relações Internacionais de São Leopoldo (RS) e da Associação Nacional dos Municípios, Pedro Vasconcelos destacou que é importante que o governo federal regulamente o quanto antes a lei, para que os estados e municípios preparem os decretos e editais, que irão possibilitar a distribuição equânime dos recursos. “Tínhamos uma notícia de que seria sancionada hoje, e vamos esperar que seja sancionada muito em breve. Caberá aos Estados executar a tarefa quanto à renda básica, através de cruzamento de dados, decretos e editais, e aos municípios caberá o repasse, dentre outras atribuições”, explicou.


 
A lei beneficiará trabalhadores informais, com no mínimo dois anos de atuação na área da cultura, que não estejam inscritos no programa Bolsa Família, nem recebendo o auxílio emergencial ou o Benefício de Prestação Continuada (BPC), do INSS. 
 
Célio Turino, ex-Dirigente do antigo Ministério da Cultura, criador do Programa Cultura Viva e consultor da Lei de Emergência Cultural, declarou que a nova Lei nasceu de forma ampla e contou com a adesão de deputados de oito partidos, quase 30 deputados, incluindo a potiguar Natália Bonavides, que também é uma das signatárias. “Começamos em março, tivemos a felicidade de contar com a Jandira Feghali como relatora, que fez trabalho amplo, com consulta pública. Olha a beleza e a ironia disso tudo, será essa lei, que tem o nome de um compositor, que vai levar o Brasil a se (re) unir, a se(amar), a se re(viver). A primeira deputada que estendeu a mão, ao Cultura Viva, foi Fátima Bezerra. Tenho certeza de que vocês vão aplicar muito bem os recursos dessa lei”.
 
A representante da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Ana Clarissa Fernandes, alertou aos gestores municipais sobre a urgência de cada cidade se organizar, de se fazer presente e se comunicar com o governo federal. “Mediante a publicação da sanção da lei no Diário Oficial da União, o governo terá até 15 dias a fazer a transferência de recursos. Todos os municípios, inclusive os que não têm fundo municipal de cultura, terão de informar suas contas”, disse.  Alexandre Santini, representante da Articulação Nacional da Lei de Emergência Cultural, também ressaltou sobre os prazos previstos – 15 dias para a liberação de recursos e 60 dias para execução – e informou sobre o canal do Youtube Emergência Cultural, que mantém plantão permanente com atualização sobre a tramitação da lei.
 
Representando a deputada autora da lei, Benedita da Silva, a assessora da Comissão de Cultura da Câmara Federal, Chris Ramírez, informou que está sendo produzida uma cartilha para todos gestores municipais, que vai subsidiá-los com todos os trâmites da lei. “A semente já foi plantada. Agora seguimos na luta, porque temos um longo caminho pela frente. Viva a lei Aldir Blanc, viva a cultura brasileira, viva a arte, viva a cidadania”, exclamou.
 
A web conferência foi mediada por Fábio Lima, da FJA, e teve ainda como convidado Américo Córdula, consultor cultural e ex-dirigente do antigo Ministério da Cultura; José Leonardo Cassimiro Araújo, o Naldinho, prefeito de São Paulo do Potengi e presidente da FEMURN; Alexandre Soares Gomes, presidente da União dos Dirigentes Municipais de Educação, UNDIME-RN; e Jan Varela, Coordenador da Região Metropolitana de Natal, da Seplan-RN (Planejamento e Finanças). Ao todo, cerca de 100 gestores estiveram presentes, representando municípios localizados em todas as regiões do RN.

 

26

Jun

Lazer & Cultura

Conexão Elefante Cultural lança mini edital para seleção de vídeos curtos

O Conexão Elefante Cultural esse ano não vai às ruas, mas pela internet pretende chegar em todas as regiões do RN, como tem feito nos últimos 4 anos. Com intuito de integrar os 12 municípios selecionados para a edição 2020 ao projeto, foi lançado um mini edital de seleção de vídeos curtos feitos com o celular.

Os interessados precisam gravar e enviar um vídeo de até 2 minutos falando sobre a cultura local, crenças e histórias da sua cidade. Os 3 melhores vídeos de cada município farão parte do filme do projeto, que será o produto final da ação. Os vídeos mais criativos serão premiados com um cachê simbólico.  

Podem participar pessoas de Angicos, Caicó, Canguaretama, Carnaúba dos Dantas, Extremoz, Fernando Pedrosa, Monte Alegre, Mossoró, Natal, Pedro Avelino, Tenente Laurentino e Triunfo Potiguar.

A data limite para o envio dos vídeos é 22 de julho. O edital completo está disponível no conexaoelefantecultural.blogspot.com

Oficina

As oficinas que antes eram realizadas presencialmente nas cidades, também se adaptaram. E a primeira atividade a acontecer será uma Oficina gratuita de vídeos curtos, que vai dar suporte e pontuação extra para quem se inscrever no edital.

Nesta atividade, os participantes irão aprender a usar algumas ferramentas de edição de vídeo para celulares, utilizando diferentes suportes de captação de imagem. Serão abordadas noções de roteiro, enquadramento, iluminação, captação de áudio e finalização.

A oficina será ministrada por Marcelo Zamora, argentino radicado em São Paulo há muitos anos, especialista em obras cênicas e virtualidade.

  

Para participar, basta ter um celular com acesso à internet e realizar a inscrição no formulário disponível no blog do projeto. As vagas são limitadas e a oficina acontece dias 13, 15 e 17 de julho, às 16h, na plataforma Zoom.

O projeto é patrocinado pela COSERN, Instituto Neoenergia, através da Lei Câmara Cascudo e Governo do Estado, com realização de Diana Fontes Direção e Produção Cultural.

Para acompanhar o Conexão Elefante Cultural na internet

Instagram:  https://instagram/conexaoelefantecultural  

Blog: http://conexaoelefantecultural.blogspot.com/

Youtube: https://www.youtube.com/ElefanteCultural

Facebook: https://facebook/conexaoelefantecultural