Comunicação

17

Mai

Arquidiocese promove 7º Seminário de Comunicação

Estão abertas as inscrições para o 7º Seminário de Comunicação, promovido pela Arquidiocese de Natal,  que acontecerá dia 28 de maio, das 8h30 às 12h, no auditório do Seminário de São Pedro, situado na Av. Campos Sales, no Tirol. Neste ano, a edição abordará o tema da mensagem do Papa Francisco para o 56º Dia Mundial das Comunicações Sociais (DMCS): “Escutar com o ouvido do coração”. 

A programação do Seminário constará de uma palestra, sobre o tema central do evento, proferida pelo vigário paroquial da Paróquia de Santo Afonso Maria de Ligório, no Conjunto Mirassol, Padre Antônio Roberto Gomes, e de uma mesa redonda, que contará com a presença dos jornalistas Mycleison Costa e Anna Alyne Cunha e da psicóloga Caroline Dávila. A mediação será do jornalista Túlio Duarte, que é coordenador da Pascom, na Paróquia de Nossa Senhora das Graças e Santa Teresinha, no Tirol. 


O evento é aberto a agentes da Pastoral da Comunicação e de outras pastorais da Igreja, bem como para profissionais e estudantes de comunicação e demais pessoas interessadas no tema. 

Inscrições e informações com o Setor de Comunicação da Arquidiocese de Natal, através do telefone/whatsapp (84) 99675-7772.

14

Mai

Cinco erros de comunicação que você pode estar cometendo no ambiente de trabalho

Uma pesquisa realizada pela revista britânica The Economist, chamada ‘Barreiras de Comunicação no Ambiente de Trabalho Moderno’, constatou que a comunicação vai muito além da fala. Os entrevistados relataram que a falta de um diálogo eficiente neste cenário causou atrasos ou erros na conclusão de projetos, levou à redução de vendas, e contribuiu para seu estresse e desânimo. Não é à toa que a comunicação é hoje uma das habilidades mais valorizadas por empregadores.

Para Fabiana Teixeira, estrategista de comunicação e repórter com experiência nas maiores emissoras do Brasil, primeiro é preciso entender que a oratória não é uma questão de dom, como as vezes é vista, mas sim de treino. “Falar todos podemos, mas para se comunicar e passar com sucesso uma mensagem, é necessário prática e estratégia,” explica.

Com o mercado cada vez mais competitivo, o destaque que uma boa forma de comunicação traz é necessário e muito procurado por empresas em geral, tanto para passar da fase de uma entrevista, quanto para manter o emprego depois de conquistado.

Pensando nisso, Fabiana dá 5 exemplos de erros comuns que podem ocorrer ao se expressar no ambiente de trabalho, e como corrigi-los:

1. Não olhar nos olhos

Por mais que você seja tímido, falar olhando nos olhos do outro é algo imprescindível no trabalho, já que o ato demonstra seriedade e interesse no diálogo e caso não feito, pode fazer você parecer pouco comprometido. Comece praticando com pessoas mais próximas, depois com pessoas estranhas e em ambientes sem pressão, como um restaurante ou supermercado. Você vai ver que fica cada vez mais fácil.

2. Não sorrir

Pode ser que você esteja nervoso, ou até ache que ser sério vai transmitir respeitabilidade, e por isso feche o seu semblante, mas tente pelo menos manter sempre uma feição agradável e simpática. Quem não te conhece, como é o caso de uma entrevista de emprego por exemplo, pode ter uma primeira impressão de antipatia de sua parte. O sorriso abre portas.

3. Usar vícios de linguagem

O uso de gírias ou expressões como ‘né’ ou ‘tipo’ devem ser evitadas, elas enfraquecem a mensagem. A melhor forma para eliminar o vício de linguagem é perceber o uso excessivo dele. Procure se observar, grave áudios e reconheça o seu perfil comunicador. Procure substituir o ‘né’, ‘então’ e ‘tipo’ por pequenas pausas, o que deixa a comunicação muito mais assertiva.

4. Postura pouco confiante

Gaguejar, precisar se explicar várias vezes para ser entendido ou ficar com uma postura muito curvada, passam a sensação de falta de confiança, mesmo que você seja uma pessoa confiante.

Sua atitude e maneira de se portar fazem muita diferença em como a pessoa do outro lado irá te ouvir e se ela irá te levar a sério. Tente escrever o que pretende falar e ensaie, seja sozinho ou com alguém que se sinta à vontade. Falar bem é treino.

5. O corpo grita

O que fazer com as mãos? Elas acompanham a nossa fala, mas devem ter movimentos contidos, nada que chame mais atenção do que a mensagem. Braços cruzados costumam afastar as pessoas e pernas nervosas, balançando, demonstram ansiedade. Tudo comunica, e a linguagem corporal pode ser aliada ou vilã.

Texto de Fabiana Teixeira


13

Mai

LIDE RN promove o ‘LIDE Mentoring’ em parceria com a Fundação Dom Cabral

Cada vez mais estratégico, o setor de vendas das empresas precisa estar sempre qualificando quatro aspectos considerados fundamentais: atendimento, relacionamento, experiência e entrega. É com este propósito que o LIDE RN - Grupo de Líderes Empresariais do Rio Grande do Norte - promove, em parceria com a Fundação Dom Cabral, o LIDE Mentoring.

“Governança em vendas, como potencializar os resultados da sua empresa” será o tema da aula marcada para esta terça-feira (17), às 18h30, no auditório da Arena das Dunas. Titular da Fundação Dom Cabral, melhor escola de negócios da América Latina, o professor Antonio Cavalcanti será responsável pelo conteúdo. 

"Esse evento é exclusivo para filiados do LIDE RN. Ainda dá tempo de se filiar para não perder essa aula incrível com o professor Antônio Cavalcanti", destaca, convocando, Jean Valério, presidente do LIDE RN. No ano passado, o LIDE RN, também em parceria com a FDC, promoveu um evento com o professor Marcos Leão.

13

Mai

IBOPE: Inter TV Cabugi é líder de audiência em todos os horários

A Inter TV Cabugi é líder isolada durante toda a programação. É o que aponta a última pesquisa realizada pela Kantar Ibope Media em Natal, divulgada nesta quinta-feira (12).

Os telejornais Bom Dia RN, RN1 e RN2 se mantêm em primeiro lugar na audiência com larga vantagem dos concorrentes.

“Consolidamos nossa liderança. Esse resultado é um presente para as nossas escolhas editoriais. Um presente para a perseverança. Mais uma vez somos líderes em todos os horários, em todos os telejornais, continuamos líderes absolutos em um mercado desafiador”, disse o diretor de jornalismo Marcelo Vicioli.

Os programas Rota Inter TV, Resenhas do RN e Inter TV Rural também registraram ótimo desempenho e estão em primeiro lugar na casa dos potiguares. Os três são líderes absolutos em seus horários.


“O Rota Inter TV e o Resenhas estão sempre inovando no conteúdo e a liderança na audiência é a comprovação de que o potiguar se vê retratado na nossa programação”, disse André Freire, diretor de programação da Inter TV RN.

Para o superintendente da Inter TV RN, Dirceu Simabucuru, a liderança em todos os horários é resultado da diversidade cada vez mais presente na programação e do trabalho do jornalismo para o desenvolvimento do estado.

“A Inter TV trabalha diariamente com o compromisso com a verdade, com a sociedade, para enfrentar todos os desafios que a situação do país coloca para os potiguares. Nós trabalhamos para o desenvolvimento do estado. O potiguar entendeu isso e nos prestigiou com essa liderança isolada da audiência”, disse.

8

Mai

Comunicação assertiva: temos que desenvolver para ontem

A comunicação assertiva é o método de transmitir informações, colocando em prática a habilidade que um profissional tem em se comunicar e se relacionar com seu público, de forma que consiga conquistar a colaboração e atenção de todos. Quando falamos em comunicação assertiva, estamos falando sobre mensagens que são transmitidas com segurança e posicionamento.

A comunicação assertiva é uma das principais competências de um profissional de sucesso. Esta capacidade também demonstra o nível de sua inteligência social, ou seja, sua habilidade de se relacionar com os outros e de conquistar a colaboração das pessoas.

No contexto empresarial, muitas vezes, as falhas de comunicação e a comunicação não assertiva são alguns dos principais gargalos. Quando as informações não são compartilhadas de forma correta, surgem, principalmente, dificuldades nas relações, na execução dos processos e no alinhamento das demandas.

Como ter uma comunicação assertiva

Veja abaixo 7 dicas práticas que podem te ajudar a se tornar mais assertivo:

1 - Aprenda a entender o outro: Ao observar o modo como as pessoas à sua volta se comunicam e preferem ser acessadas, você demonstra respeito a elas e facilita a troca de informações. Perceba e sinta o modelo de cada pessoa.

2 - Aprenda a ouvir na essência: Segundo estudo realizado pelo professor de Psicologia Albert Mehrabian, 55% da comunicação humana é feita de forma não verbal, ou seja, realizada por meio de gestos, olhares e postura corporal. Por isso, é importante estar atento a estes sinais para adequar-se e manter a comunicação assertiva nas empresas.

3 - Atenção à sua fala: Será que o modo como você se expressa é adequado? Muitas vezes nos esquecemos de observar a forma como falamos, e não avaliamos se estamos sendo assertivos ou ofensivos quando nos referimos aos outros. Portanto, preste atenção se o seu tom de voz, palavras, expressões físicas e faciais estão passando uma mensagem contrária ao que deseja.

Sem o cuidado necessário, é possível que críticas e frases com duplo sentido sejam interpretadas de maneira errada. Atenção com o tom, pontuação e palavras escolhidas.

Seja claro e objetivo. Evite trocar a ordem das palavras para parecerem mais rebuscadas. Foque no conteúdo que deseja transmitir e faça-o de forma concisa, sem ser grosseiro.

4 - Acerte o momento: Escolha o momento e o tempo certo para se manifestar. Isso porque, embora o que você tenha a dizer seja importante, é essencial sentir e perceber a hora certa de falar. Muitas vezes, por falta de sensibilidade, acabamos nos comprometendo e comprometendo outras pessoas ao falar coisas no momento errado.

5 - Tenha embasamento: Características como conhecimento técnico, boas leituras e domínio da língua falada e escrita conferem embasamento e maior capacidade de argumentação e diálogo, fortalecendo sua comunicação assertiva.

Caso aconteça de ser pego desprevenido: seja humilde. Se não souber responder, é preferível falar que não possui esse conhecimento e irá estudar sobre o assunto. Se o ouvinte souber mais sobre o tema, pode inclusive pedir sugestões criação um momento de aprendizado em conjunto.

6 - Seja um bom intermediador: Caso seus colegas de trabalho e amigos tenham dificuldades de expressar seus conhecimentos e opiniões, você pode ajudá-los a tornarem públicas suas mensagens. Com seu exemplo, eles podem se encorajar a praticar melhores formas de comunicação. Seja solicito, inspire e ensine o que você sabe.

7 - Busque evolução contínua: Trabalhar para manter sua capacidade de comunicação é essencial para obter bons resultados e garantir o andamento de suas relações interpessoais. Invista em aprimoramento e continue a comunicar-se bem.

Seguindo essas dicas, você, com certeza, aprenderá a se comunicar assertivamente em qualquer ambiente e com todos os tipos de pessoas. A comunicação assertiva é essencial a todo profissional e a todos aqueles que desejam conquistar uma carreira de sucesso!

Texto escrito por Vanessa Wedekin.

7

Mai

Nove dicas para lidar com filhos que enfrentam os pais

O comportamento agressivo de crianças (“child-to-parent”) ou adolescentes (“adolescent-to-parent”) direcionadas aos pais vem se tornando um importante tema no contexto da violência doméstica. Entende-se aqui comportamento agressivo ou violento como qualquer tipo de expressão verbal ou física que ameaça os pais ou visa o controle de sua autoridade parental. O objetivo final (intencional ou não) é inverter a regra usual, segundo a qual os filhos obedecem aos pais.

A criança nasce sem noção de limites. Tão logo começa a engatinhar e dar os primeiros passos, avança na exploração do meio ambiente, na tentativa de compreendê-lo e dominá-lo. A partir desse momento, precisa que os pais (e adultos, em geral) exerçam o papel de impor limites, uma vez que essa necessidade de exploração pode colocar a criança em situações de risco. Além do perigo, a imposição de regras permite que a criança adquira valores para convívio social.

Esse aprendizado precisa começar logo cedo (nos primeiros meses de vida). O estabelecimento de regras e limites claros facilita a vida da criança, pois ela não tem maturidade para julgar o que deve e o que não deve fazer. O exemplo dos pais também é fundamental, já que a criança tem tendência a imitar o comportamento deles. A medida que cresce, ela incorpora tais regras, aprende gradualmente a tolerar frustrações e, aos poucos, vai respeitando os limites por si mesma, desenvolvendo sua capacidade de autocontrole.

Há ainda poucos estudos sobre os fatores que levam ao comportamento agressivo das crianças em relação aos pais. No entanto, parece haver um certo consenso de que a violência doméstica, seja entre os pais, seja entre os pais com as crianças; é um importante fator que influencia no comportamento dos filhos. Inversamente, pais excessivamente indulgentes e permissivos, com dificuldade para colocar limites nos filhos, favorecem as reações agressivas.

Um fator cultural recente, que também justifica o aumento destes atritos, é a mudança na autoridade dos pais em relação aos filhos. Hoje, vemos com frequência pais e filhos no mesmo patamar hierárquico. E há diversos motivos que contribuíram para esta mudança: uso de drogas; depressão; exposição à violência em redes sociais, games ou séries; pressão de colegas que podem afetar a personalidade do jovem, entre outros.

Então, o que fazer? Seria possível prevenir ou evitar que os filhos se tornem agressores dos pais? Embora não haja uma garantia de sucesso, algumas regras mínimas podem ajudar a reduzir o risco dessa situação:

1- O primeiro passo é a conscientização dos pais de que é sua responsabilidade educar os filhos. A educação se dá pelas orientações e explicações dadas aos filhos, e também pelo próprio modo como os pais se comportam. Os pais são os primeiros modelos que os filhos observam e procuram se espelhar.

2- Devem também se conscientizar de que há uma hierarquia na relação pais-filhos, sendo que os pais estão num patamar superior em relação aos filhos. Pode, e deve, haver amizade entre pais e filhos, mas é preciso deixar claro que esta amizade é diferente daquela que eles têm com seus amigos e colegas.

3- Não há como educar sem impor limites. E a colocação de limites começa cedo, tão logo a criança começa a explorar o ambiente.

4- Os limites devem ser tão claros quanto possível, de modo a não deixar dúvidas para a criança. Ela tentará ultrapassar o limite, mas saberá direitinho qual é o limite e saberá que está testando os pais quanto à colocação do limite.

5- Não adianta querer poupar a criança da colocação de limites. Se os pais não fizerem isso, a vida real o fará, de forma muito mais dura e sem piedade.

6- Pais devem estar de acordo quanto ao limite. Se um diz “não” e o outro diz “sim”, a criança aproveita a brecha e “deita e rola”. A incoerência entre os pais (um diz ‘sim’ o outro diz ‘não’) é frequente quando estes são separados, uma vez que muitas vezes a criança é usada para provocar o ex-cônjuge.

7- Os limites podem variar gradualmente, conforme a idade da criança. Os elogios, quando a regra é cumprida, e as repreensões, quando não é cumprida, também fazem parte desse processo.

8- É importante conversar com a criança sobre suas reações à frustração, para que ela aprenda a expressá-las de modo verbal, e não fisicamente.

9- Se a situação começa a sair do controle, procure logo ajuda. Não espere, pois quanto mais tarde é a intervenção terapêutica, mais difícil conseguir um bom resultado.

Em uma situação de agressão já estabelecida, será necessário também buscar ajuda especializada para uma avaliação detalhada da criança/adolescente e da família nuclear. Em geral, já se estabeleceu uma certa dinâmica de interação patológica entre os membros da família, o que sugere a necessidade de intervenções não apenas para tratar a criança/adolescente agressivo, mas para trabalhar e modificar a dinâmica familiar.


*Por Stella Azulay, CEO da Escola de Pais XD, Educadora Parental pela Positive Discipline Association, especialista em Análise de Perfil e Neurociência Comportamental e mentora de pais

4

Mai

Hospital Unimed realiza ação no Dia Mundial de Higienização das Mãos

Essa é uma oportunidade para disseminar o conceito de que, procedimentos simples, efetivamente contribuem  para a prevenção e controle da disseminação de microrganismos resistentes e infecções relacionadas ao cuidado, além de ser integrante como a 5ª meta internacional de Segurança do Paciente. 

Em Natal, o Hospital Unimed promove uma ação de conscientização, a partir desta quinta-feira (05): a “Copa HU de Higienização das Mãos”. 


Colaboradores e pacientes poderão participar, até sábado (7) pela manhã, de um circuito didático que ressaltará o processo correto para higienização das mãos. A Copa do Mundo será usada como tema para ajudar, de forma lúdica, a ilustrar toda importância deste processo de higiene para que todo o time vença.

O evento marca a abertura da ação que tem previsão de seguir por 3 meses através da implementação da estratégia multimodal da OMS para melhoria da higienização das mãos.  Por meio dela, são prevenidas as Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS).

É mais uma das ações da Unimed Natal, a cooperativa que possui o único hospital do RN com o certificado de qualidade da Organização Nacional de Acreditação. 

A campanha em torno do Dia Mundial de higienização das mãos, reforça que o Jeito de Cuidar também contempla ações de educação continuada.

3

Mai

Amor de mãe é para sempre: cemitérios no RN terão programação especial para a data

Para rememorar as mães que já partiram, as unidades cemiteriais da Empresa Vila no Rio Grande do Norte realizarão homenagens e celebrações especiais no Dia das Mães, no próximo domingo, 8 de maio. A programação conta com missas, músicas e orações nos cemitérios Vila Memorial Sempre, em Natal, e na cidade de Caicó.

Na capital, o Cemitério Vila Memorial/Sempre realiza duas missas, sendo a primeira às 9h, com o Padre Flávio Bezerra, e a segunda, às 10h30, com Padre Bianor de Lima. Além das celebrações da manhã, à tarde acontece momento de louvor com Marcos Júnior e Banda, a partir das 16h.

Já em Caicó, será realizada uma missa, às 8h, com o Padre Gerlúcio de Medeiros, no cemitério Vila Memorial/Sempre.


Toda a programação, desenvolvida pelo Plano Sempre, faz parte da campanha “Amor de Mãe é para Sempre”, na qual ressalta a permanência do amor maternal que jamais será esquecido. “As pessoas aproveitam a data para fazer tributos, visitar os jazigos e relembrar os entes queridos. A ideia é incentivar os visitantes a homenagear as mães eternizadas, demonstrar que é possível ressignificar sentimentos e rememorar as boas lembranças vividas”, destaca a psicóloga do luto, Milena Câmara.

Confira abaixo os horários das missas:

08/maio/22 – Dia das Mães

9h e 10h30

Cemitério Vila Memorial/Sempre

BR 101, KM 79, S/N - Nossa Senhora Da Apresentação - Natal

8h

Cemitério Vila Memorial / Sempre - Caicó

Rua: Chilon Heraclitus de Araújo, 1295 - Caicó.

1

Mai

Pesquisa aponta o Brasil como o terceiro país que mais considera importante viajar de maneira sustentável

A Booking.com acaba de publicar o Relatório de Viagens Sustentáveis 2022*, a maior pesquisa sobre viagens sustentáveis já feita pela plataforma, realizada com mais de 30.000 viajantes de 32 países e territórios, incluindo o Brasil. O estudo revelou que o impacto das viagens continua sendo uma grande preocupação para a maioria das pessoas, com 90% dos entrevistados brasileiros afirmando que pretendem viajar de maneira mais ecologicamente correta nos próximos 12 meses. Trata-se de um aumento de 12 pontos percentuais em relação aos dados da empresa em 2021. Além disso, o Brasil é o terceiro país que mais considera as viagens sustentáveis importantes (96% dos viajantes do país), atrás apenas do Quênia e do Vietnã, e empatado com a Colômbia.

De acordo com o levantamento, 86% dos brasileiros dizem que estão mais propensos a escolher uma acomodação sustentável – estejam ou não procurando especificamente por uma. Além disso, dois terços (65%) dos viajantes do país afirmam que os esforços feitos por acomodações e provedores de transporte em prol do meio ambiente têm um grande papel na hora de decidirem contratar esses serviços.

Mais visibilidade para estadias sustentáveis

A pesquisa mostrou que 93% dos turistas do país pretendem se hospedar em uma acomodação sustentável pelo menos uma vez no próximo ano. No entanto, ainda é possível fazer muito para tornar essas opções eco-friendly mais fáceis de serem encontradas por todos. Afinal, dentre os 40% de brasileiros que não se hospedaram em uma acomodação desse tipo no último ano, 22% disseram que nem sabiam que elas existiam. Ainda que esse número tenha caído 2 pontos percentuais em relação a 2021, o que mostra que a conscientização está crescendo, mais de um terço (37%) ainda não sabe como encontrar esse modelo de estadia, sendo os brasileiros a terceira nacionalidade neste quesito, atrás de Hong Kong e Colômbia, e empatados com Índia e China.

Além disso, dois em cada cinco (41%) brasileiros admitem que não procuram ativamente pelas práticas sustentáveis de uma propriedade antes de reservá-la, mas que, se essa informação pudesse ser acessada facilmente, iriam analisá-la. É um dado que reforça a importância de tornar as informações sobre sustentabilidade mais transparentes e compreensíveis para um público mais amplo de viajantes.

No rumo para oferecer mais viagens sustentáveis para todos

Hoje, mais de 100.000 acomodações no mundo todo têm suas práticas sustentáveis reconhecidas pelo selo Viagens Sustentáveis da Booking.com, sendo quase 7 mil apenas em território brasileiro. Além disso, a empresa ampliou o número de certificações e selos de outras organizações que qualificam automaticamente as acomodações da plataforma a receber esse distintivo. Além das instituições já reconhecidas oficialmente pelo Conselho Global de Turismo Sustentável (GSTC), Green Tourism e o EU Ecolabel, também foram incluídas as certificações da Green Seal, Nordic Swan Ecolabel, Green Hospitality Ecolabel, Ibex Fairstay, Fair Trade Tourism, LEED e Edge.

*Pesquisa encomendada pela Booking.com e realizada de maneira independente com 30.314 entrevistados em 32 países e territórios. Para participar dessa pesquisa, as pessoas deveriam ter mais de 18 anos, terem viajado pelo menos uma vez nos últimos 12 meses e estarem planejando uma viagem em 2022. Além disso, deveriam ser responsáveis pela decisão ou estarem envolvidas no processo de tomada de decisão da viagem. A pesquisa foi feita on-line e ocorreu em fevereiro de 2022.

30

Abr

RN Lixo Zero realiza a 1ª Semana da Compostagem

O Coletivo RN Lixo Zero vai realizar pela primeira vez a Semana da Compostagem, que acontece entre os dias 1º e 8 de maio de 2022. O evento faz parte do calendário da Semana Internacional da Conscientização sobre Compostagem (ICAW), que vem sendo realizada desde 1995 e representa a maior e mais abrangente iniciativa educacional sobre compostagem no mundo.

No Brasil, o evento é idealizado ou mobilizado pelos embaixadores do Instituto Lixo Zero Brasil (ILZB) e pelo grupo Composteiros do Brasil, e tem como objetivo incentivar as práticas e enaltecer os benefícios da compostagem para as pessoas, comunidades, empresas, instituições, governos, cidades e sociedade em geral.

Temática 2022 - Receita para Regeneração: COMPOSTAR!

Este ano o tema da Semana da Compostagem é o compostar como receita para a regeneração do solo. Importante destacar o processo circular que transforma a gestão de resíduos e proporciona solos saudáveis, uma vez que os restos de alimentos, podas, etc voltam para serem compostados e o processo é reiniciado. O composto adiciona carbono de volta ao solo, promove o controle da erosão e fecha o ciclo, evitando a perda de valiosos recursos orgânicos.

É possível realizar diversas formas de compostagem: individual em apartamentos e quintais, passando pela compostagem comunitária, coleta porta a porta em baldinhos, instalações de compostagem em grande escala e também em propriedades rurais. Este recurso fornece uma opção ecologicamente responsável para o gerenciamento e tratamento dos nossos resíduos orgânicos.

Antes de compostar, é preciso separar os resíduos

O primeiro passo é não misturar os resíduos para viabilizar tanto a reciclagem como a compostagem. A premissa básica da metodologia Lixo Zero é a separação dos resíduos em 3 frações: recicláveis, orgânicos e rejeitos.

Quando acontecerá a Semana da Compostagem Brasil?

O evento acontece entre 01 e 08 de maio de 2022. No Rio Grande do Norte serão realizados eventos presenciais e virtuais. Qualquer pessoa ou iniciativa também pode cadastrar uma ação. Para mais informações é só acessar o instagram do RN Lixo Zero @rnlixozero, e a nível nacional pelas páginas do @institutolixozerobrasil, @composteirosdobrasil e @semanadacompostagembrasil.

30

Abr

Dia 04: evento online gratuito sobre transformação estimula a metamorfose digital nas empresas

Para transformar a realidade externa, é necessário transformar primeiro a si mesmo. É esse despertar que o Grupo Skill, empresa de tecnologia e inteligência contábil, fiscal e trabalhista, almeja ao realizar o evento “Metamorfose 2022 – Tecnologias, Soluções e Serviços que Transformam”, no dia 04 de maio, das 15h30 às 18h30, em São Paulo, com transmissão online.

O objetivo do evento é mostrar como o poder de mudança que vem a partir da humanização e criatividade dentro do ambiente corporativo, é capaz de transformar organizações. Além da abordagem dos temas que evidenciam a necessidade de uma metamorfose digital, serão apresentadas as soluções e novidades desenvolvidas pela empresa para atender diversos segmentos, buscando sempre levar a inovação como principal ferramenta.

O encontro conta com o apoio e patrocínio de importantes empresas que atuam no segmento de tecnologia e inovação, promovendo o verdadeiro sentido de compliance. Entre elas, estão a Nexxera, especializada no desenvolvimento de soluções para automatização de processos financeiros; BDO, uma das maiores consultorias do mundo, que presta serviços nas áreas de auditoria, tax, advisory e controladoria; e a Benício Advogados, que atua na junção da técnica jurídica às modernas ferramentas de gestão.

Para o presidente da empresa, Marco Antônio Faria, difundir conhecimentos que auxiliem na transformação das empresas faz parte da missão do Grupo Skill. “Queremos mostrar como os gestores podem se beneficiar ao utilizar métodos de trabalho e gestão inteligentes, baseados em tecnologias de ponta para promover negócios mais eficientes por meio de investimentos em estratégias inovadoras, capazes de levar as companhias a um novo patamar de resultados”, diz o presidente.

Autoridade no tema, o Grupo Skill tem de sobra. Há mais de 40 anos, a empresa desenvolve um trabalho personalizado para seus clientes, buscando sempre oferecer um alto nível de excelência na prestação de serviços. A Skill atua em todo território nacional e atende mais de 5000 clientes pelo país, além de ser uma das maiores parceiras da SAP, empresa alemã especializada no desenvolvimento de softwares de gestão, que também contará com representantes no evento.

O Grupo Skill possui uma ampla flexibilidade no desenvolvimento de ações especializadas para atender a necessidade de cada cliente. Dentre as áreas de atuação, a companhia se destaca pela entrega de soluções para contabilidade, tecnologia, gestão de pessoas e financeiro. “Nosso propósito é simplificar o dia a dia dos gestores, promovendo uma gestão mais eficaz e inteligente, tendo a tecnologia como apoio central”, enfatiza Faria.

Durante o evento, a empresa irá apresentar um compilado das soluções de gestão criadas para suprir as demandas do mercado. Dentre as apresentações está o Docpay, voltado para facilitar a área de gestão de financeira e mais uma novidade que será apresentada com exclusividade no encontro.

Com tantas soluções, a empresa pretende evidenciar ainda mais sua supremacia nas áreas contábil, fiscal, financeira e trabalhista, destacando sempre a sua busca constante por tecnologia e inovação. “Esse evento será um referencial para mostrarmos o nosso domínio e expertise para atender esse público. Independente de qual seja o segmento da empresa, estamos sempre prontos para cumprir o desafio da alta eficiência”, finaliza o presidente.

29

Abr

Música e arte marcam reabertura do Solar Bela Vista

Música e arte marcaram a reinauguração do Solar Bela Vista em solenidade, na noite desta quinta-feira (28), em um dos mais bonitos e antigos conjuntos arquitetônicos existentes em Natal. Com apresentação do Sexteto da SESI Big Band e a exposição “Luzia Dantas: Poesia e beleza que nasce da caatinga”, em parceria com o Museu Câmara Cascudo, o Solar reabriu suas portas ao público e à cultura.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN), Amaro Sales de Araújo, destacou que o Solar tem grande representatividade não só para o Sistema Indústria, como também na cultura do Rio Grande do Norte. E lembrou que o Solar está localizado no corredor cultural da capital, perto de outras edificações de importância para a história e cultura do estado.

“É uma casa de todos, aberta ao público. Para eventos, festas e com condições de receber até 700 pessoas”, destacou. O investimento na reforma foi de cerca de R$ 700 mil e, por ser um imóvel tombado pelo Patrimônio Histórico, teve a obra acompanhada de perto pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Durante o evento, foi entregue como simbólico presente à FIERN uma pintura da fachada do Solar Bela Vista, datada de 1984, que foi encontrada em um imóvel em Currais Novos. Os familiares dos proprietários da casa fizeram a doação da obra que remete ao belo casarão. Junto da pintura, uma carta à federação destacando a importância do trabalho de preservação cultural. “É um grande presente receber uma pintura como esta, justamente na reabertura do Solar”, disse Sales.

Com a reabertura, o Solar está incorporado ao portfólio do SESI-RN na área de serviços e poderá ser utilizado, já em perfeitas condições, para viabilizar financeiramente a sua própria manutenção, que é de alto custo. Locar para eventos culturais, lançamentos de livros, aniversários, casamentos, gravações. Será um equipamento cultural para a cidade e para o SESI.

A reinauguração ocorreu na data em que se comemorou o Dia da Caatinga, fato ressaltado pelo presidente Amaro Sales que lembrou: o Nordeste é vida. “Sabemos da história do nordestino, do sertanejo e temos visto que o Nordeste começa a trazer desenvolvimento para o Brasil”, ressaltou.

Para o superintendente do SESI-RN, Juliano Martins, a reabertura do Solar é “importantíssima para o Sistema [FIERN]”. “O Solar representa a parte cultural do SESI-RN, que está sendo reativada. Nos últimos anos, o SESI se dedicou, devido as circunstâncias, à saúde e segurança do trabalhador da indústria e da educação. Agora o Departamento Nacional [do SESI] voltou sua atenção para a parte cultural, que será bem explorada”, comentou.

Diretor do Museu Câmara Cascudo e curador da exposição, Everardo Barros, disse que o Solar é um local privilegiado no RN de cultura e arte. “Todo natalense gosta muito”, comentou.

Quanto à exposição, ele explicou que é uma homenagem à Luzia Dantas, artista popular com obras reconhecidas em museus no Brasil e que faleceu este ano. “É uma forma de reabrir esse espaço de cultura daqui do estado com obras de uma grande artista potiguar”, afirmou.

Barros informou que a exposição será aumentada em número de peças com mais conteúdos falando sobre Luzia Dantas. “O Solar Bela Vista sendo esse palco privilegiado no estado a gente tem muitas perspectivas de parcerias para apresentações, exposições. São várias possibilidades”, disse.


O evento de reinauguração reuniu diretores e gestores do Sistema FIERN, o superintendente da Sudene, General Araújo Lima, da superintendente do Iphan no RN, Ilana de Castro Lima Chagas, do presidente da Fecomercio, Marcelo Queiroz, e demais convidados.

História
Construído na primeira década do século XX pelo coronel Aureliano Medeiros, o casarão, que é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) trouxe beleza e inovações para a Natal da época. Após a morte do militar, o imóvel já foi hotel e sede – temporária – do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

Nos anos 1980, durante a gestão do então presidente Fernando Bezerra, o Sistema FIERN adquiriu o imóvel e fez a primeira grande restauração, com supervisão da Fundação José Augusto (FJA). De lá para cá, o local é o braço cultural do SESI-RN. À época, funcionava uma escola de música, um auditório e salas de leitura.

29

Abr

Resultados da Unidade de Comunicação são destaques da reunião de Diretoria da FIERN

As ações executadas pela Unidade de Comunicação (Unicom) do Sistema FIERN, nos últimos doze meses, foram apresentadas na reunião de Diretoria da Federação das Indústrias do RN, nesta quinta-feira (28). Entre essas ações, estão a ativação do estúdio de televisão da FIERN e o início da produção audiovisual da instituição, com transmissão via YouTube do Sistema FIERN e pela Band Natal, uma emissora de televisão em canal aberto. O presidente da FIERN, Amaro Sales, destacou que os resultados da Unicom são positivos. A apresentação foi conduzida pela gerente da unidade, jornalista Juliska Azevedo.

Com o estúdio em atividade, passou a ser produzido o Indústria Mais RN, primeiro programa de televisão da FIERN que traz entrevistas quinzenais sobre assuntos relacionados à indústria e à economia, apresentado pela gerente de Comunicação, jornalista Juliska Azevedo. O convênio com a Band Natal, sem ônus, assegura a exibição do Indústria Mais RN, aos sábados, a cada quinzena, sempre às 13h, abrangendo o Rio Grande do Norte e Alagoas.

Coube também à Unidade de Comunicação o desenvolvimento da nova identidade visual da Medalha do Mérito Industrial, além da atuação na coordenação conjunta do planejamento, concepção e execução do jantar solene. A divulgação do evento incluiu a produção de notícias e um vídeo documentários com os homenageados.


No Seminário “Novo Plano Diretor, Como Natal Pensa”, teve a atuação da Unidade de Comunicação no planejamento e execução e nas ações na coordenação da divulgação do evento.

As campanhas de comunicação criadas e distribuídas no período que tiveram o gerenciamento da Unicom foram: Ação pela Vida, Semana da Indústria, Inauguração do ISI-ER e SESI Escola. Também foi desenvolvida a linha de comunicação e as peças publicitárias do Programa Mais RN, com vídeos, anúncios para jornal, revista e digitais, distribuídos aos veículos locais. A Unicom é responsável pela gestão e atualização dos canais utilizados pelo Sistema FIERN em mídias digitais, entre os quais a lista de transmissão via WhatsApp.

Essas ações resultaram em números expressivos. Foram 1.161 notícias publicadas no Portal da FIERN em 2021. Em 2022, entre janeiro e março, foram 291. Em 2021, foram 213 postagens no Instagram no perfil da Federação das Indústria. No Facebook, foram 76 postagens no ano passado. Além disso, foram produzidos 23 vídeos em 2021.

“A missão da Unicom é dar maior amplitude às ações realizadas pelo Sistema FIERN, incluindo FIERN, SESI, SENAI e IEL, tornando mais conhecido o trabalho dessas instituições”, destacou Juliska.

28

Abr

O Boticário lança mais de 50 kits presenteáveis para todos os estilos de mães

Pessoas e momentos especiais merecem celebrações e, claro, presentes, especialmente nas datas cravadas em calendário. É por isso que o Boticário preparou uma seleção especial de kits presenteáveis para emocionar neste Dia das Mães. Com o conceito “amor embalado para presente”, a marca apresenta 51 opções de kits, com lançamentos especiais para as mães amantes de perfumaria, além de itens clássicos do extenso portfólio da marca. Há também edições limitadas colecionáveis com itens clássicos, que fazem parte das histórias de muitas consumidoras e remetem a recordações especiais.

Entre os destaques deste ano, o Kit Lily traz três itens com a mais pura fragrância dos lírios: Fragrância, Creme Acetinado Hidratante Desodorante Corporal e Creme Desodorante Hidratante para Mãos – todos pensados para o dia a dia de mulheres românticas que apreciam o que há de bom na vida. O Kit Liz chega com dois itens da fragrância feminina que se destacam pela intensidade: Desodorante Colônia e Creme Hidratante Corporal, que traduzem a essência amadeirada combinada à delicadeza e sensualidade de um floral arrebatador, ideal para a mulher que acredita que cada experiência vivida até hoje traz um brilho que a enaltece e a faz se sentir única; além do Kit Floratta Love Flower, que traz a fragrância com notas florais e amadeiradas, capaz de traduzir o romantismo e a ousadia em sua essência, em um kit que reúne itens de perfumaria e cuidados com o corpo, com Desodorante Colônia, Creme Desodorante Hidratante Corporal e Creme Hidratante para Mãos.

Outros itens do portfólio da marca também ganham edição especial limitada para o Dia das Mães, entre eles o Kit Elyseé que, além da fragrância e do creme para mãos com uma fragrância modernizada por notas ambaradas – perfeita para quem se interessa por fragrâncias mais marcantes, vem com uma frasqueira que combina com todos os estilos de mães e pode ser usada no dia a dia; e o Kit Nativa Spa Ameixa, que chega com três itens de cuidados corporais, proporcionando uma pele macia e cheirosa com a fragrância queridinha da ameixa e gotas purificadas de quinoa em sua fórmula.

Há ainda opções com acessórios exclusivos que podem ser usados como itens de decoração, como o cachepô do Kit Accordes; a tampa articulada do Kit Floratta Fleur Supreme, que pode ser usado como porta-retrato; o Kit Linda, que vem com um lenço; o Kit Coffee Duo, que possui uma lata especial; entre outros. Os kits transmitem carinho e cuidado em cada detalhe, pensados para diferentes perfis de mães, têm design exclusivo feito à mão, com diversos tipos de estampas, texturas e adereços, estão disponíveis a partir de R$ 34,90 e chegam até a R$ 419,90.

Todas as opções de presentes do Boticário estão disponíveis em todos os canais da marca: lojas físicas, e-commerce e com as revendedoras oficiais. Além disso, as possibilidades de pagamento são muitas, como parcelamento sem juros em até 10 vezes. E, dependendo do valor investido, também Pix, WhatsApp Pay e muitas outras que atendem a diferentes necessidades e bolsos.

28

Abr

Natal é a segunda capital do Nordeste com maior número de adultos com depressão

Um levantamento inédito publicado pelo Ministério da Saúde neste mês coloca Natal como a segunda capital do Nordeste com o maior número de pessoas com 18 anos ou mais que relataram um diagnóstico médico por depressão. A capital potiguar contabiliza 11,8% de registros nessa parcela da população, através somente de Recife, com 12,5%, conforme dados tabulados pelo órgão ministerial através da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) - ano base 2021. A depressão, quando não tratada adequadamente, pode levar ao suicídio. Os números foram analisados por psicólogos do Instituto Santos Dumont (ISD), em Macaíba(RN).

Em todo o País, em média 11,3% dos brasileiros relatam um diagnóstico médico de depressão. É um número bem acima da média apontada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para o Brasil, de 5,3%. A pesquisa Vigitel é aplicada todos os anos, e tem como objetivo coletar informações que dizem respeito à saúde nas capitais brasileiras. Essa é a primeira vez que a pesquisa traz números relacionados à depressão. Entre os sintomas da condição, estão: tristeza persistente, desânimo, baixa autoestima, sentimento de inutilidade, alterações no apetite, ganho ou perda de peso súbita, insônia, excesso de sono e fadiga acentuada. 

“A pandemia em si, as questões econômicas, o aumento elevado de desemprego… Todos esses fatores contribuem de forma significativa para o elevado número de diagnósticos na capital potiguar”, avalia o preceptor psicólogo do ISD, Robson Rates. Ele destaca, ainda, que com o teleatendimento em saúde, um número maior  de pessoas conseguiu ter acesso direto às equipes médicas. “Temos um aumento significativo desses dados. Mas, com certeza, esses números ainda não demonstram a realidade dos consultórios, pois estão subnotificados. O número real é, provavelmente, muito maior”, reforça. 

De acordo com o levantamento, a frequência de adultos que referiram diagnóstico médico de depressão variou entre 7,2% em Belém e 17,5% em Porto Alegre. No sexo masculino, as maiores frequências foram observadas em Porto Alegre (15,7%), Florianópolis (12,9%) e no Rio de Janeiro (11,7%), e as menores em Salvador (4,2%), Rio Branco (4,3%) e Palmas (4,4%). Entre mulheres, o diagnóstico de depressão foi mais frequente em Belo Horizonte (23,0%), Campo Grande (21,3%) e Curitiba (20,9%), e menos frequente em Belém (8,0%), São Luís (9,6%) e Macapá (10,9%).

No conjunto das 27 cidades, a frequência do diagnóstico médico de depressão foi de 11,3%, sendo maior entre as mulheres (14,7%) do que entre os homens (7,3%). Entre os homens, a frequência dessa condição tende a crescer com o aumento da escolaridade. Em Natal, a depressão afeta mais mulheres com 18 anos ou mais (14,6%) do que homens na mesma faixa etária (8,4%). 

“As mulheres sofrem mais preconceito social, a sociedade é machista, o índice de desemprego é muito maior entre as mulheres, as grávidas são desligadas do ambiente de trabalho na maioria dos casos. Esses fatores fazem com que as mulheres adoeçam mais”, comenta Robson Rates. A alteração do comportamento e o consequente isolamento são sinais primários de que alguém está desenvolvendo um quadro depressivo. “Se alguém é introspectivo, pode demonstrar uma alegria repentina que não tinha, por exemplo. Depois, vem a apatia, o isolamento, a desesperança. Nos casos mais graves, leva ao suicídio. A depressão é uma doença sem cura. Apesar disso, tem tratamento. Ele precisa ser psicológico e psiquiátrico, além de outras intervenções como atividades físicas”, adverte o psicólogo.

Autocuidado 

Conforme a preceptora Miliana Galvão Prestes, mestre em Psicologia do ISD, a depressão apresenta características instaladas, com histórico em adolescentes e adultos. Ela se configura como um fator de risco para o suicídio. 

“A depressão se tornou algo tão generalizado que se apresenta hoje em pessoas que conseguem manter uma rotina de trabalho, de atividade física. Os sinais são sutis e, às vezes, as pessoas não percebem que estão deprimidas. A depressão é uma doença crônica que precisa de acompanhamento com psicólogo e psiquiatra, além de tratamentos alternativos como mudança de estilo de vida, redução de estresse, formas de autocuidado como atividade física, que é um ótimo “remédio” para a depressão”, lista.

Além do autocuidado, a psicóloga aponta que a pessoa com depressão precisa buscar outros tipos de tratamento, como as práticas de cuidado coletivas. “São terapias integrativas, convivência comunitária, se integrar a alguma associação. Situações que essa pessoa tenha alguma convivência social que traga a sensação de pertencimento, de utilidade, valorização”, destaca. 

Vigitel

Conforme a publicação, pelo menos 27 mil brasileiros responderam aos questionários por telefone, configurando o maior inquérito de saúde do país, entre setembro de 2021 e fevereiro de 2022. Os entrevistados responderam, entre outros, ao seguinte questionamento:  “Algum médico já lhe disse que o(a) Sr.(a) tem depressão?”. A Vigitel tem como objetivo monitorar a frequência e a distribuição dos principais fatores de risco e de proteção das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), um dos principais problemas de saúde pública no Brasil. Estabeleceu-se um tamanho amostral mínimo de 2 mil indivíduos em cada cidade para estimar, com nível de confiança de 95% e erro máximo de dois pontos percentuais, a frequência de qualquer indicador na população adulta. Além dos dados relativos à depressão, a pesquisa Vigitel aborda aspectos da obesidade, realização de atividade física e consumo de tabaco, por exemplo. 

“Já tínhamos um indicativo de que o problema estava aumentando e, por isso, decidimos incluir a depressão no Vigitel, que é feito com maior periodicidade”, explicou o professor Rafael Moreira Claro, da Universidade Federal de Minas (UFMG), coordenador do trabalho ao jornal O Estado de São Paulo. “A Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) de 2019 registrou que 10% da população tinha um diagnóstico médico de depressão, ante 7,6% na pesquisa anterior, de 2013; aumento de 5 milhões de pessoas.”

Ranking

Percentual de adultos com 18 anos ou mais que referiram diagnóstico médico de depressão, por sexo, nas capitais do Nordeste.

Recife: 12,5%

Natal: 11,8%

Fortaleza: 11,4%

Maceió: 11,3%

João Pessoa: 11,0%

Aracaju: 10,9% 

Teresina: 10,8%

Salvador: 8,0%

São Luís: 8,0%

Fonte: Vigitel 2021

Principais fatos

A depressão é um transtorno mental frequente;

Em todo o mundo, estima-se que mais de 300 milhões de pessoas, de todas as idades, sofrem com esse transtorno;

A depressão é a principal causa de incapacidade em todo o mundo e contribui de forma importante para a carga global de doenças;

Mulheres são mais afetadas que homens;

No pior dos casos, a depressão pode levar ao suicídio;

Existem vários tratamentos medicamentosos e psicológicos eficazes para depressão.

Fonte: Organização Mundial de Saúde (OMS)