Comunicação, educação, mercado e turismo!

Um blog com assuntos diferentes e com a marca da credibilidade, que traz tendências, novidades do mundo corporativo, do universo da tecnologia e mídias sociais, do setor de educação e do mercado publicitário. E como ninguém é de ferro, tem ainda lazer, cultura e turismo! Fale com a gente pelo e-mail juliska.azevedo@gmail.com. Acompanhe a gente também no Instagram e Facebook, no @blogdajuliska.

22

Abr

A equipe da Criola Propaganda está comemorando o destaque internacional da campanha de Combate ao Abuso Infantil produzida para a Assembleia Legislativa do RN - a partir de iniciativa da direção de comunicação da AL, sob a batuta da jornalista Marília Rocha. 

A campanha desenvolvida pelo diretor de criação Renato Quaresma ganhou destaque nos principais portais da propaganda mundial: Ads of the World, Best Ads on TV e Adeevee, que publicam os trabalhos em publicidade mais criativos mundo afora.

O filme principal é em animação e mostra crianças temendo os “monstros” da vida real, ou seja, os que abusam delas, e que muitos vezes eles estão dentro de casa. Com a campanha, a Assembleia Legislativa trouxe o assunto ao centro das discussões, promovendo conscientização da sociedade em paralelo com a ação parlamentar voltada para a causa. 

“Filme e anúncios brilhando, porque quando a causa é importante e o trabalho bem feito, o mundo todo fica sabendo”, destaca Renato Quaresma, ao comemorar o feito.

22

Abr

Em 2018, considerando as aéreas com mais de 10% de participação de mercado, a Latam foi a que recebeu o maior número de reclamações na plataforma Consumidor.gov.br em relação ao número de passageiros pagos transportados. A cada grupo de 100 mil passageiros, a empresa foi alvo de 37 registros de reclamações, respondendo por 12.629 das manifestações (50,5% do total) relacionadas às quatro principais aéreas brasileiras no ano passado. Em relação ao índice de solução de demandas, a Latam alcançou média de 74,1%.

A Avianca foi a segunda empresa mais reclamada entre as aéreas com mais de 10% de participação de mercado em 2018. Para cada grupo de 100 mil passageiros pagos transportados, a empresa recebeu 20,8 reclamações e respondeu por 2.546 das manifestações (10,2% do total) relacionadas às quatro maiores aéreas brasileiras em 2018. Quanto à solução das demandas dos passageiros, a Avianca apresentou índice de 72,9%.

Do grupo das empresas com mais de 10% de participação do mercado, Gol e Azul ficaram empatadas em terceiro lugar em número de reclamações por grupo de 100 mil passageiros em 2018, com 17,5 registros cada uma. Contudo, com fatias distintas de mercado, Gol e Azul receberam, respectivamente, 5.855 (23,4%) e 3.946 (15,8%) do total de manifestações destinadas às quatro principais empresas aéreas brasileiras no ano passado.

No quesito solução de demandas, as duas aéreas tiveram desempenho distinto. A Azul apresentou o melhor índice entre as quatro maiores concorrentes, de 77,1%, enquanto a Gol teve o pior resultado, com índice de 72%. O indicador reflete o compromisso das empresas com a solução alternativa de conflitos de consumo. Na média, as aéreas brasileiras alcançaram média de 73,8% em 2018, ficando acima da média obtida pelas estrangeiras (60%) no período.

22

Abr

Muitos influenciadores digitais que se fazem no Instagram por vezes acabam compartilhando fotos intencionalmente chamativas para conseguir o mair número possível de likes e, assim, melhorar seus números para conseguirem ainda mais visibilidade — o que, para muitos deles, se traduz em parcerias que rendem dinheiro. Vendo que essa cultura de corrida pelas curtidas está se tornando um problema, o Instagram parece estar planejando esconder o número de likes das postagens, exibindo-os apenas ao autor da publicação.

Em uma descrição de projeto, a rede social diz querer que os seus usuários se concentrassem mais no conteúdo que estão compartilhando e não em "quantos likes as postagens recebem". Apesar de parecer uma modificação pequena, a omissão desse número pode evitar que pessoas procurem apenas pelas imagens de maior quantidade de curtidas, reduzindo o senso de competição dentro da plataforma. Além disso, isso pode incentivar os criadores a postarem produções mais autênticas no lugar de voltarem os seus esforços para a criação de conteúdos apelativos para chamar a atenção do público.

Esse plano de testes acabou sendo descoberto pela famosa especialista em engenharia reversa, Jane Manchun Wong, por meio do código-fonte do Instagram para o sistema operacional Android, e conseguiu obter as capturas de tela que comprovam o planejamento.

Nessa imagem, é possível notar que, nas telas, nenhuma informação quanto à quantidade de curtidas recebidas é disponibilizadoaaos seguidores — apenas para o próprio dono do post — mas todos os outros fatores aparentam ser os mesmos que existem atualmente. Em uma conversa com o TechCrunch, um porta-voz da plataforma afirma que esse design é um protótipo interno que ainda não é visível para o público. Além disso, diz que a empresa está explorando formas de “reduzir a pressão no Instagram”.

Pelo visto, ainda não há planos para se ocultar as contagens de seguidores nos perfis de usuários, que também são uma medida de popularidade, mas também servem para diferenciar grandes criadores de conteúdo e avaliar seu valor para os profissionais de marketing.

Vale notar que esse tipo de mudança corresponde a uma crescente corrente de pensamento que considera as curtidas como fatores que podem ser prejudiciais à psique dos usuários. Kevin Systrom, co-fundador do Instagram, afirmou ao TechCrunch em 2016 que fugir da pressão da contagem de likes foi um dos motivos para o lançamento dos Stories no Instagram.

Foto: Jane Manchun Wong / Fonte: Tech Crunch, via CanalTech, disponível em: https://canaltech.com.br/redes-sociais/instagram-testa-esconder-numero-de-likes-exibindo-os-so-ao-autor-da-postagens-137571/

22

Abr

A 6ª Vara da Fazenda Pública de Natal abriu processo seletivo para estagiário de pós-graduação remunerado. Está sendo oferecida uma vaga para estudantes da área de Direito, acrescido de cadastro de reserva (até a quinta colocação). O edital pode ser visto AQUI.

As inscrições serão realizadas pessoalmente no período de 22 à 30 de abril, das 8h às 15h (segunda a quinta)e das 7h às 14h (sexta-feira), na Secretaria da unidade, localizada no 1º andar do Fórum Seabra Fagundes.

Provas

A seleção dos candidatos inscritos será realizada mediante prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, que consistirá em elaboração de uma sentença em Mandado de Segurança.

A prova será aplicada no dia 7 de maio, a partir das 13h15min, na sede da Escola da Magistratura do Rio Grande do Norte (Esmarn), localizada na Rua Promotor Manoel Alves Pessoa Neto, nº 1000, Candelária, CEP 59065-555, devendo o candidato comparecer ao local indicado com antecedência mínima de 30 minutos do início da prova.

Os cinco primeiros candidatos que compuserem a lista de aprovados serão convocados para entrevista pessoal com o juiz titular ou designado da unidade jurisdicional ou do gestor responsável pela unidade administrativa, de caráter eliminatório, a ser realizada no dia 13 de maio, a partir das 8h, no Gabinete da 6ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal.

A lista de classificação final será publicada no Diário da Justiça Eletrônico, no dia 13 de maio de 2019.

Condições

A jornada de estágio é de seis horas diárias e 30 horas semanais e a jornada diária será exercida preferencialmente no período de 8h às 14h, sujeito a modificação caso o aprovado resida ou estude em outra comarca, desde que mantidas as seis horas obrigatórias.

O estagiário receberá mensalmente bolsa-auxílio, atualmente no valor de R$ 1.874 e receberá, ainda, auxílio-transporte, atualmente no valor de R$ 127,60 por mês.

O estágio terá duração máxima de um ano, prorrogável por mais um ano, desde que comprovado o vínculo com a entidade de ensino, não podendo exceder a dois anos, exceto quanto às pessoas com deficiência que poderão exercer o estágio até a conclusão do curso, respeitando-se o encerramento do calendário acadêmico.

22

Abr

A Câmara Municipal de Natal debate na amanhã (23), às 09h, um tema familiar bastante delicado: a alienação parental. A proposição da audiência é do vereador Robson Carvalho (PMB).

Conforme a lei federal 12.318/10, a alienação parental é a interferência na formação psicológica da criança ou do adolescente promovida ou induzida pelo pai, mãe ou pelos que tenham a criança ou adolescente sob a sua autoridade, guarda ou vigilância para que repudie um dos genitores.

“Pretendemos discutir os efeitos e principalmente evitar a alienação parental, prática que pode ser muito negativa no crescimento e na formação da criança”, destacou o parlamentar propositor da reunião.

A audiência acontece na semana  do Dia Internacional de Combate à Alienação Parental, 25 de abril. Serão abordados temas como a guarda compartilhada, dupla residência, diferenças entre paternidade e conjugalidade, riscos da alienação na saúde mental dos jovens, dentre outros desdobramentos do assunto.

Foram convidados para participar do debate representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB),Ministério Público Estadual, Tribunal de Justiça, Instituto Brasileiro de Direito de Família (Ibdfam), psicólogos da Vara da Família além de ONG’s ligadas aos direitos das crianças e dos adolescentes.

22

Abr

Os canais de conteúdo educacional estão em alta no YouTube para o público brasileiro, segundo o levantamento Pesquisa Video Viewers: como os brasileiros estão consumindo vídeos em 2018, feito pela Google. De acordo com o levantamento, nove em cada 10 pessoas utilizam o portal de vídeos para buscarem conteúdo educacional, sobretudo na faixa etária pré-vestibular, que prioriza matérias curriculares para fins de revisão.

Por causa disso, há um aumento no número de canais cujo conteúdo é apresentado por professores, com material exibido de forma dinâmica e interativa, como é o caso do Professor Noslen, que ensina Língua Portuguesa valendo-se de paródias para descomplicar suas lições: “Criei o canal com o intuito de ir na contramão do que os colégios pediam, que era tirar o celular da mão dos alunos. Percebendo que o celular tinha chegado pra ficar, eu fiz o caminho inverso e levei a língua portuguesa para dentro do celular com a criação do canal e pensando que mais cedo ou mais tarde os alunos me encontrariam ali. No fim, deu muito certo”, ele afirma. Seu canal já amealhou mais de 2 milhões de inscritos.

Internet x TV

O levantamento também mostra uma crescente preferência do público para assistir seus programas favoritos pela internet, com 74% dos espectadores declarando não terem nenhuma intenção de adquirir serviços de TV por assinatura, graças ao que encontram na rede mundial — uma provável relação com o aumento de ofertas em streaming por parte de canais por assinatura e também do próprio YouTube.

Mais além, 18% dos entrevistados declararam oferecer atenção exclusiva à televisão, uma minoria pálida perto de um público que, cada vez mais, utiliza o celular ou tablet como segunda tela, assistindo a programas de TV em paralelo ao dispositivo móvel. Finalmente, em 2018, o smartphone ainda é a plataforma líder na preferência para assistir a vídeos online, com 75% dos entrevistados. Em segundo lugar vêm as smart TVs, com 43% (em 2017, esse número era de 22%). O estudo completo pode ser acessado dentro da página Think With Google.

Fonte: Portal CanalTech, disponível em: https://canaltech.com.br/internet/a-cada-10-brasileiros-nove-usam-o-youtube-para-estudar-diz-levantamento-137609/

19

Abr

No próximo dia 26 de abril é comemorado o dia mundial da propriedade intelectual. Mas você sabe o que é isso? A propriedade intelectual é a área do Direito que, por meio de leis, garante a inventores ou responsáveis por qualquer produção do intelecto - seja nos domínios industrial, científico, literário ou artístico - o direito de obter, por um determinado período de tempo, recompensa pela própria criação.

Pra ficar mais fácil de entender: um empresário monta um restaurante e cria uma marca para esse empreendimento, com nome e identidade visual específicos. Para que ninguém copie essa marca, esse empresário faz o registro no Instituto Nacional de Propriedade Industrial, o INPI. A partir disso, ele passa a ter o domínio sobre ela, o que vai diferenciar o seu produto ou serviço.

“É de extrema relevância efetuar o registro de uma marca tendo em vista que é garantido o uso exclusivo em um determinado ramo de mercado, podendo, assim, coibir o uso indevido por terceiros. A vantagem de ter o registro da marca, ou mesmo o pedido junto ao INPI, é que, caso terceiros a usem indevidamente, o titular poderá requerer a abstenção imediata do uso da marca, podendo, inclusive, demandar judicialmente, requerendo danos materiais e danos morais”, explicou a advogada e especialista em propriedade intelectual, Rochelle Barbosa, diretora-executiva da Metrópole Marcas e Patentes. O processo de registro é simples e dura cerca de 10 meses.

A propriedade intelectual divide-se em duas categorias: o direito autoral, que abrange trabalhos literários, filmes, músicas, trabalhos artísticos, obras arquitetônicas, softwares; e a propriedade industrial, que inclui as patentes de invenções, marcas, desenhos industriais, indicação geográfica e proteção de cultivares.

Propriedade Intelectual x Internet

A propriedade intelectual também passou a ter uma importância fundamental por causa da internet e das redes sociais. De acordo com a especialista, atualmente, o empreendedor que inicia qualquer negócio prontamente cria suas redes sociais, bem como trata de registrar o domínio para o site do negócio, haja vista que tais ferramentas garantem visibilidade a baixo ou, até mesmo, nenhum custo.

É exatamente aí que mora o perigo, pois, muitas vezes, em virtude de desconhecimento, o negócio é iniciado, o empresário cria um nome para sua marca que julga interessante e comercial e, então, simplesmente começa a utilizá-lo, sem saber dos riscos que pode estar correndo e dos prejuízos que pode ter que arcar mais adiante.

“Hoje em dia, tudo e todos são facilmente vistos e encontrados. Assim, o uso indevido de marcas ou cópia de produtos de terceiros são facilmente identificados, podendo gerar inúmeros problemas para quem burla tais direitos. Além disso, outro viés dessa grande circulação de informações é o fato de um terceiro copiar uma criação e registrá-la antes mesmo do autor verdadeiro. Desse modo, proteger as criações tornou-se ainda mais importante”, sentenciou a advogada.

O registro de uma marca ou patente é também uma maneira de movimentar a economia, como explica a especialista Rochelle Barbosa. Segundo ela, todas as produções intelectuais de um negócio, como patentes e marcas, são chamadas de ativos intangíveis. Esses ativos hoje são muito importantes no portfólio de uma empresa, já que garantem um diferencial de mercado. Muitas empresas hoje contam, inclusive, como sua marca como seu maior ativo.

19

Abr

Azul desiste da Avianca - “Não foi um plano para resgatar uma empresa, mas para fechar a empresa e fechar Congonhas e Santos Dumont para apenas duas linhas aéreas”, afirmou o presidente da Azul, John Rodgerson, durante evento realizado no Palácio do Bandeirantes nesta quinta-feira (18).

A divisão da Avianca em sete UPIs, arquitetada pela gestora americana Elliot e pelas aéreas Gol e Latam, visou apenas o duopólio da ponte aérea Congonhas/Santos Dumont. Essa é análise do presidente da Azul, John Rodgerson, que destaca que todo o projeto foi arquitetado para impedir a entrada de uma terceira companhia no trecho, como era até a recuperação judicial da Avianca.

Semana Santa - destino: Nordeste

Segundo pesquisa divulgada pela Viajanet, o Nordeste é a região mais procurada para o feriado da Semana Santa. Em primeiro lugar, destaque para Fortaleza (CE), com 29% das buscas, 20% a mais do que no ano passado.

Confira o ranking das cidades:

Ranking

Cidade

Procura

     

Fortaleza

29,03%

Recife

20,97%

Salvador

14,52%

Natal

9,68%

Aracaju

8,06%

São Luís

8,06%

Teresina

4,84%

Maceió

3,23%

João Pessoa

1,61%

 

Mala de mão

Com a fiscalização do tamanho da bagagem de bordo, listamos aqui alguns aplicativos que ajudam a medir a mala de mão. Confira e escolha:

Latam: o aplicativo cria um gabarito virtual em realidade aumentada. A mala deve encaixar no molde. Não precisa ter voo marcado para usar a ferramenta.

KLM: o aplicativo cria uma mala virtual no tamanho padrão, para ser comparada com a mala real. Neste, só funciona se o usuário estiver com voo comprado na Companhia.

Kayak: o passageiro deve abrir o aplicativo e clicar em "new bag measurement tool”. Em seguida, será solicitado que o usuário escaneie o chão e a bagagem. Atualmente, a ferramenta está disponível para todos os dispositivos IOS que executam a partir do sistema 11.3.

Medidas: este vem instalado no Iphone, ele calcula altura, largura e profundidade.

Isenção de vistos

Segundo dados divulgados pelo Grupo Amadeus, uma das maiores empresas de tecnologia e viagens do mundo, houve uma alta expressiva no número de reservas em destinos brasileiros efetuadas por turistas dos Estados Unidos, Japão, Austrália e Canadá. A isenção de vistos para cidadãos destes destinos foi assinada em 18 de março pelo governo federal.

Números

Estados Unidos: crescimento de 53% nas reservas feitas para junho, em julho, a alta sobe para 97% a mais em comparação com o mesmo período do ano passado.

Canadá: crescimento foi de 86% para junho, 54% para julho e expressivos 135% para agosto deste ano.

Japão: crescimento em junho deste ano será de 150% em relação ao mesmo mês em 2018

Austrália: crescimento foi de 86% em junho, 54% em julho e 135% em agosto

Campanha Publicitária

O Ministério do Turismo e a Embratur preparam uma grande campanha de divulgação sobre a isenção de vistos nos países beneficiados. A expectativa é de que a medida permita ao Brasil atingir a marca anual de 12 milhões de visitantes estrangeiros até 2022, meta prevista no Plano Nacional de Turismo 2018-2022.

 

 

 

19

Abr

A Receita Federal no Rio Grande do Norte recebeu, até o momento, 52% das declarações de imposto de renda previstas para 20119. O prazo para o recebimento termina no próximo dia 30 de abril. Dos 320.250 contribuintes que devem prestar contas ao “leão” no RN, 169.142 já cumpriram com a obrigação. Essa parcial leva em conta as declarações enviadas até a última quinta-feira (18), antes do feriadão da Páscoa.

Faltando poucos dias para o envio das informações, o contador e diretor-executivo da Way Contabilidade, Péricles Medeiros, orienta os declarantes. “Quem está atrasado na entrega deve ter o cuidado de se informar sobre todos os documentos, tudo que tem que providenciar antes de fazer a declaração. Já que está em cima da hora, é mais do que recomendado procurar um profissional de contabilidade para evitar problemas futuros”.

Para o contador, o índice de 52% apurado pela receita ainda é baixo, por causa da proximidade do fim do prazo. Ele alerta para a obrigatoriedade de inserir na declaração do IR deste ano o número do CPF de dependentes. Isso pode atrapalhar ainda mais o envio dos dados para quem deixou para a última hora. “Os contribuintes com dependentes que ainda não tem CPF tem que correr ao Banco do Brasil, Correios, Lotéricas, Receita Federal e outras instituições que emitem esse documento para ter posse do número e inserir na declaração”, aconselhou.

Este ano é obrigatório apresentar a declaração anual aquele contribuinte que, no ano-calendário de 2018, recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma foi superior a R$ 28.559,70. No caso da atividade rural, quem obteve receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50.

A declaração pode ser feita de três formas: pelo computador, pelo aplicativo pra celular ou tablet “Meu Imposto de Renda” ou por meio do Centro Virtual de Atendimento (e-CAC). Pelo computador, será utilizado o Programa Gerador da Declaração - PGD IRPF2019, disponível no site da Receita Federal(receita.economia.gov.br).

19

Abr

Redes sociais são sobre pessoas se relacionando. Dada a virtualidade, esse relacionamento é majoritariamente por interações textuais, vulgo conversas — e isso não é mais novidade para ninguém, no mercado.

Também não é mais novidade que uma marca, quando bem sucedida com a sua presença digital em redes sociais, segue duas únicas vertentes: 1) se perceber como uma marca tão influente a ponto de poder iniciar conversas (conversation starter) ou 2) ser uma marca que tem relevância para entrar em certas conversas, o que é a maioria dos casos.

E é aí, no segundo caminho, que moram algumas inquietações e possíveis segredos. Uma marca, ainda que popular, pode falar sobre tudo? Pode entrar em todas as conversas? Pode fazer piadinha com qualquer coisa? E mais: em dias de assuntos onipresentes, o quão vale ser a vigésima terceira marca a provocar o mesmo consumidor com uma gracinha, seja via conteúdo em redes, seja via notificações de app, no celular?

Pode ser sempre muito estratégico pautar o conteúdo de marca (brand content) com o assunto do dia. Mas se estamos falando de conteúdo, precisamos falar de edição. E um bom “editor-chefe” é aquele que sabe qual pauta abordar, por ser essencial; qual “it” que só a sua marca pode trazer para aquela pauta, para se diferenciar da maioria; ou até mesmo qual pauta deixar passar, por entender que não vale o esforço ou que não há como contextualizá-la com sua marca ou produto.

É arriscado tentar estabelecer fórmulas. Mas um caminho possível é pensar na relevância da marca (atributos, posicionamentos, imagem/percepção de marca…) e o contexto do tema, do assunto.

No último domingo (14), com o lançamento do primeiro episódio da última temporada de “Game of Thrones”, inúmeras marcas tentaram colocar um pezinho nesse terreno oportuno. Algumas foram infelizes… mas as marcas de fast food com serviço de delivery captaram sua relevância neste contexto específico.

A pensar que, para muita gente (que pode), o domingo é o dia oficial da preguiça e do delivery… nada mais justo que as marcas dessa seara pensem em formas de abordar essa “pauta” e personificar sua marca/produto neste que foi o assunto da vez.

Fonte: Portal B9, disponível em: https://www.b9.com.br/106463/conteudo-de-marca-e-o-delicado-equilibrio-entre-relevancia-e-contexto/