Aqui você encontra comunicação, educação, tecnologia, mundo corporativo, entrevistas, mídias sociais e cultura

Fale com a gente pelo e-mail blogdajuliska.news@gmail.com e nos siga no Instagram @blogdajuliska.

25

Jan

Em maio do ano passado, o YouTube fez uma grande mudança em sua estratégia de programação original, passando a disponibilizar seu acervo de conteúdos originais de graça para os usuários, apenas contando com a exibição de anúncios. Menos de um ano depois, a plataforma planeja dobrar sua produção original, continuando a oferecer opções com suporte a anúncios (grátis) e sem anúncios (assinatura).

Em conversa com a imprensa, Susanne Daniels, diretora global de conteúdo original do YouTube afirmou: “Estamos realmente satisfeitos com essa nova direção e com o que isso significa para nossos fãs e nossos negócios”. Ainda segundo Susanne, a plataforma tem mais de 100 novos projetos originais em andamento para 2020, o que significa o dobro das 50 séries e filmes originais lançados no ano passado.

Entre os projetos do YouTube Originals estão as terceiras temporadas das séries “Cobra Kai”, “Liza On Demand” e “Kevin Hart: What The Fit”. Porém, neste ano a plataforma vai apostar mesmo em conteúdos de não-ficção, especialmente documentários como o recente “The Age of AI”, série de ciência e tecnologia de 8 episódios e apresentada por Robert Downey Jr.

Há ainda um documentário sobre Justin Bieber previsto para 27 de janeiro, além de outros projetos já em andamento, incluindo “Creators for Change”, uma série de quatro partes produzida pela Vox Media Studios cuja primeira parte contará com a ex-primeira dama Michelle Obama mostrando o trabalho que o programa Girls Opportunity Alliance, comandado por ela, está fazendo no Vietnã.

Outros documentários em andamento incluem um material sobre o festival de música Coachella, outro centrado na socialite Paris Hilton e uma série de seis partes com ginastas que estarão nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

A produção original do YouTube contrasta fortemente com a programação gerada pelos usuários, que sempre causa controvérsias para a plataforma. A lista de conteúdos originais está totalmente focada em aprendizado, personalidades e eventos musicais: “Desde o aprendizado até conteúdos de música e eventos musicais, estamos focados em ampliar o melhor do que o YouTube tem para oferecer globalmente”, afirmou Susanne.

Fonte: B9, disponível em: https://www.b9.com.br/120141/com-foco-em-documentarios-youtube-pretende-dobrar-sua-programacao-original-em-2020/

25

Jan

Com o início do ano letivo, é importante ficar atento às dicas de especialistas sobre questões que precisam ser observadas pelos pais na hora de fazer a matrícula dos filhos. A mestre em educação e diretora do Centro Educacional Teresa de Lisieux, Maria Ferreira, com mais de 25 anos de experiência na área, destaca, entre esses pontos, a idade mínima para o ingresso no ensino infantil e fundamental e a legalização das escolas junto às secretarias de educação do estado e dos municípios.

Uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) do ano passado manteve a validade da norma que garante o ingresso de crianças na pré-escola ao completarem os 4 anos de idade até o dia 31 de março do ano da matrícula. Para o ensino fundamental, a regra vale para crianças que completarem 6 anos de idade também no dia 31 de março. Se a criança já estiver matriculada, mesmo fazendo aniversário fora da data estabelecida para o corte etário, ela tem o direito de prosseguir.

“Os pais devem ficar atentos se a escola não está matriculando o filho fora da faixa etária exigida na Lei de Diretrizes da Educação Básica. Isso pode ter consequências no futuro, se a criança for mudar de escola, por exemplo. A outra instituição pode questionar isso e o aluno poderia perder o ano”, explicou Maria Ferreira.

Outro ponto observado é a legalização das escolas. Todas as instituições de ensino precisam de uma autorização de funcionamento. Esse aval é dado pelas secretarias de educação do estado, para escolas do ensino fundamental, e pelas secretarias municipais, para escolas do ensino infantil. A autorização leva em conta aspectos pedagógicos e administrativos. “Os pais devem buscar essas informações junto às secretarias de educação. Matricular um aluno numa escola que não tem essa autorização pode trazer problemas para a validação do currículo do estudante”, exemplificou a mestre em educação.

24

Jan

Os pequeninos fãs do tubarão mais amado, poderão se divertir à beça neste final de semana com a programação das ‘Férias no NAT’. O espetáculo “Aventuras em alto mar” estará em cartaz tanto no sábado (25), quanto no domingo (26), a partir das 16h, no espaço próximo à Camicado. Enquanto isso, os amantes do clássico “O mágico de Oz” também poderão conferir o espetáculo no domingo, a partir das 16h.

As atrações da programação das “Férias no NAT” são gratuitas e, para participar do teatrinho, basta apresentar o cupom disponível no aplicativo do Natal Shopping. As vagas são limitadas. Ao final dos espetáculos, os personagens ficarão disponíveis para sessão de fotos com as crianças.

A meninada pode também se divertir com brincadeiras como pega vareta, bambolê, amarelinha, cantinho da leitura, jogos de tabuleiro, futebol, elástico, pintura e dança. Todas essas atrações têm acesso livre.

Com essa programação, o projeto ‘Férias no NAT’ encerra sua temporada de janeiro. No entanto, as atrações de férias das operações fixas de lazer do shopping se estendem até 06 de fevereiro. O Puppy Play, localizado no primeiro piso do Natal Shopping, oferece entretenimento para todas as idades com seus brinquedos. Já a Brinkids, localizada no segundo piso, é um lugar onde os pequenos não ficam parados em suas atrações.

Por meio do App do shopping ainda é possível resgatar um cupom de 50% de desconto para curtir as férias na Boo Games. Pelo aplicativo também é possível conseguir cupom para a atração Alaska Neve, que dá acesso a entrada e foto por R$ 24.  

E para quem quer aproveitar o final de semana e curtir um cineminha com a criançada, estão em cartaz no Cinépolis Natal Shopping ‘Frozen 2’, ‘Jumanji: próxima fase’ e ‘Um espião animal’.É só reunir a meninada e cair na diversão.

24

Jan

A partir da próxima semana, os alunos da Maple Bear Natal retomam a rotina dos estudos e aprendizados. A volta às aulas terá surpresas, novidades e a acolhida dos novos estudantes. No dia 27 de janeiro, as aulas recomeçam para os alunos veteranos da educação infantil e para os anos iniciais do ensino fundamental. Eles serão recebidos por toda a equipe pedagógica e terão um momento especial, que ficará registrado para sempre. No dia 03 de fevereiro, os alunos novatos do ensino infantil vão ter a primeira experiência no ambiente escolar.  No dia 11 de fevereiro é a vez das turmas dos 6º e 7º anos iniciarem as aulas.

Durante a primeira semana, os novos alunos do ensino infantil passam por um processo de adaptação. “Eles vão ter um horário progressivo de aula. Começa com uma hora e vai aumentando até o horário total ao fim da semana, para eles irem se acostumando de forma gradativa, com qualidade e tranquilidade. Os pais também participam desse processo”, explicou a diretora pedagógica da Maple Bear Natal, Ana Clara Costa.

Nesta semana, os pais participaram de reuniões com a equipe pedagógica e com os professores. Eles receberam informações sobre a metodologia canadense de ensino, os diferenciais da escola, o sistema de avaliação, expectativas de aprendizagem, conheceram as salas de aula, a rotina de cada série e souberam mais sobre o processo de expansão do ensino fundamental.

24

Jan

A notícia vem do jornalista e blogueiro Robson Pires, direto de Caicó (RN), falando em nome da Ultra e RP Promoções: neste ano não será realizado o Carnaval Privado, conhecido por levar à cidade milhares de foliões de todo o país e grandes atrações nacionais. O grupo divulgou o seguinte comunicado: 

“Por uma questão de logística e dificuldade operacional, o Carnaval Privado que costuma reunir foliões do Brasil inteiro em Caicó (RN) não será realizado neste ano de 2020. 

A ULTRA e RP Produções sentem-se na obrigação de prestar este esclarecimento aos milhares de clientes (foliões) nossos frequentadores a quem temos o maior respeito. 

Entretanto, comunicamos que deveremos retornar com os festejos em temperatura máxima em 2021 para incrementar o turismo da região, gerando emprego e renda para o Município, fato que já acontecerá na Festa de Santana deste ano”.

24

Jan

Jornalistas brasileiros podem se candidatar a bolsas de dez semanas em Nova Iorque, Estados Unidos, para cobrir a 75ª edição da Assembleia Geral das Nações Unidas. Os profissionais devem ter entre 25 e 35 anos de idade, inglês fluente e atuar em rádio, TV, veículo impresso ou internet. As inscrições vão até 6.mar.2020.

Neste ano, o Fundo Dag Hammarskjöld, responsável pelas bolsas, escolherá entre jornalistas nativos da América Latina, Caribe, África e Ásia. Quatro candidatos serão selecionados.  A bolsa inclui passagem aérea de ida e volta para Nova Iorque, acomodação, seguro de saúde e subsídio diário para cobrir alimentação e outras necessidades. O evento tem início em setembro.

Além de comprovar atividade profissional, os candidatos devem apresentar duas cartas de recomendação, autorização do(a) editor(a) do veículo em que trabalha, uma carta de apresentação, duas fotos recentes e uma cópia do passaporte. A documentação deverá ser enviada para a sede do Fundo Dag Hammarskjöld Fund, no estado estadunidense da Pensilvânia.

As bolsas existem há cerca de 50 anos e têm o objetivo de possibilitar que jovens jornalistas de países em desenvolvimento observem as deliberações diplomáticas internacionais nas Nações Unidas e produzam reportagens sobre o evento para seus respectivos países. Dúvidas podem ser enviadas para o e-mail fellowship2020@unjournalismfellowship.org. A lista de documentos necessários para inscrição e o endereço de envio estão disponíveis aqui (em inglês).

Com informações da Abraji

24

Jan

Com o objetivo de reunir, em um só espaço, todos os conteúdos produzidos para rebater informações falsas sobre a Justiça Eleitoral e as eleições, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou a página “Fato ou Boato?”, com foco nas Eleições Municipais de 2020. O site é uma atualização da antiga página “Esclarecimentos sobre Notícias Falsas”, criada no pleito do ano passado.

Além de ter mais recursos que a antiga página, o espaço – disponível no Portal da Justiça Eleitoral – conta também com materiais produzidos pelas instituições parceiras do TSE que aderiram ao Programa de Enfrentamento à Desinformação com Foco nas Eleições 2020.

Por isso, se apareceu uma dúvida sobre informação ou notícia divulgada nas redes acerca do processo eleitoral, acesse o endereço www.justicaeleitoral.jus.br/fato-ou-boato ou, no Portal do TSE, no centro da página inicial, clique no banner “Fato ou Boato?”.

Saiba mais

Com layout mais moderno, no formato onepage (todo conteúdo disposto na mesma página), o espaço está dividido em oito áreas: Passo a Passo, Esclarecimentos, Quiz, Mitos Eleitorais, Agências, Posts, Candidatos e Fake News.

No ícone Passo a Passo, há dicas de como identificar uma informação falsa. Os tópicos foram desenvolvidos pela Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel), uma das parceiras do TSE no Programa de Enfrentamento à Desinformação com Foco nas Eleições 2020. Já na seção Esclarecimentos, foram disponibilizados textos e vídeos produzidos durante as Eleições de 2018 com o objetivo de desmentir conteúdos falsos sobre a Justiça Eleitoral, a urna e o voto.

Há também uma seção criada com o intuito de incentivar o eleitor a conhecer seu candidato. A ideia é orientar o cidadão a pesquisar o passado dos políticos, para verificar se eles têm problemas com a Justiça ou se cumpriram as promessas de campanha, entre outras informações. A página ainda reúne os vídeos da série Fake News e Eleições – lançados entre o primeiro e o segundo turnos de votação do pleito de 2018 – e da série Mitos Eleitorais. Confira a página “Fato ou Boato?”.

24

Jan

O SESI-RN torna público o edital de Credenciamento de Prestadores de Serviços de Educação, nas modalidades: Ensino Fundamental 1, Ensino Fundamental 2, Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos – EJA (que abrange o Ensino Fundamental 1, 2 e Ensino Médio) e Educação Continuada. Os profissionais interessados precisam seguir os requisitos e a documentação necessária presentes no edital. As vagas são para trabalhar em todas as unidades do SESI no estado.

As áreas de atuação são: Psicólogo, Bibliotecário, Secretária Escolar, Supervisor Pedagógico, Professor Polivalente, Professor de Matemática, Professor de Português, Professor de Ciências, Professor de História, Professor de Educação Física, Professor de Artes e outras funções.

As inscrições para o credenciamento são feitas pelo site do SESI-RN. O edital vigorará por 12 meses. Durante esse período, qualquer Pessoa Física pode solicitar seu credenciamento, desde que siga os requisitos apresentados no edital.

24

Jan

Os professores e alunos do Colégio Porto já estão em contagem regressiva para o começo das atividades da mais nova instituição de ensino de Natal, que neste ano contará com turmas das três séries do Ensino Médio e uma das mais preparadas equipes de educadores já reunida no Rio Grande do Norte.

Na próxima segunda, dia 27, o Porto inicia as aulas prometendo um ensino diferenciado com enfoque não somente no aprendizado de alta performance, mas na formação de cada aluno para a vida.

Nos últimos dias, a equipe de professores do Colégio Porto está se reunindo por áreas – na terça foi a de Linguagens, na quarta a de Ciências Humanas, ontem a de Matemática e hoje (24) a de Ciências da Natureza – para alinhar o planejamento e ajustar todos os detalhes para o início das aulas.

Entre seus diferenciais, o Colégio Porto irá oferecer aos alunos o material didático do Sistema Bernouli de Ensino, reconhecido nacionalmente; irá contar com Laboratório de Inteligência de Vida (LIV) e o aprendizado multiplataforma do Google for Education, incluindo a entrega de um Chromebook para uso individual de cada aluno.

Desde segunda passada, o Colégio Porto passou a receber alunos, familiares e interessados em conhecer a nova escola em sua sede, na Avenida Sen. Salgado Filho, ao lado da UnP, com acesso ao estacionamento pela Rua Dr. José Gonçalves, Lagoa Nova. Acompanhe o Colégio Porto nas redes sociais no perfil @colegio.porto.

24

Jan

Esclarecer de forma didática e simples os principais pontos da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, aprovada em Natal no ano passado, que pode facilitar a abertura de um pequeno negócio ou fomentar o desenvolvimento dos já existentes na capital potiguar. Esse é o principal objetivo da cartilha ‘Um Ambiente Empreendedor Construído a Várias Mãos’, elaborada pela Câmara dos Dirigentes Lojistas de Natal (CLD Natal) e parceria com o Sebrae, Prefeitura de Natal e outras órgãos. A publicação será lançada no dia 17 de fevereiro, em solenidade que ocorrerá na sede do Sebrae.

Aprovada no ano passado, a Lei Complementar 185/19 prevê uma série de regras na capital do Estado para reduzir a burocracia para abrir ou fechar empresas, licenciar negócios, entre outras que refletem na redução dos custos operacionais. Por isso, a cartilha traduz com uma linguagem simples os principais tópicos da legislação de forma a conscientizar os empreendedores sobre os seus benefícios.

O material explica quem são os principais beneficiários da lei, como ocorre a desburocratização, trata da licença unificada, esclarece sobre o direito a fiscalização orientadora e não punitiva, as regras para adoção de estacionamento e quantidade de vagas obrigatórias com o chamado Relatório de Impacto de Trânsito Urbano (Ritur). Além disso, explica ainda a obrigação do município de priorizar os pequenos negócios nas aquisições públicas feitas pela prefeitura e órgãos municipais, benefícios no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e o estímulo ao jovem empreendedor.

A cartilha foi apresentada na última quinta-feira (23), durante encontro entre diretoria do Sebrae e CLD juntamente com representante da prefeitura. “Essa cartilha vai ajudar o empreendedor a entender melhor os principais dispositivos previstos na legislação e que pode beneficiar a sua atividade, seja na abertura ou mesmo funcionamento do negócio”, diz o diretor superintendente do Sebrae-RN, José Ferreira de Melo Neto.

Também participaram da reunião o presidente CDL Natal, José Lucena, que destacou a importância da iniciativa para conscientizar os empreendedores acerca dos diretos garantidos pela legislação. “Essa cartilha vai ajudar a quebrar várias barreiras e encurtar o caminho trilhado por quem quer empreender”. A vice-presidente da CLD Natal, Maria Luísa Fontes, também participou da reunião.

O secretário municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Fernando Fernandes, esteve presente e comentou sobre a publicação. “Acho importante essa cartilha porque lei é algo muito árido e muitas vezes o empreender acha que o contador é que deve ter esse conhecimento. A cartilha facilita a compreensão, com as ilustrações, e torna a leitura mais agradável e interativa, esclarece o que ele poderá cobrar com mais veemência da prefeitura”, destacou o secretário.