Comunicação, educação e tecnologia

Fale com a gente pelo e-mail blogdajuliska.news@gmail.com e nos siga no Instagram @blogdajuliska.

14

Dez

Que tal levar as crianças nessas férias escolares para conhecer um pouco da história de Natal, entrar em contato com os primeiros fósseis encontrados no RN e ter uma experiência sensorial explorando um jardim? Tudo isso é possível visitando um único lugar. Essas atividades fazem parte da programação do Museu Câmara Cascudo (MCC) da UFRN e podem ser vistas de forma gratuita.

O passeio pode começar pela exposição Dinossauros da Bacia Potiguar, que apresenta os primeiros fósseis de dinossauros descobertos no estado do Rio Grande do Norte. O primeiro fóssil foi encontrado na Bacia Potiguar, na década de 2000, pela equipe do professor Francisco Pinheiro Lima Filho, do Grupo de Estudos de Análogos a Reservatórios Petrolíferos (GEA) do Departamento de Geologia do Centro de Ciências Exatas e da Terra da UFRN (DGEO/UFRN).

As amostras de ossos e dentes de grandes dinossauros carnívoros e herbívoros, como os da família Abelisauridae, foram cedidas pelo Departamento de Geologia da UFRN para o acervo paleontológico do MCC.

Em seguida, o Museu oferece para os visitantes um mergulho pelos diversos momentos da história da capital potiguar. A exposição HCUrb/UFRN Vibrantes Caminhos: ideias modernas para a cidade do Natal mostra toda essa trajetória por meio de entrevistas, filmagens, imagens, documentos, dados e informações coletadas em diferentes fontes e acervos. No material, constam documentos desde a fundação da cidade, em 1599, ao início da década de 1960.

tour pode continuar com uma visita ao Jardim Sensorial. Localizado no Parque das Ciências, instalado no Parque do Museu Raimundo Teixeira da Rocha do MCC, os visitantes têm a oportunidade de explorar os cinco sentidos humanos: olfato, audição, tato, paladar e visão. A experiência começa com a sequência de plantas que estimulam o olfato, muitas delas medicinais, depois surgem as que estimulam a visão, o paladar, o tato e a audição.

O Museu Câmara Cascudo funciona da terça-feira a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 13h às 17h, e nos sábados, domingos e feriados, das 12h30 às 18h.​  No final do ano, o MCC não funciona nos dias 24 de dezembro, 25 de dezembro, 31 de dezembro e 1º de janeiro de 2020.

13

Dez

O potiguar José Edilson Firmino Silva Júnior, mais conhecido como Júnior Bass Groovador, que ficou famoso nacionalmente após dividir o palco do Rock in Rio 2019 com a banda Tenacious D, do ator Jack Black vai visitar o Hospital Infantil Varela Santiago nesta terça-feira, às 9h, para entregar oficialmente um dos dois contrabaixos usados no palco do festival que será leiloado, ao lado de um violão da cantora Ivete Sangalo e uma guitarra do cantor Durval Lellys, em prol da instituição.

"A ideia partiu da iniciativa de um amigo. A gente quer poder ajudar essa instituição e os pacientes. Quero contar com a presença de todos os norte-riograndenses. Vamos trabalhar, vencer e ajudar quem precisa", falou o artista em entrevista ao G1 após a sua participação no evento. O instrumento fabricado por um luthier, e que tem preço estimado de R$ 6,2 mil, é o vermelho que aparece na imagem nas mãos de Jack Black na foto tirada nos bastidores do Rock in Rio e postada por Groovador em seu perfil no instagram.

13

Dez

A Companhia Potiguar de Gás realizou, em 2019, o maior investimento em ampliação da rede em áreas de saturação dos últimos dez anos. No total, até outubro deste ano, foi aplicado o montante de R$ 4,3 milhões nesse setor, o que já supera os valores aplicados de janeiro a dezembro dos anos anteriores e resulta em infraestrutura para a Grande Natal e Mossoró.

Os investimentos realizados ao longo desse período possibilitaram também o maior acréscimo de rede dos últimos dez anos, totalizando mais de 24 mil metros na malha de gasodutos da Potigás. No total, a Companhia possui quase 450 mil metros de gasodutos espalhados pelas principais ruas e avenidas dos municípios de Natal, Mossoró, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba e Goianinha.

Através da expansão da rede, novos usuários dos quatro segmentos de atuação (comercial, residencial, veicular e industrial) puderam ser interligados aos gasodutos. Em 2019, a Potigás superou em mais de 70% o número de ligações de 2018 e apresentou também um crescimento superior ao registrado nos anos anteriores. Atualmente a empresa conta com mais de 25 mil clientes em todos os segmentos.

“Esse crescimento é uma tendência do mercado tendo em vista que o gás natural canalizado é mais moderno e completo porque consegue congregar atributos importantes como praticidade já que é distribuído 24 horas por dia nos sete dias da semana, economia, segurança porque dispensa o armazenamento e sustentabilidade, pois emite menos poluentes que os demais combustíveis fósseis”, afirma Larissa Dantas Gentile, diretora presidente da Potigás.

13

Dez

Na última sessão do ano da Câmara Municipal de Natal (CMN), realizada na tarde dessa quinta-feira (12), foi aprovado o Projeto de Lei nº 79/2016, de autoria da vereadora Júlia Arruda, que garante prioridade de vaga em creches e escolas do Município para filhos de mulheres vítima de violência doméstica e familiar. A medida tem o objetivo de garantir a continuidade da educação de crianças que vivem nesse contexto e, assim, contribuir para o fim do ciclo de violência contra a mulher.

“Sabemos que quando a mulher precisa deixar seu lar e sai em busca de acolhimento, seja em uma Casa Abrigo ou na residência de familiares, por exemplo, leva consigo seus filhos. E, nesses momentos, um dos maiores desafios é conseguir vagas em creches e escolas para que eles continuem estudando”, explicou a autora do PL e coordenadora da Frente Parlamentar Municipal em Defesa dos Direitos das Mulheres, vereadora Júlia Arruda.

WhatsApp Image 2019-12-12 at 21.41.29.jpeg

A matéria, que tramitava na CMN desde 2016, recebeu recentemente amparo legal da Lei Federal nº 13.882, de outubro deste ano, que assegura a matrícula dos dependentes de vítimas de violência doméstica. “Além de auxiliar no empoderamento da mulher, precisamos garantir que essas crianças, que já vivem em um contexto tão difícil, não sejam também violentadas pelo Estado ao não conseguirem acesso ao direito básico da educação. E esperamos que já esteja em vigor no início do ano letivo de 2020”, concluiu Júlia.

O Projeto de Lei nº 79/2016 foi aprovado por unanimidade e subscrito pelos vereadores Ana Paula, Divaneide Basílio, Eleika Bezerra, Fúlvio Saulo, Maurício Gurgel e Nina Sousa. Segue agora para sanção do prefeito Álvaro Dias.

13

Dez

Tendo a pluralidade musical como um dos seus pilares, o Som Sem Plugs – SSP apresenta ao público a mais nova produção genuinamente potiguar, dessa vez com uma mistura pra lá de cativante que une rap e bossa na canção “Bossa Nossa” com Preto Bronx. O clipe já está disponível no site, YouTube e redes sociais do SSP.

Entre rimas e poesias, o rap do Preto Bronx ecoa pelo Rio Grande do Norte desde 1995 quando ele apresentou suas primeiras composições ao participar de grupos do gênero musical. Com o passar dos anos, o rapper se viu cada vez mais envolvido na música e  com a cultura hip-hop, criando assim, junto a outros rappers, o Agregados FDR.

Em 2000 lançou seu primeiro CD demo com o qual trilhou caminhos fora e dentro do estado com shows em festivais. Em 2005 se desligou do Agregados e formou então o Nordestenato. De lá pra cá, muitas conquistas, prêmios e reconhecimento. Atualmente, Preto Bronx segue com seu mais novo álbum “AlterEgo” do qual faz parte a canção escolhida para a gravação com o Som Sem Plugs. “Estava ansioso por essa parceria. O Som Sem Plugs é um projeto muito importante para o artista potiguar, principalmente para os independentes como eu. Ele leva a nossa musicalidade além do território do estado, ele nos coloca no mundo via internet”, expôs o rapper.

O cenário escolhido para a produção do clipe foi a Praça do Half, localizada no bairro Gramoré, na Zona Norte de Natal. “É muito bom levarmos a nossa música para outros lugares, ser inspiração em nosso bairro e retornar a ele para uma gravação tão especial”, comenta Preto Bronx. Para a ocasião o rapper contou com a participação dos amigos Diego Ventura – pandeiro; Adler Barros – percussão e Thiago Romero – violão. Com a composição Bossa Nossa, Preto Bronx saiu da sua zona de conforto sem perder a essência no rap.

Confira e compartilhe mais a música potiguar. Veja o clipe agora mesmo https://www.youtube.com/watch?v=eNDS-wgjsOs. A produção executiva é de Felipe Campos; direção de cena, de fotografia e filmagem de Júlio Castro; produção e filmagem de Ernani Silveira, Gustavo Guedes e João Augusto; montagem e finalização por Gabriel Maximiano; direção de arte de Fabrício Cavalcante; técnico de som, mixagem e masterização por Jota Marciano e fotografia de Luana Tayze. A temporada 2019 tem o patrocínio da Cosern e Instituto Neoenergia, através da Fundação José Augusto - FJA e a Lei Câmara Cascudo de Incentivo à Cultura do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

13

Dez

Está aberta até 13 de janeiro de 2020 a seleção para candidatos e formação de cadastro de reserva do Núcleo Operacional do Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX) no Rio Grande do Norte. O PEIEX é uma iniciativa da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimento (Apex-Brasil) e, em sua nova fase no estado, será instalado em Natal, Caicó e Mossoró.

O programa qualifica empresas que desejam iniciar a exportação de seus produtos ou serviços. No RN, a Apex-Brasil firmou um convênio com a UnP, integrante da rede Laureate, para que a instituição execute o PEIEX nas três cidades.Serão oferecidas dez vagas distribuídas nas funções de Monitor, Técnico e Apoio e os aprovados atuarão na modalidade bolsista por até 24 meses. As bolsas variam de R$ 950 a R$ 5.920.

Requisitos

Entre os requisitos, estão formação (ou em andamento para o cargo de Apoio) nos Cursos de Comércio Exterior, Administração ou Relações Internacionais. Além disso, são avaliados critérios como experiência profissional, conhecimentos específicos, competências e fluência em idiomas como inglês e espanhol.

Para se candidatar, é necessário enviar uma mensagem para o e-mail peiex@unp.br contendo os seguintes documentos em PDF: Curriculum Vitae, com as devidas comprovações de tempo mínimo de experiência profissional; e cópias do RG e do CPF; do comprovante de residência; do diploma de graduação, quando for o caso; do diploma de mestrado, quando for o caso; do certificado de especialização, quando for o caso; e da  da declaração de matrícula e histórico do curso de Graduação e/ou Pós-graduação (para candidatos a Apoio Técnico).

O edital com todos os detalhes do processo seletivo pode ser conferido clicando aqui. Outras informações podem ser obtidas através do peiex@unp.br.

13

Dez

Criar modelos de negócio com o objetivo de resolver problemas com o auxílio da programação e da robótica. Esse foi o desafio abraçado pelos estudantes da Roboeduc para apresentação dos projetos desenvolvidos ao longo do semestre e que serão apresentados na 18ª edição da Mostra de Robótica. O evento acontecerá no próximo sábado (14), das 9h às 11h30, no Complexo Tecnológico da Roboeduc, em Nova Descoberta.

A Mostra de Robótica é a finalização do semestre de atividades na Roboeduc, que é a primeira escola de programação e robótica do país. O diretor executivo do Complexo Tecnológico , Cássio Leandro, explica o objetivo do tema. “Grandes sonhos começam em pequenas ideias. Provocamos essa temática com o intuito de incentivar cada vez mais interesse das nossas crianças pelo conhecimento científico, inovador e tecnológico”, explica. 

Para Cássio Leandro, a Mostra é uma oportunidade de fomentar novas ideias. “O empreendedorismo de soluções para problemáticas do dia a dia está em crescimento no cenário econômico mundial. Instigar isso desde cedo nos nossos alunos, possibilitará a inserção deles nesse novo universo de possibilidades”, comenta o diretor da Roboeduc.

Durante o evento, os familiares e visitantes poderão fazer um investimento fictício que servirá de incentivo aos pequenos expositores. A visitação é gratuita e aberta ao público em geral.

13

Dez

Depois da última avaliação do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE/2018), com quatro cursos considerados excelentes e com nota máxima (5), a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) conquistou mais um excelente resultado. Desta vez, a UERN melhorou seu desempenho no Índice Geral de Cursos (IGC), aumentando sua nota de 2,67 (2017) para 2,89 (2018), na modalidade contínua, mantendo-se no IGC 3. A evolução aproxima a UERN do IGC 4, atribuído a instituições consideradas ótimas e com notas contínuas a partir de 2,95. Uma distância de apenas 0,06.

Os dados do IGC 2018 foram divulgados nesta quinta-feira (12) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Os indicadores são produzidos a partir dos resultados do ENADE 2018, aplicado em 2.052 universidades, institutos federais, faculdades e centros universitários. No total, 8.520 cursos de bacharelado e superiores de tecnologia foram avaliados em todo o País.

Compõem o cálculo do IGC a média das notas do Conceito Preliminar de Curso (CPC) do último triênio do ENADE (2016,2017,2018), mais a média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto-sensu atribuídos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), e a distribuição dos estudantes nos cursos de graduação e pós-graduação.

Entre os 18 cursos da UERN que foram avaliados, 17 obtiveram notas 3, 4 e 5 no CPC, atestando a melhoria de desempenho da Instituição. Em relação à última nota obtida, em 2015, os 17 cursos melhoraram seus resultados.

13

Dez

Combustível Nota Dez, esse é o nome da nova ferramenta criada pela UFRN para ajudar o cidadão do Rio Grande do Norte a abastecer com segurança. Por meio desse aplicativo gratuito, o consumidor saberá quais postos mais próximos de sua localização foram atestados com combustíveis de qualidade. A adesão ao projeto é voluntária por parte dos empresários que submetem suas empresas a duas testagens surpresas a cada mês. Apenas os postos com todos os combustíveis aprovados ficam visíveis no aplicativo.

A proposta dos pesquisadores Valter Fernandes e Antônio Araújo, ambos do Laboratório de Combustíveis e Lubrificantes (LCL), do Instituto de Química da UFRN, começou a funcionar recentemente, mas já tem ao menos sete postos cadastrados em Natal, Macaíba, Ceará-Mirim e São José do Mipibu. Como é novidade, a expectativa é que esse número cresça nas próximas semanas.

Desde o ano 2000, o LCL é o único do RN e Paraíba credenciado pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) para realizar a testagem de combustíveis para o Programa de Monitoramento da Qualidade dos Combustíveis e Lubrificantes do governo federal. Por sua qualidade internacional, o LCL está concorrendo à certificação ISO 17025, que atesta os requisitos gerais para competência de laboratórios de ensaio e calibração. Além disso, está atrelado aos programas de pós-graduação da UFRN, contribuindo para a formação de profissionais, mestres e doutores que atuam na área de petróleo.

Para Antônio Sales, empresário do ramo de combustíveis e presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do RN (Sindipostos/RN), o Combustível Nota Dez oferece benéfico para todos. “Tanto para o empresário, que pode mostrar ao consumidor que seu produto é de qualidade, como para o consumidor, que tem a certeza de estar abastecendo em um posto de combustível legal, bem como para a sociedade em geral, porque quando vendemos combustível sem adulteração não interferimos na arrecadação do estado”, afirma.

13

Dez

Os sinais mais evidentes da recuperação econômica começam a refletir nos índices de inadimplência do consumidor, ainda que de forma moderada. Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostram que o número de brasileiros com contas em atraso e registrados em cadastros de inadimplentes recuou -0,27% no último mês de novembro na comparação com o mesmo período de 2018.

Embora a inadimplência do consumidor venha em trajetória de desaceleração, ou seja, crescendo a patamares menores desde o final de 2018, é a primeira vez em mais de dois anos que o indicador apresenta um recuo. A última queda havia sido observada em setembro de 2017, quando o número de consumidores inadimplentes diminuiu em -0,88%.

Na avaliação do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, a recuperação econômica do país, mesmo que tímida, tem contribuído para a queda da inadimplência. “Com a retomada do ambiente econômico acontecendo de forma lenta, houve uma demora considerável para observarmos a primeira queda no número de inadimplentes. Além do fator conjuntural, o dado coincide com acontecimentos extraordinários, como a liberação dos recursos do FGTS e a realização de diversos feirões de renegociação de dívidas, que impulsionaram a recuperação de crédito no mercado”, afirma o Pellizzaro Junior.

Inadimplência recua em três faixas etárias, mas cresce entre mais velhos; dívidas caem 4%
A abertura por idade mostra que, em novembro, a inadimplência recuou em três faixas etárias: queda de -21,6% entre os jovens de 18 a 24 anos; queda de -11,0% entre que têm de 25 a 29 anos e retração de -3,2% considerando as pessoas de 30 a 39 anos. Já entre a faixa de 40 a 49 anos houve uma estabilidade (0,7%). Nas demais faixas houve alta, como o avanço de 1,6% entre 50 e 64 anos e o crescimento de 3,8% considerando os idosos de 65 anos ou mais.

Fonte: CNDL, disponível em: https://site.cndl.org.br/com-recuo-de-027-inadimplencia-do-consumidor-tem-primeira-queda-apos-dois-anos-mostram-cndlspc-brasil/