Comunicação, educação e tecnologia

Fale com a gente pelo e-mail blogdajuliska.news@gmail.com e nos siga no Instagram @blogdajuliska.

17

Out

O Centro Universitário UNI-RN, localizado na rua prefeita Eliane Barros, no bairro de Tirol, por trás da Escola Doméstica, é ponto de coleta de lixo eletrônico, no período de 18 a 24 de outubro. A campanha de coleta de resíduos eletrônicos faz parte das atividades da Semana Lixo Zero em Natal, que conta com o apoio e a parceria do UNI-RN.  Podem ser descartados computadores e monitores sem uso, pilhas, baterias, celulares, cabos, carregadores, fones de ouvido, entre outros equipamentos sem uso ou danificados.

17

Out

De acordo com dados divulgados pelo IBGE, 142,8 milhões de brasileiros consultam médicos anualmente. Segundo informações de relatórios produzidos por empresas privadas de saúde, 80% das consultas em prontos-socorros poderiam ser realizadas no ambiente domiciliar. Para atender a esse número crescente, Natal ganha um aplicativo de saúde que oferece atendimento domiciliar com médicos especializados. Agora em outubro, mês que se comemora o Dia do Médico, o Doctor In traz um conceito inédito para o segmento da saúde no Rio Grande do Norte. A startup, genuinamente potiguar, foi inspirada em plataformas já consagradas em cidades como: Curitiba, Belo Horizonte, São Paulo, Porto Alegre, Salvador e Rio de Janeiro.

Segundo João Braz, um dos idealizadores, o sistema resgata os primórdios da medicina humanizada, quando a família tinha o médico que a visitava em casa. E hoje isso será novamente possível, por meio dos avanços tecnológicos. “A nossa ideia é proporcionar um atendimento médico humanizado, aliado a um atendimento de excelência com a comodidade de não precisar sair de casa nem enfrentar as longas horas de espera”, ressalta Braz e destaca que o serviço é um atendimento médico e multidisciplinar domiciliar diferenciado, formado por profissionais de diversas especialidades.

O projeto inovador está disponível para download tanto na Play Store para os modelos androids, como na Apple Store para os IOS. Os idealizadores do aplicativo seguem rígidos padrões para análise do médico que queira atuar na plataforma, seguindo as recomendações do Conselho Regional de Medicina e das Sociedades de Especialidades. “Nós esperamos atender as expectativas de um público que busca um atendimento médico extremamente profissional, rápido e humanizado”, reforça Igor Ercolin, CEO do Doctor In.

Dayse Cascudo, uma das sócias do aplicativo, ressalta que um dos grandes diferenciais do Doctor In é poder evitar que o paciente seja exposto a ambientes de alta contaminação, isso sem contar, o conforto e a segurança no momento da consulta de poder estar no aconchego da sua casa. Os profissionais que tiverem interesse em atuar no aplicativo podem acessar o site www.doctorin.com.br e preencher um formulário, apresentar os documentos solicitados e aguardar a análise da equipe do Doctor In.

17

Out

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, através da Escola da Assembleia, está aproveitando os sete dias da Festa do Boi - a mais tradicional festa agropecuária do Estado, para apresentar as atividades educacionais desenvolvidas pela instituição, como o Conexão ENEM, Conexão Cidadã e Conexão Parlamento, além dos Cursos Livres e Pós - Graduações, oferecidos gratuitamente pela instituição.

"Levar a Escola da Assembleia para a Festa do Boi foi mais uma iniciativa do presidente Ezequiel Ferreira como forma de popularizar as ações da Escola. A Escola contribui há 10 anos com a educação e à qualificação profissional de servidores e potiguares em geral. Nesse sentido, nos sentimos muito lisonjeados em poder participar no stand da Assembleia Legislativa divulgando nossas ações, nossos projetos, nossos cursos e também nosso aplicativo que facilita o acesso a informações sobre cursos", explica o diretor da Escola da Assembleia, o professor João Maria de Lima.

Além da Escola, todos os projetos da Casa, como Assembleia e Você, Coordenadoria de Políticas Públicas e Memorial do Legislativo também estão expondo importantes atividades da área. A Festa do Boi está na 57ª edição da Exposição de Máquinas e Implementos Agrícolas do RN, segue até o dia 19 de outubro e espera movimentar cerca de 60 milhões em negócios.

17

Out

O rádio é conteúdo que informa e emociona, eterniza momentos e vira referência na vida das pessoas. Para passar uma lupa nas características dos ouvintes e entender com profundidade como se dá o consumo e o comportamento nesse meio, a Kantar IBOPE Media apresenta o Inside Radio 2019. De acordo com o estudo deste ano, o meio alcança 83% dos brasileiros (nas 13 regiões metropolitanas onde há aferição) e o consumo de horas por dia é de 4h33 em média.

Para Melissa Vogel, CEO da Kantar IBOPE Media no Brasil, o estudo reforça a relevância do rádio enquanto mídia, assim como o impacto do meio na vida das pessoas: “O áudio é uma das primeiras coisas que experimentamos na vida, quando ainda estamos no ventre de nossas mães. Em um mundo cada vez mais tecnológico e influenciado por algoritmos, o áudio mantém a capacidade de nos humanizar e é importante entender isso para explorá-lo e valorizá-lo. E é no áudio que o rádio vive e se recria todos os dias”, comenta a executiva.

A influência do digital

O ser humano cada vez mais conectado impacta também em como o conteúdo de rádio é consumido. Por isso, a abrangência do meio chega aos mais diferentes devices. A maioria (84%) ainda escuta o rádio pelo aparelho comum, enquanto 20% afirmam ouvir pelo celular, 4% por meio de outros equipamentos e 3% pelo computador.

Essa divisão é facilmente compreendida quando olhamos os lugares nos quais o meio é consumido: 70% dos ouvintes declararam escutar rádio enquanto estão em casa e 41% fora do domicilio (carro, trabalho, em trajetos ou em outros locais).

Rádio para todas as idades, o tempo todo

Enquanto 83% das pessoas escutam o meio, a média entre os mais jovens é maior do que entre os mais velhos. O destaque está entre aqueles que têm entre 20 e 49 anos, faixa etária que corresponde a 86% entre os que declararam escutar rádio nos últimos 30 dias.

Outro dado interessante é que o consumo de rádio acontece o tempo todo, o dia inteiro. O volume de ouvintes é bastante equalizado ao longo das 24 horas do dia, ou seja, no rádio, o prime time é o dia todo.

Programação: conteúdo que informa, engaja e emociona

A programação encontrada no rádio é bastante diversa e, até por isso, agrada a grande maioria das pessoas. Mas entre todos os conteúdos disponíveis, três chamam a atenção por serem os mais procurados pelos ouvintes: música, notícias e esportes.

Para 62% dos ouvintes, a música constitui parte importante de suas vidas. Prova disso é que 93% afirmaram terem ouvido música no rádio nos últimos 30 dias. Entre os gêneros mais executados no primeiro semestre de 2019 estão Sertanejo, Pop Internacional, Pop Nacional, Pagode e Gospel.

Já a notícia é o conteúdo buscado para 70% dos ouvintes, divididos em noticiários locais (93%), noticiários nacionais (82%) e notícias de trânsito (62%). Já 80% dos ouvintes de esportes afirmaram acompanhar transmissões esportivas ao vivo enquanto 62% escutam notícias e comentários esportivos.

Marcas apostam no rádio: Mais de 7300 anunciantes, distribuídos entre mais de 8900 marcas, investiram em publicidade no rádio no primeiro semestre de 2019. Desses, 3686 anunciantes são exclusivos, ou seja, que veiculam publicidade somente no rádio. Se levarmos em conta as marcas exclusivas, esse número chega a 4753. Foram 3541 novos anunciantes no meio no primeiro semestre de 2019 (que não haviam feito publicidade no primeiro semestre de 2018 em rádio). Para novas marcas, esse número chega a 5207.

Em um meio plural, é normal que marcas dos mais diferentes setores busquem o rádio como principal meio de comunicação com seu público-alvo. Entre eles, podemos destacar Serviços ao Consumidor, Comércio, Cultura/Lazer/Esporte//Turismo, que, juntos, concentram quase dois terços do investimento (64%). Já entre as categorias anunciantes nas praças monitoradas, destacam-se Super Hipermercados Atacadistas, Ensino Escolar Universitário e Serviços de Saúde. Para acessar o estudo completo, clique aqui.

Fonte e Fotos: Kantar Ibope, disponível em: https://www.kantaribopemedia.com/radio-alcanca-83-dos-brasileiros-e-e-mais-popular-entre-os-jovens/

17

Out

“Não dá para pensar a prática docente e a sala de aula sem se preocupar com o aluno, sem se colocar no lugar deste aluno”. É assim que a professora Edkalb Mariz responde ao ser questionada sobre a sua prática escolar em ensinar e reforçar com os alunos a importância dos direitos humanos. Baseada em uma política de empatia em sala de aula, a professora de história há 7 anos prepara os estudantes da rede estadual à serem, não apenas destacados profissionais e acadêmicos, como também, em se tornarem bons cidadãos. 

Professora da rede estadual de ensino desde 2012, atualmente leciona no Centro de Educação de Jovens e Adultos Senador Guerra, em Caicó, Seridó do Rio Grande do Norte. A docente explica para os estudantes as noções básicas sobre direitos humanos, com foco no combate ao racismo.  Pensando em identificar as raízes do racismo no Brasil e como ele se propaga na sociedade, a professora desenvolveu o projeto “Café com história - Um diálogo entre a história e a literatura: existe racismo no Brasil?”, que explorou de obras literárias até debates em que os estudantes expuseram as suas ideias e conclusões sobre a existência do preconceito racial na sociedade brasileira.

O resultado da atividade repercutiu de maneira tão positiva que os estudantes assumiram o protagonismo do processo de aprendizagem e levaram, até o público externo, o conhecimento construído por eles. “Assim, os alunos por meio de um Café com História, tiveram a oportunidade de conduzir as apresentações de seus trabalhos e desconstruir preconceitos e interpretações sobre o homem e a mulher negra, na História do Brasil, desde o processo de colonização aos dias de hoje”, explica Edkalb. A atividade realizada pela professora permitiu a aceitação e empoderamento feminino da juventude negra.  “Vejo que por meio dessa discussão sobre racismo, a qual venho sempre trazendo para meu campo de trabalho, muitas alunas negras passaram a se ver, aceitar e se empoderar”, comenta a professora ao relembrar do feedback recebido desses alunos. 

17

Out

Uma ferramenta desenvolvida pelo Banco do Brasil (BB) a pedido do Ministério da Educação pretende tornar mais transparente e rápida a compra de merenda por escolas públicas por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). A instituição financeira lançou o Cartão PNAE, para que as Secretarias de Educação dos estados e dos municípios adquiram merenda escolar via cartão de pagamentos.

A tecnologia começou a ser testada pela Secretaria de Educação da Bahia, que contratou 1.010 cartões, e pela prefeitura de Goiânia, que recebeu 390 cartões. Segundo o Banco do Brasil, o uso dos cartões será implementado em todo o país.

Gerido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o PNAE oferece merendas escolares e ações de educação alimentar e nutricional a estudantes de todas as etapas da educação básica pública. O programa gasta cerca de R$ 4 bilhões por ano na compra direta de comida para merenda escolar.

O cartão será usado exclusivamente na modalidade de compras em contas de relacionamento abertas pelo FNDE apenas por representantes das secretarias e das escolas cadastrados. Haverá um limite de uso para cada cartão.

Segundo o BB, a movimentação 100% eletrônica melhora a gestão dos recursos públicos. Além de garantir mais transparência nas movimentações, o cartão facilita o processo de prestação de contas.

Fonte: Agência Brasil

17

Out

O Departamento de Línguas e Literaturas Estrangeiras Modernas (DLLEM) oferece nesta sexta-feira, 18 de outubro, mais uma edição da mostra cinematográfica Ciné-Club Lumière. A sessão, baseada no filme Le goût des merveilles (2015), será realizada das 13h30 às 18h, no Auditório 2 do Instituto Ágora.

Ciné-Club Lumière é uma atividade voltada à promoção da língua francesa e à divulgação da cultura francófona, a partir de produções cinematográficas (filmes, documentários e animações). O projeto visa tanto a aprimorar o conhecimento da língua entre os alunos do curso de Letras-Francês quanto oportunizar uma reflexão aberta à sociedade natalense sobre a diversidade e as referências culturais próprias de países francófonos.

A sessão irá transmitir o longa Le goût des merveilles (2015), um filme que retrata a vida de uma viúva que após quase atropelar um estranho descobre que ele é portador de doença mental. A projeção será seguida de um debate em torno das principais questões temáticas que a obra levanta, além de um coffee break.

A programação segue em novembro com a exibição do filme 120 battements de coeur par minute (2017), no dia 12, das 14h às 18h, também no Instituto Ágora. A última sessão do semestre será no dia 6 de dezembro, no mesmo local e horário, mas o filme a ser exibido ainda não foi definido.

A escolha vai considerar as demandas do público e as discussões que foram desenvolvidas ao longo dos debates das sessões anteriores. As inscrições são gratuitas e realizadas por meio do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa). O público-alvo são os discentes do curso de Letras-Francês.

17

Out

Faltam menos de 10 dias para o encerramento das inscrições no VII Prêmio de Jornalismo promovido pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN). O período para a submissão dos trabalhos jornalísticos sobre a atuação ministerial veiculados a partir de novembro de 2018 termina no dia 25 de outubro e sem possibilidade de prorrogação.

Para se inscrever, o interessado precisa preencher um formulário impresso (no qual deverão constar dados e documentos exigidos no edital do certame) e entregá-lo junto com o material jornalístico ao Setor de Protocolo da PGJ ou enviado pelos Correios. O setor funciona das 8h às 17h (de segunda a quinta-feira) e das 8h às 14h (sexta-feira). O edital do concurso pode ser adquirido na sede do MPRN ou no endereço eletrônico www.mprn.mp.br. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail dcom@mprn.mp.br.

Como nas edições anteriores, o VII Prêmio de Jornalismo do MPRN oportuniza os profissionais da área a participarem em cinco categorias: Jornalismo Impresso, Webjornalismo, Radiojornalismo, Telejornalismo e Fotojornalismo. Em cada categoria, o primeiro lugar receber R$ 3.500, o segundo, R$ 2.500 e o terceiro, R$ 1.500.

Os estudantes de Comunicação, por sua vez, têm a chance de concorrer na categoria Destaque Acadêmico. Nesse caso, não há premiação em dinheiro, podendo ocorrer uma classificação por colocação em primeiro, segundo ou terceiro lugar, ou mesmo uma Menção Honrosa.  Os prêmios serão entregues em cerimônia prevista preferencialmente para a semana do dia 14 de dezembro de 2019, data em que se comemora o Dia Nacional do Ministério Público, podendo esta data sofrer alterações em virtude de necessidade e conveniência da instituição.

17

Out

Feminismo, resgate histórico, educação, luta, esquecimento, busca, encontro. Esses são alguns dos pontos de partida da obra “#NísiaFlorestaPresente, uma brasileira ilustre”, de autoria da escritora e pesquisadora Constância Lima Duarte. O livro será lançado em Natal no dia 4 de novembro, no foyer do Teatro Riachuelo, às 19h.

“#NísiaFlorestaPresente: uma brasileira ilustre” é uma obra biográfica que segue a cronologia dos passos da personagem principal e começa falando da importância de se conhecer Nísia Floresta. “Ela já estava entrando no processo de memoricídio, corríamos o risco de em breve mal sabermos o básico sobre ela. Aqui destaco que um dos agravantes é que especialmente a história das mulheres foi apagada, foi delegada ao esquecimento. Não sabemos quem foram as mulheres pioneiras no Brasil. A história das mulheres ficou no limbo”, alerta Constância.

O lançamento da obra é a culminância do projeto “Nísia Floresta: uma mulher à frente do seu tempo”, produzido por Mariana Hardi e viabilizado por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura Djalma Maranhão da Prefeitura do Natal, com patrocínio do cemitério e crematório Morada da Paz. Além do lançamento em Natal, haverá uma divulgação dentro da programação do II Festival Literário de Nísia Floresta no dia 31 de outubro, às 14h, onde Constância fará uma fala. 

O projeto contempla não só a produção do livro como também a distribuição gratuita e consciente dos exemplares, que serão entregues gratuitamente nos eventos de lançamento e para escolas públicas, bibliotecas e outras entidades. Outro detalhe é que a iniciativa conta com uma equipe composta quase que totalmente por mulheres: coordenação de produção por Mariana Hardi; escritora Constância Lima Duarte, revisora Andreia Braz; projeto gráfico e diagramação por Amanda Duarte e Milla Azevedo; assistente de produção Luiza Oest; assessoria de imprensa por Marina Lino e Mariana Pinto; fotografia por Larissa Marinho; vídeo por Luana Tayse; assistente administrativa Jeane Ataíde; entre muitas outras.

17

Out

Areia, brisa, praia e uma tela de cinema gigante. A Mostra de Cinema de Gostoso vai, mais uma vez, movimentar culturalmente a cidade de São Miguel do Gostoso-RN. O evento tem início no dia 08 de novembro e segue até o dia 12. O palco principal da 6ª edição da mostra é a sala ao ar livre, montada na Praia do Maceió, onde acontecem as sessões da Mostra Competitiva. Com 600 cadeiras espreguiçadeiras, tela de 12m x 6,5m, projeção com resolução 2K e som 5.1, a sala oferece uma experiência imersiva como a de um cinema de alta tecnologia. São mais de 2 mil pessoas por noite. Todas as cadeiras e parte da faixa de areia ficam ocupadas pelo público. Além disso, o público tem a disposição uma área de convivência montada antes do acesso à sala, com praça de alimentação e espaço para comerciantes locais.

Os filmes da Mostra Competitiva concorrem ao Troféu Luís da Câmara Cascudo, concedido pelo voto popular ao melhor curta e longa-metragem. Também será concedido o Prêmio da Imprensa, a partir da votação de jornalistas e críticos de cinema presentes na Mostra. Os filmes da Mostra Competitiva concorrem também aos prêmios de finalização das empresas Mistika e DOT Cine; aos prêmios de recursos de acessibilidade das empresas ETC Filmes e Video Shack e de aquisição da distribuidora Elo Company.

O evento também promove debates com produtores, diretores e atores dos filmes exibidos e, um seminário sobre o mercado audiovisual. Inclusive, neste ano, a Mostra de Cinema de Gostoso, em parceria com o BrLab, criou a 1ª edição do Gostoso Lab, laboratório para projetos de longa-metragem em fase de desenvolvimento, voltado aos realizadores do Rio Grande do Norte. O Gostoso Lab foi criado com o intuito de dinamizar a produção audiovisual do estado, buscando aproximá-la de novos colaboradores que darão suporte para o enriquecimento do processo criativo de novos projetos. Toda a programação é gratuita. A lista de filmes selecionados está disponível em www.mostradecinemadegostoso.com.br/