Publicidade e Propaganda

3

Jan

Publicidade e Propaganda

Estudo global mostra tendências digitais mais relevantes para estratégias de marketing e experiência ao consumidor

A Adobe lançou, nos últimos dias, em parceria com a Econsultancy, o relatório Digital Trends 2019, que analisa as tendências digitais mais relevantes para estratégias de marketing e customer experience em todo o mundo. O estudo entrevistou mais de 12815 profissionais de marketing, publicidade, e-commerce, e TI em diversas empresas globais.

Entre os dados mais relevantes da pesquisa, apenas 1 em 10 empresas se considera “muito avançada” na questão de CX, o que representa um aumento de apenas 2% em relação a 2015. A maioria das empresas (44%) se considera pouco avançada, sem estratégias consolidadas. Ainda assim, metade dos entrevistados afirma que sua empresa planeja aumentar gastos com tecnologia de CX em 2020.

Para Gabriela Viana, diretora de marketing da Adobe para a América Latina, entre os apontamentos mais importante está o que indica que as empresas muito avançadas em experiência do cliente têm três vezes mais chance de ter superado seu principal objetivo empresarial na comparação com 2018. “Costumamos sempre ter em mente uma frase do nosso CEO, Shantanu Narayen, de que ‘as pessoas não compram mais produtos, elas compras experiências’, por isso, oferecer mais do que um bom produto é essencial”, afirmou.

Parte essencial de fortalecer a customer experience é compreender as jornadas realizadas por cada cliente e como aperfeiçoá-las. Imergindo nessa questão, a pesquisa aponta que a principal prioridade digital das grandes organizações (com lucro maior que US$195m) é a “gestão da jornada do cliente” (33%), a segunda é “direcionamento e personalização” (28%). “Sabemos que o volume de dados gerados e capturados nos canais de interação com consumidores aumenta exponencialmente, e as marcas estão se beneficiando disto para conhecer melhor os seus clientes e oferecer respostas mais assertivas e relevantes a eles”, analisa Gabriela.

Por fim, outro dado interessante é que 37% das grandes companhias consideram “fornecimento de experiências personalizadas em tempo real” como a perspectiva mais empolgante dos próximos três anos. Em segundo lugar, com 22%, fica “utilização de inteligência artificial/bots para impulsionar campanhas e experiências” e, em terceiro, “Internet das Coisas (IoT)/dispositivos conectados”, com 12%. “Hoje conseguimos saber qual produto o consumidor buscou, o melhor horário e canal para contatá-lo e dar todo o suporte para que a conclusão de uma primeira compra já seja o início da próxima com experiências positivas”, finaliza a diretora de marketing da Adobe.

Fonte: Meio & Mensagem, disponível em: https://www.meioemensagem.com.br/home/marketing/2020/01/02/o-mercado-esta-maduro-no-quesito-experiencia-ao-cliente.html

27

Dez

Publicidade e Propaganda

Jogos online e podcasts estão no topo da agenda da publicidade digital para 2020, diz estudo

Privacidade e segurança da marca em um mundo programático, desaceleração no crescimento das mídias sociais e o potencial da publicidade em jogos on-line e podcasts. Essas são as principais tendências para a mídia em 2020 apontadas pela análise final deste ano dos relatórios da pesquisa continuada Global Advertising Trends, da WARC Data.

A maior parte dos profissionais de marketing consultados pelo estudo afirma que “mudar o sentimento do consumidor” em relação ao uso de dados é hoje um tópico decisivo. Pesquisas mostram que muitos consumidores tomaram medidas para limitar sua presença on-line devido a preocupações com o uso indevido de dados, com 44% reduzindo a quantidade informações que compartilham e mais de um quarto (27%) fazendo uso de um bloqueador de anúncios.

A maioria dos entrevistados afirma que suas organizações implantaram medidas para melhorar a privacidade de dados, mas 14% afirmam não possuir uma estratégia de proteção de informações. Um problema contínuo é como esses dados são usados na comercialização de anúncios, principalmente na publicidade programática – 50% dos profissionais concordam que a tecnologia de anúncios ainda não atingiu seu potencial. A privacidade continuará na agenda do mercado dos Estados Unidos em 2020, muito por causa da Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia (CCPA).

Um em cada cinco profissionais de marketing, diz o estudo, pretende reduzir os gastos no Facebook em 2020, com Twitter e Snap também enfrentando a perspectiva de um crescimento discreto da receita. A tendência ocorre em um momento de elevado índice de desconfiança nas mídias sociais, seguido de pressão por maior regulamentação das empresas de tecnologia. Os níveis mais altos de desconfiança são registrados na Grã-Bretanha (83%), Suécia (81%) e França (79%). Os Estados Unidos estão em sétimo lugar com 70%. Espera-se que o gasto com anúncios na internet, excluindo Google e Facebook, tenha diminuído pelo segundo ano consecutivo em 2019.

Jogos on-line e podcasts podem ser as grandes estrelas de 2020, afirma o estudo. Quase um em cada quatro adultos assistiu a uma transmissão ao vivo de jogos em novembro, e isso aumenta para quase um em cada três entre as idades de 16 a 24 anos. O YouTube, do Google, e o Twitch, pertencente à Amazon, dominam as transmissões ao vivo, que se apresentam como oportunidade para anunciantes que buscam alcançar jovens públicos.

A publicidade em podcast ainda não deslanchou, mas os investimentos das marcas devem dobrar para US$ 1,6 bilhão até 2022. Os anunciantes, segundo a pesquisa, estão atentos ao alto nível de engajamento dos ouvintes de podcasts: 17% são "muito mais propensos" a considerar uma marca depois de ouvir seu anúncio durante um podcast, enquanto 37% têm "um pouco mais de probabilidade".

Fonte: ANJ, disponível em: https://www.anj.org.br/site/cartilha/73-jornal-anj-online/25166-seguranca-da-marca-jogos-on-line-e-podcasts-estao-no-topo-da-agenda-da-publicidade-digital-para-2020-diz-estudo.html

11

Dez

Publicidade e Propaganda

Mudança de comando no Sinapro/RN e potiguar assume diretoria da Fenapro

Foi realizada neste quarta-feira (10), em São Paulo, a última reunião do ano e também posse da nova diretoria da Federação Nacional das Agências de Propaganda - FENAPRO. O encontro aconteceu no escritório da Apple em São Paulo. Foram discutidas várias pautas do sistema Fenapro/Sinapro para o ano de 2020 em defesa do mercado publicitário.

Participaram do encontro Daniel Queiroz, novo presidente da Fenapro para a gestão dos próximos 3 anos; o publicitário Odemar Neto, novo presidente do Sinapro/RN e ainda o publicitário João Daniel Vale, que deixa a presidência do Sinapro no Rio Grande do Norte e assume como membro da diretoria da Fenapro.

 

2

Dez

Publicidade e Propaganda

Sinapro/RN e Buzz Mídia comemoram sucesso de happy hour do mercado publicitário

Foi bombado o primeiro Rolé das Agências de Publicidade de Natal, que aconteceu na quinta-feira (28) à noite, no bairro de Petrópolis, na capital. Estudantes, publicitários, representantes de veículos de comunicação e fornecedores se reuniram de forma descontraída - com música, comida e bebida gelada - para trocar uma ideia sobre a propaganda.

“O primeiro Rolé das Agências foi um formato piloto que já se mostrou com grande potencial. O nosso mercado publicitário, como um todo, reúne muita gente boa, empresas sérias, talentos, mas que precisa se encontrar mais, fazer networking, trocar boas ideias. Foi isso que fizemos e que senti na noite de ontem. É missão do Sinapro promover esse tipo de encontro e esperamos fazer mais em 2020.”, disse João Daniel Vale, presidente do Sinapro/RN.

O Sindicato das Agências de Propaganda do RN promoveu o encontro com a Buzz Mídia e contou com parceiros, como a InterTV Cabugi, TV Ponta Negra, Rádio Cidade (94 FM), Natal Press Comunicação Visual, Helisom Som e Luz, Mídia Digital RN e SBS Outdoor.

A resenha contou com a presença de PC Bernardes, que nos últimos três anos respondeu pelo desenvolvimento de soluções comerciais no conteúdo da Rede Globo e teve passagens pelas agências de publicidade Africa Rio e DM9. Ele bateu um papo com a galera e com a gente também. Abaixo, confira uma pequena entrevista com PC sobre o modelo de negócio da propaganda e as mudanças no mercado da comunicação.

O que o pessoal das agências do Rio Grande do Norte pode esperar desse bate-papo com você?

Em primeiro lugar, eu queria parabenizar pelo fato da gente estar se encontrando, né? Que é uma coisa que as pessoas estão fazendo cada vez menos. Acho que essa iniciativa do Sinapro, essa iniciativa da InterTV, com os parceiros, de juntar essas pessoas pra conversar sobre o mercado, realidade, dificuldades e tal...acho que eles podem esperar, assim, algumas ideias malucas e perguntas, por que eu acho que a gente precisa olhar o nosso modelo de negócio.

Chegou a hora de mudar esse modelo de negócio que as agências praticam?

Eu acredito que sim. O que eu acho só é que como a gente já percebeu que há necessidade de mudança, tem que tomar muito cuidado para gente não confundir inovação com novidade. Inovação é uma mudança sólida para alguma coisa. Então, assim: “Ah, precisa mudar o modelo de negócio da publicidade como ele é”. Eu acredito que ele precisa evoluir, não é necessariamente mudar. Ele já não é, na prática, o que ele sempre foi, mas qual é o que vai botar no lugar? Já sabemos? Não! Então, calma. Eu acho às vezes as pessoas um pouco apavoradas.” Ah, estamos em fase de mudança”. Fase de mudança significa muitos encontros como esse, conversar como a que a gente tá tendo aqui hoje pra avaliar, pensar, arriscar, sugerir.

Essas mudanças estão sendo positivas, do seu ponto de vista?

Olha, eu vou ficar com o conselho da minha mãe. Toda mudança será para melhor se você der um jeito de que ela seja. E algumas mudanças são planejadas, outras não. Então, algumas coisas da realidade de mercado, por exemplo, comportamento do consumidor, que mudou muito nos últimos 20 anos, isso não foi planejado por agência, por veículos nem nada. Agora, é o que temos. Temos um consumidor mais ativo, mais “questionativo”, mais cheio de “ivo”, participativo, criativo. Então, a gente tem que usar isso a favor. As mudanças, elas são, talvez, necessárias porque muita coisa tá mudando, não só a propaganda, não só o mercado de comunicação, o mundo tá numa mudança muito grande e não dá para, evidentemente, a área de comunicação, de publicidade e afins, parecer que é uma ilha fora desse negócio todo que tá mudando no planeta. De aquecimento global a sai esquerda, volta direita, e a propaganda ficar ali, olhando, achando que não é com ela. Isso não dá.

Deixa uma frase para o mercado de Natal, para o mercado do Rio Grande do Norte.

Eu acho que é... cuidem das pessoas. O que eu chamo de cuidar das pessoas? Primeiro, as pessoas com quem você trabalha, porque nunca nós precisamos tanto do empenho e sensibilidade das pessoas para perceber essas mudanças, essas nuances, essas idas e vindas que a gente tem. São os nossos colaboradores, os nossos parceiros, os nossos clientes, com quem a gente lida, eles vão ser o mapa pra construir esse caminho. Eu acho que o mercado de Natal ele tem capacidade pra isso, ele tá num momento, sob ponto de vista até de o Nordeste no Brasil, um momento assim, de outros ares. Eu acho que tem mais é que aproveitar. E aproveitar os ventos da mudança pra imprimir a mudança que você quer que faça, pra você não ser refém de uma mudança que alguém te deu.

28

Nov

Publicidade e Propaganda

Rolé das agências, o happy hour do mercado publicitário, acontece hoje em Natal

O happy hour do mercado publicitário potiguar acontece logo mais à noite, a partir das 19h, no espaço Flor de Bali, na rua Mipibu, 758, Petrópolis. O Sinapro/RN e a Buzz Mídia estão promovendo o encontro de estudantes, agências, veículos de comunicação e fornecedores para fazer uma resenha e trocar uma ideia sobre propaganda. 

Comida e bebida estão garantidos com o Burg Session, Fuscrepe, Bendita e o Bar da Cervejaria Raffe, que vai oferecer o Chopp Galega do Alecrim a preços promocionais. Ainda vai rolar um bate-papo com o PC Bernardes, que nos últimos três anos respondeu pelo desenvolvimento de soluções comerciais no conteúdo da Rede Globo e teve passagens pelas agências de publicidade Africa Rio e DM9. O encontro tem o apoio da InterTV Cabugi.

 

25

Nov

Publicidade e Propaganda

Sinapro/RN E Buzz Mídia promovem happy hour do mercado publicitário

Que tal juntar num rolé toda a galera do mercado publicitário para trocar uma ideia, resenhar e curtir? Pois esse encontro já tem data para acontecer. O Sinapro/RN e a Buzz Mídia estão promovendo um happy hour na próxima quinta-feira (28), no espaço Flor de Bali, na rua Mipibu, 758, Petrópolis (por trás do Colégio Maria Auxiliadora), a partir das 19h.

Comida boa não vai faltar. O pessoal do Burg Session, Fuscrepe e Bendita Coxinha já confirmaram presença. Também é de lei aquela bebida bem geladinha. Isso também tá garantido com o Bar da Cervejaria Raffe, que vai oferecer o Chopp Galega do Alecrim a preços promocionais. Além disso, vai ter discotecagem e muito alto astral.

Um dos momentos do encontro será o Bate-Papo com Chopp, com a presença de PC Bernardes, que nos últimos três anos respondeu pelo desenvolvimento de soluções comerciais no conteúdo da Rede Globo. PC já teve passagens pelas agências de publicidade Africa Rio e DM9, é um profissional premiado internacionalmente e um dos mais respeitados produtores musicais do Brasil, autor de vários jingles de sucesso no país e na Europa. O Bate-Papo com Chopp tem o apoio da InterTV Cabugi.

“Esse é um evento para o mercado como um todo se encontrar:  estudantes, agências, veículos, fornecedores. É um momento de juntar todo mundo que ajuda a fazer a propaganda do Rio Grande do Norte e trocar uma ideia bem bacana em um clima descontraído”, disse o presidente do Sinapro/RN, João Daniel Vale. 

20

Nov

Publicidade e Propaganda

Estudo indica que para 37% das pessoas, publicidade ainda é racista

Apesar dos avanços nos últimos anos, o varejo e a indústria de bens de consumo ainda têm muito a evoluir no que diz respeito a agregar maior diversidade em suas práticas de mercado e sua comunicação. Segundo o estudo Oldversity, divulgado pelo Grupo Chroma no ano passado, 37% dos entrevistados acreditam que a publicidade brasileira ainda é racista, por exemplo. 

O estudo ouviu quase 2 mil pessoas de todas regiões do País, perfil ABC, 16 anos ou mais. Orientação sexual diversa, origem étnica variada e pessoas deficientes foram contempladas no levantamento online.

Segundo 70% dos entrevistados, as propagandas ainda não são genuínas quando abordam temas como diversidade e longevidade, e 72% dizem que os pontos de venda dessas empresas não estão preparados para lidar com um público mais diversificado ou mais velho. Para 32% dos pesquisados, as marcas brasileiras ainda reproduzem comportamentos preconceituosos.

No entanto, quando as empresas passam a ter atitudes mais positivas nesse sentido, a receptividade à marca tende a aumentar: 56% admiram mais as empresas que se posicionam claramente sobre diversidade, e 52% passam a considerar os produtos dessas companhias em futuras compras.

Entre o público negro, 53% afirmam que as propagandas não refletem a sua realidade. Também segundo essa mesma base, o atendimento das empresas é preconceituoso segundo 29% dos respondentes.

O estudo ainda aponta as marcas mais lembradas segundo suas ações em relação a diversidade e longevidade. Ao questionar os entrevistados, pediu que considerassem empresas que pensam, preocupam-se, promovem e defendem assuntos conectados a assuntos como orientação sexual, gênero, raça e pessoas com deficiência.

Nesse sentido, entre as pessoas que citaram alguma marca, as de maior destaque foram O Boticário (16%), Natura (12%), Avon (7%), Samsung (6%), Coca-Cola (5%), Globo (5%), Nestlé (3%), Itaú (3%), Google (2%) e Johnson & Johnson (2%). Apesar disso, 47% dos 1.814 entrevistados não citaram nenhuma marca.

Fonte: Portal Meio e Mensagem, disponível em: https://www.meioemensagem.com.br/home/comunicacao/2019/11/20/para-37-publicidade-ainda-e-racista.html

12

Nov

Publicidade e Propaganda

Evento do Sebrae apresenta novas ferramentas para o marketing digital

Imagine lançar um negócio no mercado e conseguir em apenas dez dias o número de clientes que normalmente levaria anos para se conquistar. Isso é o que promove o growth hacking, uma nova tática de crescimento acelerado de negócios, surgida entre as startups de alto crescimento do Vale do Silício, nos Estados Unidos, e que está ganhando o mundo. Essa metodologia é considerada a nova arma para o marketing digital porque usa os canais digitais para maior performance e distribuição da mensagem visando a aquisição e conversão de novos clientes.

O tema é difundido no Brasil pelo matemático, empreendedor e co-fundador da primeira agência de growth hacking do país, a Growth Team, Bráulio Medina. Ele vem a Natal participar da Arena Sebrae de Transformação Digital, que será realizada nos dias 19 e 20, na Arena das Dunas. O professor do IBMEC-RJ e fundador da Vortio será um dos palestrantes do evento. “Vamos falar ao público sobre metodologias e ferramentas do mundo digital que propiciam os melhores resultados a nível de produtividade e gestão da comunicação e do marketing”, diz Bráulio Medina.

Ele, que é especialista em marketing de conteúdo e mídias sociais, garante que o growth hacking serve não apenas para startups mas para qualquer tipo de negócio, incluindo micro e pequenas empresas. “O aspecto central é que a mentalidade de hacker aplicada a qualquer tipo de crescimento de negócio é bem recebida e muito valiosa”.  A Arena Sebrae de Transformação Digital pretende trazer a Natal as principais novidades em termos de inovação em marketing e gestão de pequenos negócios.

O evento vai apresentar ferramentas inovadoras e acessíveis aos pequenos negócios, informações de mercado, tendências, palestras, mostrando de maneira prática como a empresa ou futuro negócio pode se inserir no novo cenário de transformação digital. As inscrições podem ser feitas pela internet no site www.arenadigitalsebrae.com.br/ e informações pelo 0800 570 0800.

O evento terá seis espaços. Um deles é de aplicativos voltados para gestão de empresas. O espaço vai oferecer informações sobre diversas ferramentas digitais e aplicativos para a gestão eficiente do negócio, nas áreas de vendas, finanças, organização, orçamentos, controles para o MEI.

8

Nov

Publicidade e Propaganda

Febracis Talk: Evento apresenta cases de sucesso do RN

Histórias de sucesso compartilhadas. Essa é a proposta do Febracis Talk, evento que acontecerá na sede da instituição, localizada na Av. Dão Silveira, 3860, loja 03 – Candelária, na próxima segunda-feira (11), a partir das 19h. Aberto ao público que deseja se encontrar no mercado de trabalho e se destacar na carreira ou em seus negócios por meio da metodologia do Coaching Integral Sistêmico (CIS). A entrada para o evento é a doação de itens de higiene pessoal, que serão doados ao Lar da Vovozinha. Como opção de doação, estão shampoo, hidratante e fralda geriátrica.

O Febracis Talk terá a mediação de Hilton Alencar, Master Coach e palestrante, além de diretor da Febracis Natal, e terá a presença da influenciadora digital Luciana Dantas, da psicóloga Renata Regis, do engenheiro Pedro Paulo, da nutricionista Laíse Trindade e do contador e empresário Sergio Rodrigues. Num bate-papo interativo e com muita informação, os convidados apresentarão ao público como a metodologia CIS foi importante para alavancarem seus negócios, encontrarem o sucesso profissional e como suas vidas foram transformadas.

2

Nov

Publicidade e Propaganda

Com foco no mercado publicitário, YouTube apresenta plataforma Creative Hacks

O Youtube lançou nesta quarta-feira (30) a plataforma Creative Hacks. A iniciativa se propõe a ser um hub para ajudar agências e marcas a explorarem o potencial do YouTube e performarem melhor com suas campanhas no site. O projeto foi criado pelo The Zoo, área criativa do Google que trabalha na interface com as empresas e agências. A plataforma conta com três módulos interativos.

Essencialaborda os fundamentos de como criar no Youtube, mensurar desempenho e estratégias para engajar o público. Já o Criando Conteúdo pretende ser um passo a passo para as marcas pensarem e criarem conteúdo na plataforma, além de ferramentas para trabalhar adequadamente com os criadores. Por fim, o Personalizando sua Criação explica sobre como adotar uma estratégia baseada em dados para ampliar os resultados de campanhas, tornando a comunicação mais assertiva.

O projeto está relacionado ao YouTube Works Awards, prêmio que celebra a criatividade e a eficiência da publicidade na plataforma. Agências de todo o Brasil podem concorrer à premiação, inscrevendo campanhas que usaram o Youtube como canal de acesso e engajamento. As inscrições serão abertas no final deste ano.

Fonte: Portal Meio e Mensagem

Disponível em: https://www.meioemensagem.com.br/home/midia/2019/10/31/com-foco-em-agencias-youtube-apresenta-o-creative-hacks.html

1

Nov

Publicidade e Propaganda

Estudantes potiguares foram finalistas no Fenapró Universitário 2019

O Rio Grande do Norte ficou entre os 12 finalistas do concurso Fenapró Universitário 2019, que premiou uma dupla de estudantes de publicidade e propaganda do Brasil com uma viagem para Los Angeles, nos Estados Unidos, para participar da Adobe Max, um dos principais eventos de criatividade dos EUA. Os estudantes do terceiro período do curso de publicidade da UFRN, João Pedro Costa e Ana Cláudia Macedo, foram os representantes potiguares nessa disputa.

O concurso tinha o objetivo de premiar a peça mais criativa com o tema “O Futuro é Seu’, inspirado no projeto “The future is yours”, da Adobe. A dupla potiguar criou a peça "Nada substitui o valor de ser real". No conceito do trabalho, os jovens estudantes brincaram com o visual de dois cupons fiscais: um que remete às despesas que eles têm atualmente como universitários (xerox, cafés, barzinhos) e outro quem contém alguns atributos que eles deverão ter no futuro para gerar uma "conta" de um mundo mais criativo. Aliada às imagens, um texto reforçava o conceito da campanha.

“Nossa campanha foi pensada com base na nossa realidade. A construção das peças teve um toque muito nosso. Tem muito de João no design e muito de mim na redação. Somos dois jovens iniciando no mercado publicitário e estamos muito entusiasmados com o futuro, por isso nos encantamos tanto pelo tema”, disse a estudante Ana Cláudia.

“Para mim, enquanto diretor de arte júnior, foi uma experiência bem bacana, visto que ainda estamos no terceiro período de curso e conseguimos enviar um trabalho que competiu frente a outros de duplas mais experientes do Brasil inteiro. Tudo isso serviu para que a gente se anime ainda mais para no próximo ano competir com uma campanha ainda melhor”, afirmou João Pedro.

Para o presidente do Sindicado das Agências de Propaganda do Rio Grande do Norte (Sinapro/RN), João Daniel Vale, o resultado alcançado pelos estudantes mostra que a publicidade potiguar tem um futuro de muita prosperidade. “Ser finalista em um concurso com estudantes de todo o país é um resultado que merece nosso aplauso e reconhecimento. São jovens estudantes, ainda no início do curso, mas que já demonstram criatividade, versatilidade e ousadia. Tenho certeza que muitos outros talentos como esses vão garantir que a propaganda potiguar se mantenha entre as melhores do país”, ressaltou.

A grande final do Fenapró Universitário 2019 aconteceu na última terça-feira (29), na sede da Federação Nacional das Agências de Propaganda, em São Paulo. O julgamento foi transmitido ao vivo, pelo Facebook Live. E a dupla vencedora foi Marco Vinícius Grein Figueira (UNIASSELVI) e Pedro Muriel H. Museka (URB), ambos de Blumenau (SC). É a segunda vez que uma dupla de Blumenau ganha a competição, que completou 6 edições em 2019.

31

Out

Publicidade e Propaganda

Destaque nacional: Executiva Agência vence duas categorias do Prêmio Colunistas 2019

A Executiva Agência de Comunicação está fechando o ano de 2019 com mais premiações de destaque no universo da propaganda.  Com a direção dos publicitários Erick Gurgel e Odemar Neto, a Executiva foi a agência vencedora do RN no Prêmio Colunistas Norte e Nordeste 2019, um dos mais importantes na área de comunicação, publicidade e marketing do Brasil, realizado pela ABRACOMP.

As categorias conquistadas pela Executiva foram de mídia exterior e mídia impressa com as seguintes colocações: Bronze de Mídia Exterior: Campanha Moto; e Finalista de Mídia Impressa: Não Deixe o Trânsito lhe Transformar. Ambas as campanhas foram produzidas para o Detran/RN, via Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte.

O diretor Odemar Neto comemora não somente o prêmio, mas a soma de resultados positivos que marca o ano de 2019. “Está sendo um ano de muitas conquistas, ganhamos destaque internacional na Ahrquives com os clientes  Cei e kale to go; fomos três vezes destaque Ads of the words com Detran, Potigás e Agora FM, e pra fechar, já chegando aos últimos meses do ano, estas duas premiações no Colunista 2019 com a Assecom. Só temos que agradecer a toda equipe e investir cada vez mais na criação e envolvimento com os nossos clientes. O melhor prêmio, sem dúvida, é a satisfação e resultado positivo de cada um deles”, afirma.

25

Out

Publicidade e Propaganda

Cannes Lions Road Show: tendências mundiais da propaganda foram apresentadas em Natal

Publicitários, comunicadores e interessados em geral pelo universo da propaganda marcaram presença no auditório da UnP da Roberto Freire, na noite desta quinta (24), para o Cannes Lions Road Show. O evento, realizado pelo Sindicato das Agências de Propaganda do RN (Sinapro/RN), trouxe a Natal as principais tendências mundiais da propaganda, apresentadas pelo superintendente da Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro), Alexis Pagliarini. 

O presidente do Sinapro/RN, João Daniel Vale, falou sobre a relevância do evento para o mercado publicitário no Rio Grande do Norte. “Tendências e referências são as palavras-chave de uma noite como essa. Hoje conseguimos fazer o link desse evento mundial, que é o Cannes Lions, com a realidade local. A publicidade do nosso estado tem seu talento reconhecido fora do nosso estado. Realizar eventos como esse é uma das formas de movimentar o mercado potiguar e trazer o que há de melhor para nosso público”, afirmou.

                                                          

Durante a apresentação, Alexis Pagliarini falou sobre os grandes destaques do Cannes Lions, que aconteceu em junho, na França. Ele dividiu os cases em quatro eixos temáticos. Um deles é o ativismo das marcas, que estão assumindo posições, mesmo com os riscos inerentes à exposição. 

“Há neste mundo um vácuo de lideranças e as marcas estão entendendo que podem ocupar esse lugar e fazer algo pela sociedade. As marcas hoje não podem se preocupar em apenas vender bons produtos a preços justos. Vai além disso. Esse ativismo é um posicionamento das marcas a favor da sociedade”, explicou o superintendente da Fenapro.      

                              

A inclusão e a rapidez das mudanças no universo da comunicação também foram ressaltadas por Pagliarini. “Estamos em um mundo em que se quer ver todo mundo incluído, participante do processo. Então, temos que colocar essas pessoas dentro das empresas, atuando, sendo protagonistas. O outro ponto é a renovação, é preciso se renovar o tempo todo. Se você está muito confortável, tenha cuidado. Alguém pode chegar e lhe atropelar. A única coisa que não muda nesse universo da comunicação é a certeza da mudança”, concluiu.

A importância de se trazer os cases de Cannes também foi ressaltada pelo professor Francisco de Paula, coordenador dos cursos de comunicação da UNP, que recebeu o evento. “É uma oportunidade também para os estudantes”, disse. A edição 2019 do Cannes Lions Road Show contou com o apoio da UNP, Maxmeio, Bandeirantes Outdoor e Unigráfica.

25

Out

Publicidade e Propaganda

Brasileiros esperam mais ativismo de marcas, diz pesquisa

Deu no Portal Meio e Mensagem: 

Sete em cada dez brasileiros esperam que marcas invistam mais em causas, além de acreditar que empresas vêm contribuindo muito mais para a sociedade do que no passado. É o que mostra uma nova pesquisa sobre marketing de causas da Ipsos, apresentada nesta quinta-feira, 24, durante um fórum sobre o tema realizado pelo instituto junto ao Instituto Ayrton Senna, agência Cause e ESPM, em São Paulo.

O estudo foi feito durante o mês de setembro com 1,2 mil brasileiros das classes A, B e C, e descobriu que 30% das pessoas já compraram algum produto que destina parte de sua receita a uma causa social, ambiental ou cultural. Outros 23% já optaram por comprar um produto que ajudava a uma causa, em vez de uma marca concorrente.

A preocupação com a cadeia produtiva das empresas também cresce entre os brasileiros: 13% já se informaram sobre as práticas internas de uma marca antes de adquirir um produto. Quando questionados sobre os fatores que tornam uma empresa uma marca cidadã, os participantes da pesquisa apontaram a redução de seu impacto ambiental, a responsabilidade na cadeia de valor e a não-discriminação de raça e gênero em suas estruturas, por exemplo.

A pesquisa também entrevistou executivos que são membros do conselho da Ipsos e descobriu que, apesar do maior engajamento do consumidor com ações ligadas a causas, 71% dos executivos não acreditam que uma empresa precisa necessariamente se posicionar para prosperar. Além disso, 60% acreditam que consumidores estão dispostos a ignorar marcas apáticas, desde que o produto seja bom.

Quando questionados sobre as causas que acham mais importantes, 79% apontaram o combate à fome e à pobreza. Em segundo lugar, com 69% das resposta, está a preocupação com o acesso a água potável e saneamento básico por todos. O oferecimento de educação e oportunidades de aprendizagem a todos apareceu em terceiro lugar, com 63% das respostas.

Fonte disponível em: https://www.meioemensagem.com.br/home/comunicacao/2019/10/24/brasileiros-esperam-mais-ativismo-de-marcas-diz-pesquisa.html

24

Out

Publicidade e Propaganda

Cannes Lions Road Show: evento do Sinapro/RN apresenta hoje as tendências mundiais da propaganda

O mercado local da Publicidade e Propaganda tem um encontro marcado, hoje (24), às 19h, no auditório da UNP da Roberto Freire para conferir no Cannes Lions Road Show as tendências internacionais do universo da propaganda, comentadas e analisadas por especialista, em um evento anual de alto nível com a assinatura do mais prestigiado festival de comunicação mundial.

O evento, realizado pelo Sindicato das Agências de Propaganda do RN (Sinapro/RN) pelo segundo ano consecutivo, vai apresentar as produções vencedoras do mais importante e prestigiado festival de comunicação mundial, o Cannes Lions 2019, que serão exibidas, analisadas e comentadas pelo diretor superintendente da Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro), Alexis Pagliariani.

“A primeira edição do Cannes Lions Road Show em Natal, no ano passado, foi um verdadeiro sucesso. Por isso, decidimos trazê-lo mais uma vez para o nosso estado. O público potiguar vai poder, novamente, ter esse contato com os cases vencedores, com as tendências do Festival de Cannes. É um evento de alto nível para o nosso mercado de comunicação”, afirma o presidente do Sinapro/RN, João Daniel Vale.

O diretor da Fenapro, Alexis Pagliarini, participa anualmente do Cannes Lions, na França, e depois segue na missão de levar o melhor do festival para as principais capitais brasileiras com o Cannes Lions Road Show. No festival deste ano, os jurados selecionaram os trabalhos que, em sua opinião, indicam os novos caminhos e tendências para a indústria publicitária de todo o mundo.