Comunicação

28

Jul

Comunicação

Google confirma que funcionários continuarão a trabalhar de casa até julho de 2021

Google vai manter a maioria dos seus funcionários trabalhando de casa por mais tempo. Segundo a Variety, a gigante tecnológica definiu que seus escritórios permanecerão como opção pelo menos até julho de 2021. A decisão aconteceu, claro, para evitar correr riscos de saúde e segurança enquanto não há uma solução definitiva para a pandemia da COVID-19.

Sundar Pichai, CEO da Google e da Alphabet, enviou um email para suas equipes na manhã dessa segunda informando sobre a novidade. “Para dar aos nossos funcionários a possibilidade de planejar seu futuro, estamos extendendo nossa opção de trabalhar à distância até 30 de junho de 2021 para casos que não precisem estar necessariamente em nossos escritórios”, diz a mensagem.

A decisão de permitir que os trabalhadores exerçam suas funções de casa afeta diretamente os 200 mil empregados da companhia espalhados pelo mundo. Anteriormente, o Google havia proposto o mesmo sistema, com apenas trabalhadores essenciais indo ao escritório, mas com um prazo diferente: até o fim de 2020. Como a situação da pandemia mundial não melhorou tanto, a empresa precisou esticar o período.

Outras empresas gigantes têm tomado decisões parecidas. No Brasil, por exemplo, a Petrobrás definiu que, mesmo com o fim da pandemia, metade de seu quadro administrativo permaneceria trabalhando de casa nos próximos anos. A decisão, no caso, foi tomada tanto influenciada pela pandemia do coronavírus, quanto para ajudar a economizar custos.

Fonte: Portal B9, disponível em: https://www.b9.com.br/129582/google-confirma-que-funcionarios-continuarao-a-trabalhar-de-casa-ate-julho-de-2021/

26

Jul

Comunicação

Design Thinking, Crowdsourcing e Blended Learning. Afinal, o que são esses conceitos que aparecem no universo da educação?

Ainda que aos poucos, o Brasil avançou bastante nas formas de ensino. À medida que diversas tecnologias surgem, novas metodologias passam a ser usadas e com elas, novos conceitos e termos – a maioria em inglês – povoam cada vez mais o universo educacional. Agora, em razão das aulas on-line, por conta da pandemia, o uso constante da tecnologia e internet no ensino, os termos ganharam ainda mais notoriedade. Para ajudar aqueles que não estão familiarizados com essas terminologias, mas que gostariam de entender melhor seus conceitos, o diretor acadêmico da Luminova, rede de escolas voltada para os públicos das classes B e C, Luizinho Magalhães, preparou um glossário especial. Confira abaixo:  

Blended Learning: também conhecida como aprendizagem híbrida, concilia o uso de recursos on e off-line, mídias digitais e impressas que corroboram com as formas de aprendizagem do aluno.  

Flipped Classroom: a estratégia de aula invertida propõe uma preparação prévia do aluno para a aula, promovendo momentos de debates e provocações dialéticas para a produção de argumento a partir de dados ou fatos já apresentados.

Crowdsourcing: tem em si a proposta de produção coletiva e colaborativa, indo além de um trabalho em grupo. Os recursos utilizados possibilitam a integração e a colaboração dos alunos não apenas de forma presencial, como também à distância

Gamification: propor desafios aos alunos por meio de recursos tecnológicos para abordar conteúdos e estimular habilidades de convivência e colaboração.

Game Based Learning: uso jogos como objetos de aprendizagem. Exemplo: um jogo de corrida que será a base para o trabalho de velocidade média em física

Social Learning: o meio em que o aluno vive é considerado como recurso para a aprendizagem, ou seja, suas relações sociais são analisadas em pesquisas e atividades intra e extra sala

Adaptative Learning: por meio de recursos de inteligência artificial, faz uso de plataformas para a avaliação dos alunos, permitindo, assim, apontar quais os pontos falhos e que merecem atenção na perspectiva de desenvolvimento dos estudantes.

Problem Based Learning: o aluno apresenta uma pesquisa fundamentando seu argumento na resolução de algum problema apresentado, compartilha o resultado prévio para, em grupo, chegar-se a uma resposta.

Design Thinking: trata-se de processos que desencadeiam o pensamento criativo, permitindo organizar informações e ideias, tomar decisões, aprimorar situações e adquirir conhecimento.

24

Jul

Comunicação

Operadoras começam testes no Brasil da tecnologia 5G

As maiores operadoras do país de telefonia celular iniciaram neste mês de julho o funcionamento, em caráter experimental, da tecnologia de quinta geração (5G) para os aparelhos móveis. Neste primeiro momento, o 5G compartilhará as faixas de transmissão já existentes do 3G e do 4G, com o uso da tecnologia chamada DSS (compartilhamento dinâmico de espectro, na sigla em inglês). 

Isso ocorre porque o leilão do espaço do espectro, destinado exclusivamente ao 5G (a faixa de 3,5GHz), só deverá ocorrer no início de 2021. Com a tecnologia DSS é possível compartilhar, com o 5G, a faixa do 3G e 4G não utilizada. No entanto, como esse espectro não possui uma banda contínua e dedicada, a experiência do 5G ainda não poderá ser utilizada em sua totalidade.

O 5G, em sua máxima potência, deverá oferecer altíssimas velocidades de internet, maior confiabilidade e disponibilidade, além da capacidade para conectar massivamente um número significativo de aparelhos ao mesmo tempo. 

Para poder utilizar o serviço, porém, o usuário terá de ter em mãos um aparelho celular que seja compatível com a tecnologia 5G. Hoje, no mercado brasileiro, há apenas um modelo disponível com a tecnologia, o Motorola Edge, com valor acima de R$ 4,9 mil na loja oficial da fabricante.

Locais com cobertura 5G
A operadora Vivo está ativando, no mês de julho, o funcionamento do 5G DSS em oito cidades brasileiras: São Paulo (regiões da Avenida Paulista, Vila Olímpia e Berrini), Brasília (regiões do Eixo Monumental, Esplanada dos Ministérios e shoppings), Belo Horizonte (regiões da Savassi e Afonso Pena), Salvador (regiões da Pituba e Itaigara), Rio de Janeiro (Copacabana, Ipanema e Leblon), Goiânia (região central da cidade), Curitiba (regiões do Centro Cívico/Alto da Glória e Batel/Água Verde), Porto Alegre (regiões do Moinhos de Vento, Avenida Carlos Gomes e Shopping Iguatemi).

Já a o 5G DSS da operadora Claro está disponível inicialmente em São Paulo, desde a última semana, na região da Avenida Paulista e Jardins. Em seguida, vai gradativamente estender-se pelos bairros Campo Belo, Vila Madalena, Pinheiros, Itaim, Moema, Brooklin, Vila Olímpia, Cerqueira César, Paraíso, Ibirapuera, além da região da Avenida Berrini e também de Santo Amaro. 

O serviço será instalado também na Central Única das Favelas (CUFA) e no Instituto Pró-Saber SP, ambos na comunidade de Paraisópolis, onde a operadora desenvolve trabalhos sociais. 

No Rio de Janeiro, os primeiros pontos de cobertura estarão em Ipanema, Leblon e na Lagoa. Devem se expandir por toda a orla, do Leme até a Barra da Tijuca, passando pelo Jardim Oceânico, Joá, São Conrado e Copacabana.

A cobertura do 5G DSS da operadora TIM terá início em setembro, em três cidades: Bento Gonçalves (RS), Itajubá (MG), e Três Lagoas (MS). Já a Oi informou que está avaliando iniciar a operação comercial da tecnologia 5G no país antes da realização do leilão de frequências. A operadora disse que já instalou experimentalmente a tecnologia 5G no país, de forma pontual, no ano passado, no município de Búzios (RJ) e em grandes eventos, como na Conferência Rio2C, GameXP, Rock in Rio e Comic Con Experience (CCXP). 

Fonte: Agência Brasil

24

Jul

Comunicação

Anatel lança aplicativo de comparação de preços

A Anatel apresentou nesta quinta-feira, 23, o seu aplicativo de comparação de preços nos planos nacionais de telefonia móvel, telefonia fixa, banda larga fixa e TV por assinatura. Batizado de Anatel Comparador (AndroidiOS), o app permite ao consumidor escolher três ofertas e compará-las por atributos mercadológicos, como modalidade, tamanho da franquia e valores.

“Eu diria que a maior virtude (do aplicativo) não é a acurácia e a tempestividade, mas o incremento de transparência e ganho adicional. Essa ferramenta, que precisa ser continuamente aprimorada, inclusive com combos, deve instruir na competição”, disse Leonardo Euler, presidente da Anatel.

“Exatamente por isso o conselho gestor aprovou um grupo de gestão dessa ferramenta; feito por meio de projeto com discussões multilaterais do setor. Esse grupo tem como objetivo levar a melhor experiência do usuário durante o uso dessa ferramenta”.

As ofertas adicionadas ao aplicativo têm como base as informações providas pelas operadoras, e, caso tenha atualização em suas ofertas, as empresas são obrigadas a atualizar os dados.

Como funciona

 

Após baixar o app, o usuário deve colocar estado e cidade de sua residência. Em seguida deve selecionar entre telefonia móvel, telefonia fixa, TV por assinatura e banda larga fixa. Ao optar por uma das opções, o consumidor terá quatro alternativas no alto da tela: um ícone para escolher e comparar as três ofertas favoritas; outro para ordenar por preço; mudança de cidade; e filtro por operadora, nome da oferta, modalidade, preço e se o contrato demanda fidelização.

Cada oferta aparece como card e, ao clicar nela, sem selecionar o modo comparativo, é possível ler sua descrição. Porém,  se clicar no modo comparativo, o usuário seleciona até três ofertas e pode comparar os atributos e até acessar as ofertas no site das operadoras, por meio de um link que leva para a loja da companhia selecionada. Ainda é possível criar uma lista com os planos favoritos.

Fonte: Mobile Time, disponível em: https://www.mobiletime.com.br/noticias/23/07/2020/anatel-lanca-app-de-comparacao-de-precos/

23

Jul

Comunicação

Live do Senac RN traz estratégias online para empreendedores no segmento de festas e decorações

Hoje 23, a partir as 19h30, o Senac realiza em seu perfil no Instagram (@senac_rn), mais uma live dentro do Programa Assistência Digital Empresarial – iniciativa que visa oferecer suporte aos empresários do comércio, repassando orientações sobre como iniciar ou melhorar a presença em plataformas digitais. Na transmissão ao vivo desta semana, serão abordadas estratégias online utilizadas para o segmento de decorações de festas.

Com mediação do consultor do programa, Rodrigo Fortunato, a live terá a participação da empreendedora potiguar Emanuelle Morais, presente neste ramo há mais de quatro anos, com a sua empresa Scrapbook Mania. A decoradora irá falar sobre a história do seu negócio, que desde o início prioriza o atendimento online como um diferencial para os clientes, bem como as inovações investidas para se adequar ao momento de pandemia da Covid-19.

“Atualmente, conseguimos fazer 80% do nosso trabalho via contato online. O cliente entra em contato em algum de nossos canais digitais e a partir daí priorizamos executar um trabalho que facilite ao máximo a vida dele. Após nosso atendimento, o cliente passa na empresa apenas para retirar as peças e os kits, conseguimos orçar, vender e concluir toda a negociação no online”, explica a empresária.

23

Jul

Comunicação

TV Assembleia RN passa a ser transmitida no canal 10, a partir de agosto

O legislativo estadual vai alterar o número do canal de transmissão da TV Assembleia RN - hoje exibido no canal 51.3 - para o canal 10 do sinal aberto de televisão. O novo número é uma definição do Ministério das Comunicações e tem como objetivo democratizar os canais legislativos que estarão mais próximos aos canais de maior audiência na rede gratuita de TV.

No caso do Rio Grande do Norte, a exibição no canal 10 favorece a expansão do canal legislativo. “Recebemos a mudança com muito entusiasmo, já que estaremos próximos aos canais de maior audiência. Temos hoje um legislativo transparente, atuante e com programação ao vivo, garantindo a acesso do cidadão ao rito legislativo e que cumpre um papel fundamental, levando informação de qualidade para a população”, destaca o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira (PSDB). O parlamentar destacou a atuação do ministro das Comunicações, o potiguar Fábio Faria, que garantiu a rápida mudança.

Por telefone, onde cumpre agenda em Brasília, o ministro Fábio Faria comenta a importância do Rio Grande do Norte integrar a primeira lista do País em que os canais passam pela reformulação. “Os avanços em tecnologia permitem novas conquistas como a democratização da comunicação. E uma das nossas metas no Ministério das Comunicações é garantir o fortalecimento dos canais legislativos em todo o Brasil e principalmente, no Nordeste e em especial, no Rio Grande do Norte oportunizando a livre escolha da população com acesso mais próximo aos canais de maior audiência, garantindo que também a notícia de qualidade produzida na TV Assembleia chegue a todos, com isonomia”, destaca.

A mudança na transmissão da TV Assembleia será oficializada em 29 de agosto. “Estamos nos últimos ajustes para alterar a exibição do canal para o 10. A TV Assembleia é pioneira no Brasil como integrante da Rede Legislativa. Uma das primeiras a ser inaugurada no País, ainda em 2003 e fazendo história até hoje também no Rio Grande do Norte. Com o incentivo do ministro Fábio Faria, voltamos a posição de destaque no Brasil, exemplo quando o assunto é a linha editorial com prioridade para as coberturas de atividades legislativas, mas também diversificando a programação”, argumenta o diretor da TV Assembleia, Bruno Giovanni.

O crescimento da TV Assembleia nos últimos cinco anos também foi comentado pelo diretor. “Temos hoje o maior tempo de grade com programação local, exibição gratuita e em canal aberto, presente em mais de 90% do território do Rio Grande do Norte. Conquistas possíveis graças a parcerias que construímos ao longo dos anos, agregando novos formatos, programas e apresentadores”, comemora Bruno Giovanni, anunciando novidades para disputar atenção dos telespectadores com os líderes do Ibope. “Estamos próximos dos 18 anos de canal legislativo e vamos deixar um legado importante na comunicação do Estado”, destaca.

A coordenação da mudança nos canais é feita pela Rede Legislativa - que integra a Câmara Federal, Senado, Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais - com objetivo de tornar as emissoras legislativas mais acessíveis aos telespectadores, onde se concentram outras emissoras de TV.

“O objetivo é popularizar as programações das TVs legislativas, aumentando a audiência das sessões plenárias; votações; reuniões; audiências públicas; debates; entrevistas e programas jornalísticos dentro e fora dos plenários”, frisa a coordenadora da Rede Legislativa da Câmara Federal e vice-presidente da Astral, Evelin Maciel.

A Rede Legislativa de TV, além de alterar a numeração dos canais no ar, continua sua expansão pelo Brasil e já tem sinal aberto de televisão em 59 cidades, com alcance de 250 municípios. Fazem parte da Rede, atualmente, 65 emissoras legislativas.

A sintonia será feita automaticamente pelo aparelho de televisão, sem que seja necessário qualquer procedimento. Caso não ocorra de maneira automática, a mudança pode ser executada no controle remoto na função de "busca ou sintonia de canais" do aparelho; confirma no canal 10 e estará concluída a mudança na transmissão da TV Assembleia.

21

Jul

Comunicação

Ministro das Comunicações discute acesso à internet para crianças e adolescentes

O Ministro das Comunicações, Fábio Faria, participou de videoconferência com a representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) no Brasil, Florence Bauer. A proposta da reunião foi discutir a importância do acesso à internet para crianças a adolescentes. 

Florence destacou, de acordo com a pesquisa TIC Kids Online, 4,8 milhões de crianças e adolescentes brasileiros vivem em domicílios sem acesso à internet e isso é um problema ser enfrentado pela organização, especialmente durante a pandemia do novo Coronavírus. “Crianças sem acesso à internet em casa são aqueles que mais sofrerão os impactos sociais da pandemia incluindo o aumento da desigualdade no acesso a direitos fundamentais, como educação, saúde, proteção e participação”, disse a representante.

O Ministro Fábio Faria reforçou a preocupação de expandir o acesso e colocou o ministério à disposição para apoiar e incentivar projetos da área. “O nosso ministério estará ajudando no que for preciso para ampliarmos o alcance digital, em especial, para nossos jovens”, reiterou.

20

Jul

Comunicação

Projeto Bora une Art&C, InterTV e Sebrae para inspirar empreendedores potiguares

“Bora!” Esse é o “chamamento” proposto pela agência Art&C Comunicação no novo manifesto do Sebrae RN junto a InterTV Cabugi. A ideia do Projeto Bora! surgiu como uma necessidade de inspirar os empreendedores potiguares, que passaram por grandes desafios durante a pandemia.

Após a criação do curso de bioprevenção, o Sebrae RN se uniu à InterTV Cabugi em um manifesto de ação: era preciso levantar a bola dos potiguares, trazer histórias de superação e convocar todo mundo pra agir, vibrar e se levantar pra reconstruir as empresas do RN.

A grande missão da Art&C nesse processo foi justamente ilustrar esse momento de retomada, de superação, mostrando que o empreendedorismo trata justamente sobre ressignificar a crise. “Precisávamos mostrar coisas boas, mostrar que o empreendedorismo tem que vencer nesses momentos. Os potiguares estavam precisando assistir, ver, entender, conhecer iniciativas e cases do RN que dá certo, mesmo num ambiente tão hostil”, disse o João Daniel Vale, sócio-direto da Art&C Comunicação.

Para Dácio Azevedo, Diretor Criativo, “o desafio estava justamente em falar de coisa boa em um momento tão complicado. A gente tinha que movimentar, que fazer barulho. Acender a faísca pra contagiar todo mundo”. Essa faísca rendeu 3 filmes que falam de histórias inspiradoras. Todos com a mesma temática: Bora? Bora!

Segundo Pablo Medeiros, executivo de contas da Art&C, “esse chamamento transcende o período da campanha e os próprios filmes. Aparceria entre nós da Art&C, o Sebrae RN e a InterTV está sendo a propulsora do sucesso desse movimento”. Confira os filmes: https://we.tl/t-pf4sr32Zwr

20

Jul

Comunicação

Tribunal Superior Eleitoral determina liberação da versão atualizada do aplicativo Pardal para as Eleições 2020

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, acolheu as sugestões apresentadas no relatório elaborado pelo Grupo de Trabalho designado a definir as instruções para o funcionamento do aplicativo Pardal nas Eleições Municipais de 2020.

O GT, instituído por meio da Portaria TSE nº 210/2019, propôs um maior detalhamento da identificação dos denunciantes, a fim de evitar: notı́cias de irregularidades que se utilizem de dados de terceiros; inclusão da autenticação de dois fatores para encaminhamento da notı́cia via sistema Pardal; impedimento de envio de notı́cia de irregularidade sem o preenchimento integral dos campos relativos ao tipo de denúncia e aos dados do denunciante; e utilização do sistema Pardal apenas para notı́cias relacionadas às irregularidades da campanha eleitoral que estejam submetidas ao poder de polícia da Justiça Eleitoral.

Também foi sugerido pelo GT que, para as demais irregularidades, seja disponibilizado link para denúncias do Ministério Público Eleitoral da respectiva unidade federativa. Além disso, segundo o relatório, é preciso exigir o relato do denunciante que identificou a irregularidade, pois somente a fotografia é insuficiente.

Há ainda a sugestão de aperfeiçoamento da triagem automática do sistema, com o objetivo de evitar: o recebimento de denúncias infundadas ou repetitivas (lixo eletrônico), bem como a anexação de denúncias relacionadas ao mesmo fato. Por fim, o GT propõe a criação de funcionalidade que permita, após as triagens eletrônica e humana, a conversão da denúncia em processo do sistema PJe.

No despacho, Barroso determinou que os autos fossem enviados à Diretoria-Geral da Corte, para que sejam implementadas as regras negociais que possibilitarão a liberação do app em sua versão atualizada. Também solicitou que os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) fossem informados da decisão.

Confira o despacho do ministro Luís Roberto Barroso.

O Pardal

Desenvolvida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES) para o pleito de 2014, a ferramenta também foi utilizada de forma experimental por alguns estados. Desde as Eleições Municipais de 2016, o aplicativo passou a ser adotado pela Justiça Eleitoral em todo o país. Já em 2018, o sistema de triagem das denúncias foi aprimorado, a fim de facilitar o trabalho de apuração por parte dos TREs e do Ministério Público Eleitoral (MPE).

O objetivo do Pardal é incentivar os cidadãos a atuar como fiscais da eleição no combate à corrupção eleitoral. Além do aplicativo móvel, a ferramenta tem uma interface web, que é disponibilizada nos sites dos TREs para envio e acompanhamento das notícias de irregularidades.

O Pardal pode ser utilizado para noticiar diversos tipos de infrações eleitorais, como as relativas à propaganda eleitoral, à compra de votos, ao uso da máquina pública, a crimes eleitorais, bem como a doações e gastos eleitorais.

17

Jul

Comunicação

Pesquisa mostra que TV paga teve crescimento em audiência durante isolamento social

A audiência dos canais fechados registrou crescimento na primeira semana do isolamento social, provocado pela pandemia de Covid-19. Segundo levantamento realizado pelas empresas Kantar Ibope Media e Agência Nacional do Cinema (Ancine), a média de telespectadores aumentou em 22%, entre os dias 16 e 22 de março.

Os números continuaram subindo nas semanas seguintes, com as emissoras por assinatura atingindo a marca de 8,95 pontos, entre os dias 23 e 29 de março. Os dados também apontam que em abril, o consumo de TV paga chegou a média de 3 horas e 40 minutos diários por telespectador.

Todos os gêneros de canais ganharam público durante o isolamento, com destaque para as emissoras de notícias que dobraram sua audiência em abril e registraram novo acréscimo de 11% em maio.

Nos últimos anos, operadoras de todo o país cresceram e passaram a investir também em telefonia e TV por assinatura. A oferta de novos produtos trouxe novo fôlego para as ISPs (Internet Service Provider), que conseguiram aumentar seus números.

Para reduzir os custos, cerca de 40 operadoras em todo o Brasil firmaram acordo com a MultTV, empresa especializada no compartilhamento de headend. “Nós simplificamos e apoiamos o provedor desde a fase de implantação até a operação do produto de TV por assinatura, reduzindo em mais de 80% o custo de implantação e diminuindo em 50% o tempo de lançamento”, explica Osmir Henrique Petrini, presidente da organização.

A chegada do serviço trouxe uma nova alternativa para as empresas, que podem oferecer TV por assinatura com um investimento inicial de 100 mil reais contra um valor que varia entre 2 e 4 milhões em operação individual.

Fonte: Portal B9, disponível em: https://www.b9.com.br/129161/pesquisa-mostra-que-tv-paga-teve-crescimento-em-audiencia-durante-isolamento-social/

16

Jul

Comunicação

UOL lança campanha #MudaqueEcoa para perpetuar bons hábitos adquiridos na quarentena

O Ecoa, plataforma do UOL que conta histórias de pessoas, empresas e organizações que atuam para construir um mundo melhor, lançou a campanha #MudaqueEcoa.

O objetivo dessa campanha é reverberar boas ações e iniciativas que possam colaborar para a construção de um futuro melhor individual e coletivo, onde o público é incentivado a refletir sobre o período de isolamento e compartilhar mudanças positivas que adotaram nos últimos meses.

Para participar, o leitor deve compartilhar um vídeo de até 30 segundos via Stories do Instagram contando qual foi a mudança adotada no período que pretende manter pós-quarentena e convidar três pessoas para compartilharem as suas histórias. Antes de publicar, é preciso usar a #MudaQueEcoa e marcar o @Ecoa_UOL, além dos amigos escolhidos.

Após criar a seção Boas Notícias do UOL, que oferece um respiro ao noticiário pesado da pandemia, o Ecoa mantém seu trabalho de entregar conteúdo aprofundado e relevante, ao mesmo tempo em que atua como catalizador de ações propositivas. A campanha será trabalhada durante todo o mês de julho; para ter mais informações acesse este link.

14

Jul

Comunicação

SIPConnect Online promove nova edição de palestras gratuitas sobre os principais desafios da mídia

Maior uso da Inteligência Artificial nas redações, novas tecnologias que aprimoram e diferenciam o conteúdo móvel e estratégias de audiência durante e após a pandemia de COVID-19. Esses são alguns dos temas do novo ciclo de apresentações da SIPConnect Online a serem realizadas de 29 a 31 de julho.

Promovida pela Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP, na sigla em espanhol), a iniciativa inclui na sua rodada de julho apresentações de editores do The Washington Post, do The New York Times, Clarín, La Nación, El Universal e El Debate, além de Google, Amazon e Facebook.

"Com o sucesso obtido em maio, na primeira parte da conferência, construímos agora outro programa altamente valioso para jornalistas, editores e empresários de mídia e, o que é ainda melhor, manteremos as inscrições sem nenhum custo", destaca o presidente do Instituto de Imprensa da SIP, Ernesto Kraiselburd;

Mais de 2300 pessoas participaram do SIPConnec Online durante o mês de maio. Algumas das mais de 30 apresentações ultrapassaram 850 participantes.

Inscreva-se aqui.

Com informações da ANJ, disponível em: https://www.anj.org.br/site/component/k2/1-noticias/jornal-anj-online/29994-sip-promove-nova-edicao-de-palestras-gratuitas-sobre-os-principais-desafios-da-midia.html

14

Jul

Comunicação

Evento reúne especialistas para discutir o futuro do setor de Comunicação e Relações Públicas

O futuro do setor de comunicação e relações públicas é o tema que norteará, de 27 a 31 de julho, o congresso online RPCon 2020 que terá a participação de 22 profissionais de algumas das principais empresas e marcas do mercado. O evento terá cinco painéis sobre temas como construção de marcas, comunicação corporativa, influência digital, a tecnologia, entre outros assuntos.

O evento é uma realização do Circuito RP com transmissão online e gratuito. Entre os palestrantes estão nomes como Erica Firmo (LinkedIn), Lorena Loiola (SambaTech), David Grinberg (MC Donalds), Pedro Alves (Mastercard), Itaú (Leandro Modé), entre outros profissionais convidados.

“A pandemia traz novos desafios e muitas oportunidades para o setor de comunicação e relações públicas. Com o congresso buscamos enfrentar esse debate de forma virtual, mais ampla possível. Será um momento de reunir o mercado para temas atuais e relevante e gerar muito valor”, ressalta Lorena Loiola, idealizadora do projeto e uma das palestrantes do evento.

Diretamente de suas casas, os profissionais convidados compartilharão com os inscritos um pouco sobre suas rotinas de trabalho e impressões acerca dos impactos do momento atual no futuro da indústria da comunicação e de relações públicas.

O evento tem como objetivo disseminar ideias e compartilhar experiências inspiradoras para gerar discussões profundas e reflexões entre os participantes. Os interessados têm de se cadastrar antes pelo site: rpcon2020.com. A inscrição dá direito ao acesso a todos os dias do evento.

13

Jul

Comunicação

Jornalista potiguar estreia na literatura com o romance De violetas e colibris

A jornalista e escritora Zilene Costa lança o seu primeiro livro. Trata-se de um romance, intitulado: De violetas e colibris. A narrativa,  na terceira pessoa, traz, na verdade, relatos de uma experiência vivida pela própria autora.  Aborda os sentimentos de uma mulher no auge de sua maturidade por um jovem acadêmico e os desdobramentos desses sentimentos, vividos pela mulher.

  No contexto da história, a mulher é, frequentemente, referenciada como “a violeta”. O termo remete à lembrança de um trecho da música “Chão de giz”, do cantor e compositor paraibano Zé Ramalho, de quem a autora é fã, vindo daí, inclusive, a escolha do título do livro.  “ É um livro que trata sobre a luta interna contra sentimentos e emoções que nos adoecem. Uma constatação que o nosso maior inimigo, muitas vezes, é o nosso próprio pensamento”, ressalta a autora.

O livro é lançado pela editora Primeiro Lugar, do jornalista Rafael Morais, através do selo Extra Campo, criado pelo editor para publicações que fogem ao tema futebol (especialidade da editora). "Tínhamos a pretensão de lançar o livro na segunda quinzena de maio, mas a pandemia alterou todos os planos. Vamos ver se até o final de agosto dá para fazer o lançamento oficial", destaca a autora.

13

Jul

Comunicação

Pesquisa: home office aumenta vendas de PCs e notebooks no mundo

O mercado de computadores e notebooks cresceu durante a pandemia do novo coronavírus devido ao aumento do número de pessoas que precisaram passar a trabalhar ou estudar de casa.

De acordo com a consultoria americana IDC, o salto de vendas no setor foi de 11,2% de abril a junho de 2020, em relação ao mesmo período no ano passado. Foram 72,26 milhões de unidades vendidas ao varejo.

As maiores empresas do setor foram HP, Lenovo e Dell, que registraram a primeira queda em quatro anos, puxada por uma redução de vendas de 20% na América Latina, segundo dados da consultoria Gartner, também americana.

Veja, na tabela a seguir, as fabricantes que mais venderam PCs e notebooks no segundo trimestre, segundo a IDC. Vale ressaltar que a Exame apurou que os dados são preliminares e ainda podem mudar.

Fonte: Exame, disponível em: https://exame.com/tecnologia/home-office-aumenta-vendas-de-pcs-e-notebooks-no-mundo/