Lazer & Cultura

19

Jun

Lazer & Cultura

Parceria do Spotify com Warner e DC promete podcasts originais de super-heróis

Usuários do Spotify poderão, em breve, conferir um conteúdo diferenciado na plataforma de streaming de música e podcast. A empresa acaba de anunciar que fechou uma parceria de longo prazo com a DC e a Warner Bros para conteúdos originais, trazendo uma nova forma de entretenimento para quem é fã do estúdio e dos personagens.

A novidade vai trazer podcasts animados envolvendo grandes super-heróis e vilões da DC, como Coringa, Super-Homem e Mulher-Maravilha, e os programas poderão ser ouvidos não só pelos assinantes do Spotify, como pelos usuários gratuitos. O conteúdo produzido e distribuído pelas empresas conta com narrativas e roteiros originais, visando engajar a comunidade com a propriedade intelectual da DC e suas principais estrelas. Inicialmente, os podcasts serão apenas em inglês.

"À medida que enxergamos um crescimento explosivo de podcasts em todo o mundo, estamos entusiasmados em firmar essa parceria com a Warner Bros. para construir essa série de programas baseados nos mundos da DC e WB. Não poderíamos estar mais empolgados por trabalhar com toda a equipe da Warner Bros. e DC para entregar novas histórias exclusivas aos mais de 286 milhões de usuários do Spotify", comemorou Dawn Ostroff, vice-presidente mundial de conteúdo e negócios de publicidade do Spotify.

Quem estiver curioso para conferir a novidade, já pode começar a seguir a página exclusiva da novidade abaixo ou neste link e aguardar os primeiros lançamentos. Mais informações sobre a parceria também devem ser divulgadas em breve.

Fonte: Canaltech, disponível em: https://canaltech.com.br/apps/parceria-do-spotify-com-warner-e-dc-promete-podcasts-originais-de-super-herois-166689/

18

Jun

Lazer & Cultura

Secretaria da Mulher de Natal aposta em podcasts para empoderar mulheres

O mundo vive tempos diferentes e nesses novos tempos onde o isolamento social é de fundamental importância para conter o avanço do novo Coronavírus, as mulheres têm se tornado um público ainda mais vulnerável às agressões. Casos de violência doméstica e familiar cresceram de forma significativa nos quatro cantos do Brasil.

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (Semul), tem se mantido alerta ao aumento desses índices e, mesmo com setores da administração trabalhando em regime de teletrabalho, os equipamentos sociais do órgão – Centro de Referência da Mulher Elizabeth Nasser (Cren) e Casa Abrigo Clara Camarão – continuam atendendo as mulheres em situação de violência ou risco iminente de morte.

Com ações voltadas ao apoio, proteção e acolhimento a essas mulheres, a SEMUL aposta na informação como importante estratégia de combate à violência doméstica. Pensando assim, a partir deste mês de junho será iniciado uma série de podcasts abordando temáticas diversas voltadas aos direitos humanos das mulheres e seu empoderamento. Os episódios serão publicados semanalmente até novembro obedecendo a temática de cada mês. A escolha dos temas foi baseada nos eixos de atuação do Plano Nacional de Políticas para as Mulheres.

Junho: Atuação da Semul e a questão da violência contra a mulher

Julho: Mulher e Mercado de Trabalho

Agosto: Educação não Sexista

Setembro: Participação de Poder e Decisão

Outubro: Saúde da Mulher

Novembro: 16 Dias de Ativismo

Os podcasts da Semul serão disponibilizados no site da Prefeitura do Natal, nas redes sociais institucionais, Instagram (https://www.instagram.com/natalprefeitura), Facebook (https://facebook.com/prefeituradonatal) e Twitter (https://twitter.com/NatalPrefeitura), além da plataforma de streaming de áudio, Spotify.

18

Jun

Lazer & Cultura

Bacurau: Telecine exibe filme no YouTube hoje

O Telecine exibirá nesta quinta-feira (18) em seu canal do YouTube o filme Bacurau. A transmissão acontece em celebração ao Dia do Cinema Brasileiro e irá contar com a participação do elenco.

A exibição do filme será realizada em uma live no canal, sob o comando de Renata Boldrini. A apresentadora vai abrir e encerrar a live, compartilhando diversas curiosidades sobre a produção, enquanto o elenco irá interagir com o público em tempo real durante a exibição do filme. Os atores Silvero Pereira, Thomas Aquino e Karine Telles responderão perguntas dos fãs, ao lado dos diretores Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles.

A sessão também contará com legendas em português, para que o filme possa ser acompanhado por pessoas com deficiência auditiva. Durante a exibição, será compartilhado um QR Code da plataforma Para Quem Doar. A iniciativa, criada pelo Grupo Globo, levanta dinheiro para “quem está trabalhando incansavelmente para combater e prevenir os impactos da pandemia do novo coronavírus no país”.

Na trama, pouco após a morte de dona Carmelita, aos 94 anos, os moradores de Bacurau, vilarejo localizado no sertão nordestino, descobrem que a comunidade não consta mais em qualquer mapa. Quando os corpos de alguns moradores da região começam a aparecer baleados, Teresa (Bárbara Colen), Domingas (Sônia Braga), Acácio (Thomas Aquino), Plínio (Wilson Rabelo), Lunga (Silvero Pereira) e outros habitantes chegam à conclusão de que estão sendo atacados e precisam reagir o quanto antes.

O filme foi indicado à Palma de Ouro e venceu o prêmio do Júri no Festival de Cannes de 2019. A exibição acontece às 18 horas desta quinta-feira. Para acompanhar, basta acessar o canal do Telecine no YouTube, é só acessar https://www.youtube.com/user/telecine

Fonte: TecMundo, disponível em: https://www.tecmundo.com.br/cultura-geek/154267-bacurau-telecine-exibe-filme-youtube-quinta-feira.htm

17

Jun

Lazer & Cultura

Parceria do Sesc RN vai ensinar receitas e promover doação de refeições

O Serviço Social do Comércio (Sesc RN), uma entidade do Sistema Fecomércio, vai levar seus seguidores das redes sociais para a cozinha, com o projeto Gastronomia Solidária. Toda quarta-feira, direto da cozinha do restaurante do Sesc Rio Branco, um chef convidado dará dicas para a produção de pratos fáceis e de baixo custo, com as receitas divulgadas no dia anterior.

Para o projeto, foram convidados os chefes Fernando Amaral, Joelson Leite, Geraldo Resende e Paolo Passarielo, que farão pratos diversos, com influência da cozinha japonesa, mineira e italiana. Além deles, o programa contará ainda com a presença de um chef da cozinha do Sesc. As dicas servirão para aqueles que já cozinham em casa ou que pretendem iniciar uma experiência gastronômica, sem esquecer o lado solidário, pois estimulará a produção de refeições para ser doadas pelas pessoas.

As receitas serão transmitidas pelas redes sociais e poderão render até 300 refeições, já que o projeto é voltado para a produção solidária de alimentos, ou seja, além de cozinhar para a família, o seguidor também pode dar sua contribuição. Todas as refeições feitas durante as gravações serão doadas pelo chef Fernando Amaral, semanalmente.

Além da rede social do Sesc, os programas estarão disponíveis nos perfis do Papo de Fogão e, aos sábados, na Tv Ponta Negra e pela Band Nordeste, que retransmitirá para o Piauí, Alagoas e Maranhão. Já as receitas estarão disponíveis às terças-feiras, no perfil do Papo de Fogão.

17

Jun

Lazer & Cultura

Netflix: Brasil é 3º maior mercado e 2º em número de assinantes

Um novo estudo da CompariTech, empresa de análise de mercado de tecnologia, mostra que o Brasil já é o terceiro maior mercado da Netflix mundialmente. O grupo levantou dados de relatório financeiro da gigante do streaming.

Segundo o levantamento, a nossa região foi responsável pela receita de US$ 395 milhões no primeiro trimestre de 2020. O Brasil só perde em mercado para Reino unido (US$ 460 milhões) e Estados Unidos, líder disparado com US$ 2,4 bilhões em receita.

Entretanto, o nosso país é a maior região em número de assinantes fora dos Estados Unidos, alcançando 16 milhões de pessoas no primeiro trimestre de 2020. Nisso, a região só perde para os Estados Unidos, que domina 63 milhões de assinantes do serviço.

O Brasil só não é um mercado maior para empresa por questões fiscais e moeda fraca. O ponto é que, em média, cada assinante daqui oferece uma receita de US$ 8,05 para a Netflix. Em comparação, a média do Reino Unido é de US$ 10,40 por assinante, por isso a região tem menos usuários que Brasil, mas maior receita ainda. Nos Estados Unidos, a média de receita é de US$ 13,09 por conta.

Apesar disso, o maior crescimento do serviço tem sido no mercado europeu, Oriente Médio e África. No início de 2018, a região era responsável por 25% da receita total da Netflix. Agora, já corresponde 32% do total. A Netflix conta com 182 milhões de assinantes em todo mundo, com receita anual de US$ 19 bilhões de dólares, mundialmente.

Fonte: Canaltech, disponível em: https://canaltech.com.br/resultados-financeiros/netflix-brasil-e-3o-maior-mercado-e-2o-em-numero-de-assinantes-166515/

16

Jun

Lazer & Cultura

Grupo Reviver segue com mutirão de mamografias na Ribeira até sexta

O Grupo Reviver segue até sexta-feira (19) o mutirão de mamografias. A Unidade Móvel Savana Galvão está das 7h30 às 15h, na Policlínica Dr Zeca Passos, situada à Praça Augusto Severo, na Ribeira. A demanda de pacientes continua a ser livre, com distribuição de fichas sempre no início do expediente. 

“As mulheres que fizeram mamografia há um ano ou mais ou que estejam sentindo algum nódulo devem procurar atendimento, lembrando de usarem a máscara. Estamos adotando todas as medidas para preservar ao máximo as pacientes e profissionais responsáveis pelo atendimento”, afirmou a presidente do Grupo Reviver, Ana Tereza Fiúza. 

Novas práticas foram incorporadas visando resguardar as pacientes e profissionais, minimizando os riscos de contaminação pela Covid-19. Na fila de espera, a distância entre as pacientes é de dois metros, todas usando máscara - aquela que por ventura não tiver, o Grupo Reviver fornecerá; antes de subir na unidade móvel, a temperatura de cada mulher é verificada por termômetro digital infravermelho de testa e é fornecido álcool a 70% para higienização das mãos; na recepção, foi instalada uma divisória de acrílico, além do uso de álcool a 70% e luvas; e as técnicas usarão capotes, luvas e máscaras de acetato.

Segundo dados das Sociedades Brasileiras de Cirurgia Oncológica e de Patologia, em dois meses de pandemia, cerca de 50 mil pessoas deixaram de ser diagnosticadas com câncer em todo o Brasil pela falta de realização de exames. A mamografia é um dos mais eficientes exames para o diagnóstico de câncer e outras alterações nas mamas. Para mais informações, acesse: www.gruporeviver.com/.

16

Jun

Lazer & Cultura

Capas da Vogue Itália substituem modelos por desenhos de crianças em confinamento

Algumas revistas tradicionalmente focadas em moda e cultura têm mostrado como uma boa direção editorial faz a diferença. Em abril, a edição mexicana da Marie Claire cedeu o espaço de suas capas e redes sociais para homenagear profissionais de saúde que estão trabalhando no combate à pandemia de Covid-19. Também em abril, a Vogue da Itália publicou uma capa totalmente branca, símbolo de um novo começo quando os números de contaminados no país começaram a sinalizar o fim do pico de contágio pelo coronavírus.

Agora, a Vogue Itália substitui as modelos e celebridades que frequentemente estampam suas capas por desenhos feitos por crianças confinadas durante a quarentena. A série “Our New World” (“Nosso Novo Mundo”) conta com ilustrações feitas por 8 crianças entre 2 e 10 anos, e que tiveram seus desenhos selecionados em meio a mais de 100 criações.

“As crianças foram as vítimas mais negligenciadas e menos óbvias da pandemia”, disse Emanuele Farneti, editora-chefe da Vogue Itália em comunicado. “Estamos começando a imaginar um mundo novo”, completa.

A marca Vogue tem claramente feito um grande esforço criativo durante a pandemia de Covid-19, especialmente a fim de evitar gafes nesse momento. A publicação, no entanto, não escapou dos protestos antirrascitas que têm acontecido pelo mundo, especialmente nos Estados Unidos. Em resposta, Anna Wintour, diretora-chefe da Vogue prometeu uma mudança a fim de “elevar as vozes das pessoas negras” na empresa.

Fonte: Portal B9, disponível em: https://www.b9.com.br/127642/capas-da-vogue-italia-substituem-modelos-por-desenhos-de-criancas-em-confinamento/

9

Jun

Lazer & Cultura

Lives ganham incremento extra com suporte e melhoria da internet

A pandemia do novo coronavírus modificou as relações sociais em todo o mundo. Com o isolamento, a internet tornou-se a maior aliada na manutenção da vida social: live’s e vídeo-chamadas conectam e aproximam amigos, familiares e colegas de trabalho. Segundo pesquisa realizada pelo Business Insider, a rede social Instagram aumentou em 70% o percentual de uso das chamadas live’s.

A plataforma de pesquisas digitais, MindMiners, entrevistou usuários e revelou que 76% dos participantes das live’s querem a continuidade desse serviço mesmo após a pandemia. Por meio das transmissões ao vivo pelas redes sociais, artistas de todo Brasil e também ao redor do mundo realizam shows para levar entretenimento e solidariedade aos fãs. A tendência também é seguida em nível local.

No entanto, nem sempre a banda larga que o artista dispõe é suficiente para que a transmissão aconteça livre de interferências e sem o risco de sair do ar. Desta forma, a Cabo Telecom tem fornecido um suporte extra aos artistas que buscam o seu apoio para a realização dos shows ao vivo pelas redes sociais. A empresa aumenta o upload para a transmissão e oferece consultoria para o uso - sem custo. Para isso, é preciso que a localização esteja dentro da área de cobertura de fibra óptica da empresa.

“Nós oferecemos um serviço que conecta pessoas e sempre fomos grandes incentivadores dos artistas locais. E agora, com essa nova modalidade de shows via live’s, estamos identificando uma demanda espontânea dos artistas que buscam um suporte de internet com qualidade e, assim, possam fazer a transmissão para seus seguidores sem o risco de interferências”, comenta Cláudio Alvarez, diretor da Cabo Telecom.

Entre os artistas que já contaram com o apoio estão Pedro Luccas, Tetê Pessoa, Thúllio Milionário e a cantora Walkyria Santos, que vem realizando live’s em seus canais desde o início do isolamento. Ela enfatiza a importância desse apoio aos artistas potiguares: “Nós, artistas, estamos realizando live’s com o intuito de continuar levando a nossa música a todos os nossos admiradores. E com o apoio da Cabo Telecom provendo a nossa Internet, consigo fazer essas transmissões com muita qualidade”, comemora.

9

Jun

Lazer & Cultura

Semana do Meio Ambiente arrecada quase 1 tonelada de lixo eletrônico em Natal

A campanha de arrecadação de lixo eletrônico, realizada pela Prefeitura do Natal, durante a Semana do Meio Ambiente de Natal 2020, foi um sucesso. Durante os cinco dias de evento foi arrecadada quase uma tonelada de eletroeletrônicos. Foram no total 907 kg distribuídos entre computadores, impressoras, televisores e similares.  

A ação parceira da Urbana com Natal Reciclagem ocorreu de duas formas durante o evento, pelo Ecozap do Lixo Eletrônico, todos os dias, de 01 a 05 de junho. E pelo Drive thru, nos dias 04 e 05. Na primeira modalidade, o cidadão podia realizar o descarte por meio de agendamento via WhatsApp, que em até 24h uma equipe se deslocaria para coletar o material. E a segunda por meio de pontos físicos para o recebimento sem sair do carro: um no Palácio dos Esportes (zona Leste) e outro no Ginásio Nélio Dias (zona Norte).

Os equipamentos eletrônicos são compostos por substâncias químicas, que comprometem o meio ambiente e ameaçam a saúde humana. A Natal Reciclagem é uma empresa que trabalha na destinação ambientalmente correta de resíduos que contenham valor econômico para reciclagem. Todo o material coletado será distribuído para empresas responsáveis por reciclagem.

Se por acaso você perdeu a ação de coleta durante a Semana e ainda tem lixo eletrônico para descartar, basta enviar mensagem pelo WhatsApp (84) 99966-4010 com fotos dos resíduos, nome e o endereço de quem solicita que uma equipe irá recolher o material em sua casa.

9

Jun

Lazer & Cultura

Rio Grande do Norte terá delegacia virtual em defesa das mulheres

A governadora Fátima Bezerra sancionou, nesta segunda-feira (08), em solenidade virtual, a Lei nº 10.726 que institui a delegacia virtual para o enfrentamento à violência contra a mulher. De autoria da deputada estadual Isolda Dantas, a iniciativa cria um novo canal virtual de atendimento e registros de denúncias para ampliar o combate à violência doméstica contra as mulheres potiguares.

“Essa é mais uma ferramenta para as mulheres que não conseguem escapar do agressor neste momento de pandemia, especialmente aquelas que dividem a mesma casa. As mulheres de todo o Estado poderão ter acesso a mais uma forma de pedir ajuda”, afirmou a governadora.

Dados divulgados pelo Fórum Brasileiro de Segurança colocam o Rio Grande do Norte entre os Estados com maior número de feminicídio neste período de distanciamento social, principal medida para conter a contaminação do novo coronavírus (Covid-19). Durante a pandemia houve um aumento do número de registros de violência doméstica e de pedidos de medidas protetivas. Segundo o observatório da violência no RN, no período de 12 de março a 18 de maio, houve redução na violência geral, mas os casos de violência doméstica, nesse mesmo período, aumentou em 258%.

Fruto do diálogo entres os poderes, órgãos estaduais e conselhos, a nova lei compõe a política de enfrentamento à violência de gênero no RN e se soma às demais leis sancionadas em defesa dos direitos da mulher, como a instituição da Casa Abrigo e a lei que torna obrigatório aos condomínios residenciais o ato de denunciar qualquer ocorrência ou indício de violência doméstica ou familiar - ambas de autoria da deputada estadual Cristiane Dantas - e ainda a lei que institui o aplicativo de denúncias de violência doméstica e familiar contra a mulher SOS Mulher, de autoria da deputada estadual Eudiane Macedo.

“Um dia que ficará marcado pela união em defesa da vida sem violência e com dignidade. A pandemia nos levou ao isolamento e distanciamento social, diante deste contexto temos que fazer parte do Pacto pela Vida, protegendo a vida de cada mulher. Com ações concretas como esta sinalizamos para a sociedade com políticas de estado que cada vida importa. Nós queremos um RN livre de violência”, completou Fátima Bezerra.

De acordo com a delegada-geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva, a plataforma entrará em funcionamento na próxima semana. “O sistema já está pronto, as equipes estão sendo treinadas para que em breve as mulheres possam acessar mais um meio de auxílio”, disse.

Os delitos praticados em não flagrante, no âmbito do RN, decorrentes de violência doméstica familiar contra a mulher, na modalidade ação ou omissão baseada no gênero que venha a lhe causar morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial poderão ser registrados por meio da Delegacia Virtual, sendo assegurado a mulher manifestar o interesse em requerer medida protetiva de urgência, prevista na Lei Federal nº 11.340, de 07 de agosto de 2006.

NOVA LEI

Um documento da ONU Mulheres no Brasil alertou, no dia 20 de março, que o enfrentamento à Covid-19 tinha outro peso para mulheres e meninas, que passava desde a sobrecarga das atividades domésticas até o ato de agressão – moral, física ou sexual – dentro de casa. “Sabemos que o isolamento domiciliar não é a causa dessa violência. Mas, nesse momento, as mulheres que já sofrem com relacionamentos abusivos correm mais perigo porque não estão conseguindo escapar do agressor. E o lugar mais perigoso pode ser dentro de casa”, destacou a governadora.

Para a autora da Lei, a deputado Isolda Dantas, “A violência é a expressão mais dura do machismo. As mulheres a partir de hoje vão contar com mais um meio, uma ferramenta, durante a pandemia e pós pandemia. Uma mulher de Upanema ou Canguaretama terá acesso a uma delegacia para elas e poderá denunciar de qualquer lugar do Estado”. Os órgãos responsáveis poderão, a partir das denúncias recebidas, tomar medidas assistenciais às vítimas, podendo, inclusive, solicitar encaminhamento das polícias.

A subsecretária de Políticas para Mulheres do Estado, Ivanete Oliveira, diz que com a pandemia da Covid-19, a principal recomendação de ficar em casa se tornou, para muitas mulheres, um sinônimo de não estar protegida. "O aplicativo SOS Mulher será mais um instrumento de denúncia que as mulheres do Rio Grande do Norte poderão contar a partir de agora, principalmente no período de isolamento social", disse.

Participaram da reunião, além dos já citados, o vice-governador, Antenor Roberto; as deputadas estaduais Isolda Dantas, Cristiane Dantas e Eudiane Macedo; as vereadoras Nina Souza, Carla Dickson, Ana Paula e Júlia Arruda; a coordenadora do Programa RN+Saudável, Tereza Freire; as promotoras Luciana Assunção e Erica Canuto; a representante do Conselho Estadual de Direitos da Mulher – CEDIM, Joana Lopes; a presidenta da Federação de Mulheres, Rosa Melo; Adriana Vieira (Centro Feminista) e Camila Silvestre.

 

8

Jun

Lazer & Cultura

“Concurso Jovens Solistas OSRN” abre inscrições para Etapa Nacional com premiação de 3 mil reais

O “Concurso Jovens Solistas OSRN” é uma ação da temporada 2020 do projeto Movimento Sinfônico, criado com o objetivo de conectar jovens solistas de todo Brasil com a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte - OSRN. Em decorrência da pandemia ocasionada pelo Coronavírus, todas as fases acontecem virtualmente. A Etapa Nacional está com inscrições até o dia 22 de junho e prêmio de R$ 3 mil reais.

“A música tem se destacado como uma importante parceria para a sociedade neste momento, e nós pensamos em algo que pudesse manter os jovens conectados com seus estudos, que sinalizasse uma esperança profissional e ainda que promovesse um conteúdo valoroso para nosso público”, explica a diretora de produção da OSRN, Tatiane Fernandes, sobre a motivação de lançar o concurso durante esse período.

A Etapa Nacional é dedicada a brasileiros instrumentistas ou cantores, e o primeiro colocado receberá prêmio de R$ 3 mil reais. As inscrições acontecem de 01 a 22 de junho de 2020 através do site www.osrn.com.br - Confira regulamento completo na página -. Serão selecionados até 12 candidatos para a final que ocorre no dia 30 de junho. Os finalistas são elegidos pela Comissão Avaliadora e o público é convidado a escolher o vencedor do concurso. Os nomes dos finalistas serão anunciados no dia 27 de junho e a votação popular acontece através do site da orquestra, de 28 (a partir das 9h) a 30 de junho. Vale lembrar que os vencedores da Etapa Estadual, o pianista Tiago Ferreira e o violoncelista Diego Paixão, já estão classificados para a final nacional.

As performances dos finalistas serão apresentadas durante o programa Terças Clássicas ao Vivo com o Maestro, a partir das 20h, pelos canais oficiais da OSRN, no YouTube e Facebook. O resultado da votação acontece ao vivo, após a exibição dos vídeos e encerramento da votação.

A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte conta com 60 músicos, direção artística do Maestro Linus Lerner e produção da Mapa Realizações Culturais que, com afinco, efetivam atividades educativas difundindo música de qualidade, seja ela erudita ou popular. Um trabalho de suma importância para o desenvolvimento cultural não somente do Estado, mas de todo o país.

A OSRN, desde a temporada de 2018, vinha executando durante as apresentações mensais no Teatro, projetos com regentes e solistas convidados, nacionais e internacionais, o que proporciona crescimento aos músicos integrantes da orquestra, uma vez que cada convidado compartilha de suas experiências artísticas. No período de pandemia, a Orquestra, como patrimônio cultural do RN, também se preocupa em expandir a musicalidade à população e levar oportunidades aos músicos do Brasil através de apresentações on-line e com o Concurso, esse, em consonância com os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU.

“O Movimento Sinfônico é um projeto de arte sinfônica que se mantém a serviço da sociedade para oferecer arte, educar, promover parcerias, reduzir as desigualdades e a exclusão social. O concurso inspira os jovens de todo país, em especial os que vivem em situação de vulnerabilidade social, a mostrarem suas habilidades artísticas com o estímulo de uma premiação”, ilustra Tatiane Fernandes.

A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte tem o Governo do Estado do RN como seu principal mantenedor. E a temporada 2020 tem patrocínio via incentivo fiscal da Companhia Energética do Rio Grande do Norte – Cosern e Instituto Neoenergia, por meio da Lei Câmara Cascudo do Governo do Estado do RN, da Unimed Natal, Hospital do Coração e Prefeitura do Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão. O projeto Movimento Sinfônico é uma realização da OSRN / Fundação José Augusto e MAPA Realizações Culturais.

5

Jun

Lazer & Cultura

Live do bem arrecada doações para comunidades carentes

Na próxima quarta-feira (10), a partir das 17h, a Faculdade UNINASSAU Natal realiza uma live com o tema “Legal é ser do bem”. O evento, que acontece ao vivo no Instagram @uninassaunatal, será ministrado pelo coordenador do curso de Direito da Instituição, Juan Almeida, e terá como convidados professores da UNINASSAU. O objetivo é promover um bate-papo descontraído sobre Direito e arrecadar doações para comunidades carentes de Natal.

De acordo com Juan Almeida, a intenção é mobilizar a população para pensar nas questões envolvendo esse período de confinamento social. “Nesse momento ímpar que o mundo está vivendo, temos que fazer a nossa parte e nada melhor do que levar conhecimento para a população acadêmica e a sua família”, destaca. Uma vaquinha online foi criada e as doações poderão ser feitas através do link https://bityli.com/LWIpJ

O evento é uma oportunidade para agregar novos conhecimentos, trocar experiências e ampliar o networking profissional. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site extensao.uninassau.edu.br.  

4

Jun

Lazer & Cultura

Edição 2020 do Projeto Conexão Elefante Cultural será pela internet

Como um projeto que nasceu para ocupar espaços públicos e levar espetáculos culturais a cidades do interior do RN pode existir num mundo em que o distanciamento social é a nova regra? Esse é o desafio que o Conexão Elefante Cultural, que em 2020 chega a sua quinta edição, tem pela frente. Diante do agravamento da pandemia do novo coronavírus, o Conexão está se reestruturando e vai embarcar na onda do digital. Para falar sobre as novidades que estão em desenvolvimento, uma série de lives acontece no mês de junho no Instagram do projeto.

A primeira transmissão está marcada para quinta-feira, dia 4, às 18h. O bate-papo será com a idealizadora da ação, Diana Fontes; e com a produtora executiva Joana Patiño. A ideia é apresentar aos inscritos para formação do espetáculo e também ao público em geral como será feita a adaptação para este novo momento.



“Em plena época de pandemia, mas com muita responsabilidade, aderir ao mundo virtual é a forma de fazer nossa arte chegar à todas as cidades propostas e até ir mais além, com o auxílio das ferramentas digitais”, explica Diana Fontes.

O projeto é patrocinado pela COSERN, Instituto Neoenergia, através da Lei Câmara Cascudo e Governo do Estado, com realização de Diana Fontes Direção e Produção Cultural.

4

Jun

Lazer & Cultura

Estudo: público autodeclarado gamer cresce 7,1%, de maioria feminina

Um crescimento de 7,1% no público que se considera gamer. Essa foi uma das constatações da sétima edição da Pesquisa Game Brasil. O levantamento, realizado pela Sioux Group através da unidade de negócios da Go Gamers ESPM e a Blend New Research, ouviu 5.830 pessoas em 26 estados mais o Distrito Federal durante o mês de fevereiro. De acordo com o estudo, 73,4% dos brasileiros jogam jogos eletrônicos.

A principal faixa etária de jogadores no Brasil é de adultos de 25 a 34 anos, representando 33,6% de todo o público. Em seguida aparecem os jovens de 16 a 24 anos (32,5%). Mulheres continuam sendo a maioria: elas representam 53,8% do total de jogadores. A plataforma preferida do brasileiro para jogar é o celular, com 86,7%, à frente do videogame (43,0%) e do computador (40,7%). Os e-sports são conhecidos por 65,6% do público gamer no Brasil, destes, 44,7% afirmam ser praticantes.

“Alguns hábitos que já apresentavam tendência de crescimento em relação ao ano anterior, como conhecimento e consumos dos e-sports, cresceu 6,7% e jogar diariamente, podem ter acelerado ainda mais em detrimento das atuais medidas de isolamento social”, diz Lucas Pestalozzi, presidente da Blend New Research.

O estudo mostra que os gamers brasileiros se dividem em dois grupos: 67,5% que não se consideram gamers e 33,5% que se consideram. O primeiro foi caracterizado como o “gamer casual”, uma maioria que possui o hábito de jogar, porém em menor tempo e frequência. O segundo grupo foi caracterizado como o “gamer hardcore”, que tem o jogo digital destacado em seus hábitos de consumo e dentro de suas preferências.

Entre os casuais, as mulheres lideram por mais um ano de pesquisa, com 61,9% desse público sendo feminino. Os homens, por sua vez, se identificam mais com o perfil hardcore, com 61,3%. Do ponto de vista de mercado, o hardcore gamer possui uma população menor, mas muito relevante e engajada: jogam três vezes ou mais por semana, em sessões que duram por volta de 3h.

“Ser um ‘hardcore gamer’ tem mais a ver com a importância dos games na vida do jogador, e não necessariamente está relacionado à quantidade de horas jogadas”, explica Guilherme Camargo, sócio-CEO do Sioux Group. “Um bom exemplo seriam as pessoas em idade adulta, que trabalham e têm menos tempo para jogar, mas nem por isso deixam de consumir games e se dedicar a esta atividade”, acrescenta.

Hábitos de consumo

A pesquisa também revela que os hardcore gamers consomem mais alimentos do que os casuais durante as sessões (79,3% e 66,4%, respectivamente). O primeiro grupo divide o tempo de jogo com o consumo de três categorias de alimentos: salgadinhos/snacks (37,6%), refrigerante (37,3%) e sucos (34,9%). Já os casuais consomem duas categorias durante as partidas, preferindo também os snacks (33,3%), mas votando pelos chocolates e doces em segundo lugar (29,0%).

Fonte: Portal Meio e Mensagem

Disponível em: https://www.meioemensagem.com.br/home/midia/2020/06/03/publico-declarado-gamer-cresce-71-e-e-de-maioria-feminina.html

2

Jun

Lazer & Cultura

Shopping investe em estrutura de serviço de venda online com retirada presencial

Após implantar o sistema de drive-thru em 20 shoppings da rede, a Ancar Ivanhoe dá mais um passo em direção à omnicanalidade com a instalação de lockers em 21 empreendimentos do grupo (entre eles o Natal Shopping) para compras online e retiradas no shopping. A ação, que está prevista para inaugurar ainda neste mês de junho em algumas cidades, se junta ao serviço de delivery e consolida os shoppings como uma verdadeira plataforma de venda O2O (Online to Offline).

Por meio do site do Natal Shopping, o cliente pode entrar em contato diretamente com a loja, efetuar a compra via WhatsApp ou loja virtual e optar por retirar o produto nos lockers disponíveis nas áreas de acesso do shopping. Basta usar o QR Code disponibilizado pela marca para destrancar a gaveta e ter acesso à compra em até 72 horas.

“Esse serviço faz parte da estratégia de transformar os shoppings em plataformas de venda multicanais que possibilitam aos clientes novas experiências online e offline. Com o período de isolamento social, aceleramos o passo e apostamos em modelos de negócio como lockers, drive-thru e delivery para encurtar a distância entre o mundo físico e virtual e ofertar mais opções aos nossos parceiros em uma nova era de consumo”, garante Diego Marcondes, head de Marketing da Ancar Ivanhoe.

Os lockers começam a ser instalados a partir do dia 01 de junho no Rio de Janeiro nos shoppings Nova América, Boulevard, Botafogo Praia, Madureira, Nova Iguaçu e Rio Design Barra. Já no estado de São Paulo, o modelo de negócio estará disponível nos shoppings Pátio Paulista, Eldorado, Itaquera, Golden Square, Parque das Bandeiras e CenterVale. No Nordeste do país, a ação acontece em Fortaleza e Natal, respectivamente, nos shoppings North Shopping Fortaleza, North Shopping Jóquei, Via Sul e Natal Shopping. Em Brasília, os lockers serão instalados no Conjunto Nacional, em Cuiabá, no Pantanal Shopping e em Rondônia, no Porto Velho Shopping.

“Acreditamos que o comportamento de consumo da população sofrerá uma grande transformação após o período de isolamento. Não só pela procura de produtos, mas também pelos canais de consumo. A transformação digital virou uma realidade e precisamos acelerar os projetos de inovação da empresa para atender os nossos clientes com toda a segurança e qualidade que eles já estão acostumados”, analisa Marcondes. 

A expectativa é de que até final de junho o serviço esteja disponível em todos os shoppings da rede participantes da ação.