Educação

24

Ago

Pedido de reaplicação do Encceja 2020 pode ser feito até sexta

Pessoas com sintomas de covid-19 ou outras doenças contagiosas não devem comparecer ao local de provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2020 marcadas para o próximo domingo, (29). A orientação é do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que pede para que esses participantes solicitem a reaplicação do exame. A solicitação da reaplicação da prova deve ser feita até as 12h de sexta-feira (27), por meio do Sistema Encceja, e mediante comprovação da condição de saúde. 

Nesta edição, o Encceja será aplicado para mais de 1,6 milhão de pessoas, em 622 cidades brasileiras. O exame é voltado para quem não concluiu os estudos na idade apropriada. Por meio do Encceja, os participantes têm a oportunidade de conseguir a certificação tanto para o ensino fundamental quanto para o ensino médio. 

Podem entrar com o pedido de reaplicação pessoas que apresentaram sintomas de covid-19 ou de outra doença infectocontagiosa prevista no edital, como coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola ou varicela. Os casos serão analisados individualmente pelo Inep e os resultados, divulgados no sábado (28), no sistema do exame.

Candidatos participam da primeira aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) Digital, na UniCarioca

A reaplicação ocorrerá nas mesmas datas de aplicação do Encceja para Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa 2020: 13 e 14 de outubro.

Documentos 

Para que o Inep analise os pedidos, a pessoa deverá inserir, obrigatoriamente, no momento da solicitação, documento legível que comprove a condição. Em casos de covid-19, o resultado do exame positivo para o novo coronavírus poderá ser utilizado para a comprovação. 

Quanto à documentação comprobatória das demais doenças previstas no edital, é necessário constar o nome completo do participante, o diagnóstico com a descrição da condição, o código da Classificação Internacional de Doença (CID 10), além da assinatura e da identificação do profissional que realizou o diagnóstico, com o registro do Conselho Regional de Medicina (CRM), do Ministério da Saúde (RMS) ou de órgão competente, assim como a data do atendimento. O documento precisa ser anexado em formato PDF, PNG ou JPG, no tamanho máximo de 2 MB.

Fonte: Agência Brasil / Foto: Fernando Frazão 

24

Ago

LAIS seleciona bolsistas para atuar em projeto de pesquisa

O Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), no uso de suas atribuições legais, torna pública a abertura de inscrições para a seleção de bolsista para o Projeto “PESQUISA APLICADA PARA INTEGRAÇÃO INTELIGENTE ORIENTADA AO FORTALECIMENTO DAS REDES DE ATENÇÃO PARA RESPOSTA RÁPIDA À SÍFILIS”.

O processo de que trata o presente Edital visa a seleção de alunos que estejam regularmente matriculados em curso de graduação ou pós-graduação em instituição devidamente reconhecida pelo MEC, nas áreas de: Ciência e Tecnologia, Ciências da Computação, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Biomédica, Engenharia de Computação, Sistemas de Informação, Tecnologia da Informação, Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Publicidade e Propaganda ou Design, conforme distribuição constante do no referido edital.

Os candidatos matriculados em cursos de pós-graduação em áreas não contempladas n referido edital, mas que tenham concluído a graduação em um dos cursos supracitados, poderão participar deste edital.

Os candidatos aprovados no processo seletivo comporão uma lista de cadastro de reserva, sendo então convocados conforme a ordem do resultado final deste certame, a disponibilidade de eventuais vagas e a validade do certame.

Edital 043/2021

23

Ago

Universitário potiguar terá encontro criativo com Alexandre Herchcovitch

Vem dos vaqueiros da zona rural de São Paulo do Potengi (RN), a inspiração para a coleção criada por um universitário potiguar e selecionada como finalista do concurso nacional InovaDenim da Santana Textiles. Como um dos selecionados, o estudante de Design de Moda, Floriano Laudomir, vai ter a oportunidade de participar de uma consultoria criativa com o estilista Alexandre Herchcovitch.

InovaDenim está em sua 2ª edição e tem como proposta explorar o tecido denim, indo muito além da aplicação em uma calça jeans five pockets. Por regra do concurso, o estudante não pode ainda divulgar imagens dos croquis, mas conta que a ideia veio de sua infância no interior.

Desde criança, ele escuta histórias do pai e dos avós contando sobre os vaqueiros que usam roupas de couro para se proteger da vegetação da caatinga, enquanto buscam o gado perdido na mata. "Eu peguei esses relatos de infância e liguei com os acontecimentos da pandemia. Como se a jornada do vaqueiro, passando rápido de cavalo dentro da caatinga, fosse uma metáfora para todos nós que passamos por esses últimos meses deixando marcas que não vamos esquecer nunca", explica.

Assim, a coleção tem inspiração primordialmente nas vestimentas dos vaqueiros, mas fala sobre o processo de sobrevivência. "Não é sobre os nossos machucados, é sobre abraçar tudo isso como parte da nossa história e conseguir seguir em frente".

Moda

Ainda em seu primeiro ano como aluno de Design de Moda da UnP, Floriano conta que o talento para a área começou ainda pequeno. "Eu desenho croquis desde criança, mas eu não sabia o que eles eram. Criava as personagens e gostava de fazer várias roupinhas, mas não cogitava muito entrar no mundo da moda".

Ele diz que, em 2018, "caiu de paraquedas" no curso de Engenharia Têxtil da UFRN, mas não concluiu a graduação. Porém, foi lá ele descobriu mais sobre a área e se interessou por explorar novamente seu lado criativo se matriculando na Universidade Potiguar em 2021.

Herchcovitch

Agora, o estudante aguarda ansioso o encontro com um dos estilistas mais famosos do mundo. "Eu estou muito nervoso em falar cara a cara com o Herchcovitch. Ainda não acredito que isso vai acontecer. Minha expectativa é poder trocar o máximo de experiência possível, pois ele é uma grande inspiração".

Junto com outros cinco finalistas, Floriano vai passar pela consultoria criativa na fase de confecção do look a ser desfilado no evento do Desfile Blue Day que será transmitido on-line no dia 7 de outubro.

23

Ago

Começa matrícula para pré-selecionados na lista de espera do Prouni

Começa hoje (23) o período para a comprovação de informações da inscrição e matrícula dos candidatos pré-selecionados na lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni), para o segundo semestre deste ano. O prazo para os estudantes comparecerem às instituições de ensino termina na sexta-feira (27).

A lista com o nome dos selecionados e o cronograma do programa podem ser acessadas no site do ProUni.

No total, o programa oferece 134 mil bolsas, sendo 69.482 integrais e 64.847 parciais. São bolsas para 10.821 cursos em 952 instituições de ensino, localizadas em todos os estados e no Distrito Federal.

Após as duas chamadas regulares, os estudantes inscritos também tiveram a oportunidade de participar da lista de espera. Caso as bolsas não sejam preenchidas nesta fase, o Ministério da Educação poderá ainda ofertar as vagas remanescentes em um novo edital.

O ProUni é o programa do governo federal que oferece bolsas de estudo, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior. Para ter acesso à bolsa integral, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

É necessário também que o estudante tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou da rede privada, desde que na condição de bolsista integral. Professores da rede pública de ensino também podem disputar uma bolsa, e, nesse caso, não se aplica o limite de renda exigido dos demais candidatos.

É preciso que o candidato tenha feito a edição mais recente do Exame Nacional do Ensino Médio, tenha alcançado, no mínimo, 450 pontos de média das notas e não tenha tirado zero na redação.

Fonte: Agência Brasil

22

Ago

Seis dicas para melhorar o desempenho nos estudos

O ensino híbrido ou learning blended é um formato de educação no qual há a integração entre o estudo presencial e online. O objetivo deste modelo é trazer autonomia aos estudantes. O conteúdo teórico é estudado à distância contando com o apoio de tecnologias digitais e são colocados em prática na aula presencial para aprimorar o conhecimento.

Desde a suspensão de aulas por causa da pandemia de Covid-19, o modelo de ensino híbrido é uma opção para muitas das instituições de ensino do país. Muitos estudantes tiveram de se adaptar e se organizar para estudar devido a essa nova rotina. Segundo o Censo Escolar, no segundo semestre de 2021, mais de 41 milhões de estudantes retornaram as aulas presenciais que se tornaram complemento para as aulas online.

“Este formato de ensino, se tornou uma tendência na área de educação. Então, mudanças de hábito e uso de ferramentas e equipamentos corretos podem ajudar a melhorar e facilitar a rotina de estudos. Um dos segmentos de prioridade da Wacom é o de educação, no qual, contamos com softwares parceiros e produtos especiais adaptados à necessidade de cada estudante”, explica Thiago Tieri, gerente de marketing da Wacom no Brasil. Confira, 6 dicas da Wacom de como se organizar e aprimorar os estudos:

1) Mobilidade

No ensino híbrido, tem dias que a aula é online e tem dias que é presencial, o que traz uma mudança de rotina diária para o aluno se organizar para estudar em casa. Ter equipamentos e ferramentas que facilitem essa locomoção é importante para o rendimento do estudo. Por isso, a Wacom Intuos é uma boa opção quando se fala em mobilidade. Por ser uma mesa digitalizadora compacta, se adequa aos objetivos do aluno, proporcionando conexão USB com PC Windows, MAC e dispositivo Android e ainda conectividade com Bluetooth. 

2) Utilizar equipamentos ergonômicos

Estudar em um local com equipamentos confortáveis, que promovam o bem-estar, é primordial quando o assunto é ergonomia. A Wacom traz ergonomia como uma opção para quem quer trocar o mouse por uma mesa digitalizadora, seja para escrever e/ou ilustrar, além de contar com botões ExpressKeys™ que podem ser personalizados de acordo com a necessidade do usuário. Já as canetas Wacom são usadas para controlar o movimento do cursor.  Elas são leves, pequenas e sem fio, não tem bateria e tem conexão disponível para USB ou Bluetooth. Além disso, o recurso de sensibilidade à pressão facilita na hora de escrever ou desenhar.

3) Tenha uma lista de tarefas

Começar o dia ou o mês com uma lista de tarefas é essencial quando o assunto é organização. Determine as prioridades e separe-as em blocos de tempo, assim vai ficar mais simples e fácil de cumprir a tarefa até o final do tempo determinado. O intuito é que sobre um tempo livre para descanso também. Essa lista vai ajudar na otimização do tempo, produtividade e foco para quem tem um estudo híbrido que varia de acordo com o dia. A lista pode ser usada para tarefas da vida pessoal e do trabalho. Alguns aplicativos da Wacom como o Bamboo Paper, oferecem uma tela especializada para escrita e pode ser utilizado na Intuos Small conectado ao PC ou ao MAC. Também funciona com aparelhos de sistema operacional Android.  

4) Tenha um local para os estudos

Ter uma área dentro de casa e na instituição de ensino para se dedicar aos estudos sem distrações externas é importante para a concentração e dedicação na tarefa que está executando no momento. Segundo o Professor Leandro Piccini.  “Além do mesmo local, também é necessário manter um horário contínuo, todos os dias estipulados, para os estudos. Essa rotina reforça os hábitos pessoais, e o cérebro perceberá que o estudante está executando a mesma tarefa em um local seguro. O ser humano aprende muito pela repetição, pois se tornará cada vez mais natural o hábito, uma vez que o cérebro se acostuma com o hábito estipulado.”

5) Use a tecnologia a seu favor  

Seja no presencial ou online, as tecnologias estão presentes em todos os lugares. Aproveite para usá-las a seu favor a fim de aprimorar os estudos individuais ou em grupo. Para isso, a Wacom, tem parceria com alguns Softwares que auxiliam os estudos de todos os modos. Entre eles estão o Limnu e o Explain Everything, que são quadros brancos digitais com recurso de vídeo conferência integrado para se fazer anotações e desenhos, além de permitir colaboração simultânea, ideal para trabalhos em grupo ou até para interação professor-aluno. Já o Kamiapp é um editor de PDF para sala de aula virtuais, que possibilita integração com Google Classroom, Canvas, ideal para comentários, leituras e fazer assinaturas.  

6) Tenha momentos para descansar

Fazer intervalos ao longo do dia para descansar após os estudos também é importante para equilibrar a rotina que os estudantes estão vivendo em pandemia. Esses são os momentos dedicados para recarregar as energias e ter um tempo para as distrações, hobbies e lazer. Respeitar esses horários se torna essencial para manter a saúde mental e física em dia.

21

Ago

Programa de Talentos recruta estudantes de tecnologia inovadores no Brasil

A Service IT, empresa especializada em outsourcing e consultoria nas áreas de TI e segurança cibernética, anunciou a ampliação do seu Programa de Talentos para 2021 com abertura de 10 novas vagasA organização, que efetivou 60% dos seus estagiários em 2020, convida mais pessoas a participarem da iniciativa e está em busca de estudantes de TI e ciências da computação a partir do segundo ano de faculdade, das cidades de São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Curitiba. O trabalho será realizado de maneira híbrida.

O processo seletivo é definido por três etapas: dinâmica de grupo, entrevista técnica (pode ser necessária a apresentação de um case), e entrevista final com o RH. Os estagiários trabalharão para a própria Service IT, que busca moldá-los para o futuro na empresa. 

Uma trilha individual será desenhada para cada estagiário ou estagiária, incluindo projetos a desenvolver e tarefas a realizar, pensando no seu crescimento individual dentro da corporação e na área que lhe for designada. Os escolhidos serão acompanhados por um mentor, que facilitará o acesso a informações e ficará responsável pelo desenvolvimento do talento. Além disso, treinamentos recorrentes são oferecidos e permitem aos jovens desenvolverem novas habilidades e competências, como cursos de inglês. tecnologia, ética e apresentação pessoal.

Para Cleverton Alves, Head de RH da Service IT, é possível construir uma carreira sólida a partir do estágio. “A Service IT acompanha de perto os talentos e procura efetivar o maior número de pessoas. A oportunidade é uma porta de entrada para o mercado de TI, que exige um nível técnico mais elevado, mas também oferece excelentes condições de trabalho”, afirma. Para fazer parte do processo seletivo, basta enviar um e-mail para selecao@service.com.br.

20

Ago

Nova missão do Habitat Marte fará simulações na água

A estação espacial análoga Habitat Marte lança mais um desafio: a missão Hydra. O trabalho acontece no período de 27 de agosto a 8 de setembro, sendo o período presencial de 3 a 7 de setembro de 2021. As inscrições estão abertas para pessoas interessadas em ter uma vivência em uma estação espacial análoga e participar das experiências de simulação associadas a atividades de mergulho.

O novo trabalho acontecerá com parte da equipe convivendo nas instalações físicas da estação Habitat Marte, na zona rural da cidade de Caiçara do Rio do Vento, no interior do RN. Ao mesmo tempo, outros participantes irão realizar atividades a distância, monitorando os resultados junto ao grupo presencial.

A missão Hydra tem esse nome por conta de atividades envolvendo prática e pesquisa sobre freediving e princípios de sobrevivência em ambiente aquático em áreas remotas. O trabalho também prevê o uso de técnicas meditativas e experimentais, associando a ausência de gravidade na água com as experiências previstas no espaço. Os participantes devem dispor de tempo para participar de reuniões pré e pós-projeto.

Essa é a iniciativa de equipes de número 80 e tem a participação de professores e alunos de São Paulo, Pernambuco e Rio Grande do Norte. A missão conta com a participação dos pesquisadores Robson Ryu Yamamoto, Tiyoko Hashimoto, Julio Rezende, Davi Souza,  Gabriel Lins e Luisa Mirelle Santos.

O Habitat Marte é um dos projetos mais inovadores do país no estímulo ao desenvolvimento de competências sobre o espaço e a sustentabilidade. Os candidatos a astronauta análogo devem entrar em contato com o professor Júlio Rezende, por meio do WhatsApp (84) 99981-8160.

20

Ago

Instituto do Cérebro seleciona bolsista para criação de cenários 3D para jogos

O Instituto do Cérebro (ICe-UFRN) está ofertando uma vaga para iniciação científica junto ao projeto Investigando o efeito do sono em medidas eletroencefalográficas, comportamentais e hormonais, coordenado pelo professor Sidarta Ribeiro. Podem se candidatar alunos que tenham previsão de manter vínculo de graduação com a UFRN até pelo menos setembro de 2022. As inscrições estão abertas até o dia 27 de agosto e é destinada a alunos dos cursos de Design, Ciência e Tecnologia, Ciências da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Biomédica, Engenharia de Computação ou Tecnologia da Informação.

O trabalho consiste na preparação de ambientes virtuais 3D para um jogo que já está em desenvolvimento no laboratório, através da plataforma Unreal Engine. O bolsista também precisará ajudar a conduzir experimentos comportamentais, objetivando testar o jogo e verificar que fatores influenciam na pontuação obtida. Os ambientes devem ser construídos, em sua maior parte, utilizando os modelos disponíveis na biblioteca online da Engine. Poderá vir a ser necessária a criação de novos objetos através da ferramenta de modelagem Blender.

Para se candidatar, o interessado deve enviar e-mail para o endereço eeg@neuro.ufrn.br até o dia 27 de agosto, com link para o currículo Lattes, histórico da graduação e carta de intenção, com uma página descrevendo qual a motivação para participar do trabalho e por que deve ser selecionado. A documentação enviada será avaliada e, dentre os inscritos, alguns serão selecionados para uma segunda fase, que consistirá em uma prova prática envolvendo a criação de um ambiente na Unreal Engine. Os candidatos terão uma semana para realizar a tarefa. Os aprovados na prova prática serão chamados para uma terceira fase, que consistirá em uma entrevista realizada remotamente.

O selecionado trabalhará em conjunto com outro bolsista, que está encarregado da programação do jogo. Por isso, esta seleção vai focar mais nas habilidades criativas do que no conhecimento técnico de programação. Espera-se que o candidato seja proativo, tenha habilidade para trabalhar em equipe, busque conhecimento de forma autônoma e tenha motivação para pesquisa.

O bolsista participará de descobertas científicas e será coautor nos artigos que forem publicados a partir destas atividades, caso tenha bom desempenho. A bolsa de Iniciação Científica, no valor de R$ 400,00, será financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Em caso de dúvidas, envie mensagem para o mesmo endereço da inscrição.

20

Ago

Universidades já podem convocar candidatos da lista de espera do Sisu

Os candidatos que manifestaram interesse na lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), referente à segunda edição de 2021, já podem ser convocados pelas universidades desde quinta-feira (19). A informação é do Ministério da Educação (MEC).

Segundo a pasta, as instituições participantes poderão convocar os candidatos constantes na lista de espera para matrícula em número superior ao de vagas disponíveis, devendo, para tanto, definir os procedimentos e prazos em edital próprio.

Os candidatos devem ficar atentos e realizar o acompanhamento das convocações feitas pelas instituições para preenchimento das vagas em lista de espera, observando prazos, procedimentos e documentos exigidos para matrícula ou para registro acadêmico, estabelecidos em edital próprio da instituição.

Além disso, informou o MEC, devem ser observados os horários e locais de atendimento definidos pela instituição, bem como nos casos em que ela dispuser aos estudantes acesso eletrônico para registro acadêmico e acompanhamento de documentação necessária para a matrícula. Para mais esclarecimentos, os candidatos podem acessar a página de dúvidas frequentes do Sisu na internet.

Fonte: Agência Brasil 

20

Ago

MEC divulga resultado da lista de espera do Prouni 2021

O Ministério da Educação divulgou hoje (20) o resultado da lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) relativo ao segundo semestre de 2021. Os selecionados no programa podem receber bolsas de 50% ou 100% em instituições de ensino superior particular de todo o país. O resultado está no site do programa na internet.

A próxima etapa para os candidatos pré-selecionados é a comprovação das informações prestadas, por meio da apresentação de documentação exigida, o que deverá ser feito a partir da próxima segunda-feira (23). Os candidatos devem ficar atentos porque esse prazo termina na sexta-feira (27).

No segundo semestre de 2021, o programa oferece 134.329 bolsas de estudo - 69.482 integrais e 64.847 parciais - em mais de 10 mil cursos de quase mil instituições particulares de ensino superior.

Critérios

Para obter uma bolsa integral, o interessado precisa comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. No caso de bolsas parciais (50%), é preciso comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa da família, de até três salários mínimos.

Fonte: Agência Brasil 

19

Ago

UFRN recebe registro intelectual para o InsulinAPS

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) teve, na última terça-feira, 17, mais um programa de computador validado pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). A concessão do registro de propriedade intelectual abrange o InsulinAPS, um sistema de gestão multiprofissional voltado para as Unidades de Saúde da Família otimizarem a assistência à saúde dos usuários insulinodependentes.

O aplicativo funciona a partir de uma interface intuitiva que permite reconhecer, entre outros indicadores, quais são os pacientes com doença descontrolada, exames ou consultas atrasados, complicações da doença, necessidade de cuidados constantes na unidade e outras funções, como emissão de relatórios desses dados. O refinamento desses dados pode ser feito a partir de uma visão global da unidade e uma individualizada por microárea, na qual todos os profissionais têm acesso às funcionalidades que utilizam um banco de informações clínicas atualizável.

O programa de computador é mais um item que passa a integrar a Vitrine Tecnológica da UFRN, disponível para acesso no site da AGIR. No mesmo endereço, os desenvolvedores de PCs podem acessar um passo a passo de quais procedimentos são necessários para realizar o registro. A invenção tem como autores Diórgenes Silva Santos, Edna Maria Dantas Oliveira, Gabriel de Nadai Miranda, Yasmin Bezerra Maria, Maurício Nunes Moia e Rafael Rodolfo Tomaz de Lima.

18

Ago

Nova sede da Robô Ciência é inaugurada, dobrando capacidade de alunos

Foi em clima de emoção que foi inaugurada nessa terça-feira (17) a nova sede da escola Robô Ciência, um dos principais centros educacionais de robótica do país, que agora tem sua localização no bairro de Tirol, em Natal.

A cerimônia contou com a participação de toda a equipe da escola e foi restrita a convidados. A abertura contou com a apresentação do professor e secretário de Educação do município de Maxaranguape Josivan Monte, que tem amizade de longa data com o fundador e diretor da escola Alexandre Amaral e acompanhou a história da escola desde o início. "Estamos nessa noite em estado de graça proporcionada por Alexandre Amaral, por dividir essa alegria com nós amigos", falou o professor.

"Através da robótica, conseguimos com que crianças e adolescentes estudem ciência", diz Alexandre Amaral. Sobre o novo espaço, ele enfatiza: "essa obra foi feita com carinho, com muito gosto. Cada árvore foi plantada por nós. Era um sonho nosso ter um espaço verde onde as crianças pudessem correr". O momento de descerramento da placa teve a presença de Alexandre Amaral, da sua esposa, a médica Ana Angélica, do vice-diretor da escola Allyson Ulisses e da diretora pedagógica Aysllane Junie.

O espaço é moderno e amplo, com cerca de 600 m² de área total e uma área verde de 100 m², que vai proporcionar mais conforto e comodidade para os alunos e a família, além do contato com a natureza. Com a nova construção, vai ser possível dobrar o número de alunos atendidos pela escola, que ensina ciência e tecnologia para crianças a partir de 3 anos de idade até jovens de 18 anos.

A escola Robô Ciência

A Robô Ciência é uma escola genuinamente potiguar que atua em vários estados do Brasil, fundada e dirigida pelo professor Alexandre Amaral. Por meio de projetos de robótica adequados para cada nível de ensino, a metodologia utilizada incentiva os alunos a questionarem e investigarem os problemas propostos, fazendo com que trabalhem de maneira lúdica, participativa, criativa e colaborativa, em busca de soluções. Com mais de 10 anos de existência, a Robô Ciência já está presente com seu método de ensino em mais de 100 escolas no Brasil, ajudando a transformar o conhecimento de mais de 50 mil alunos.

18

Ago

IFRN prorroga inscrições para cursos de especialização

A Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (Proen/IFRN) divulgou, nesta segunda-feira, 16 de agosto, as retificações do Edital n° 31/2021, que anuncia a prorrogação das inscrições para cursos de especialização gratuitos. São 262 vagas, com ingresso no segundo semestre letivo de 2021.

Conforme o documento, que traz as retificações 1, 2 e 3, o período de inscrições, que devem ser realizadas exclusivamente via internet, na Área do Candidato, vai até as 17h do dia 26 de agosto de 2021. O prazo para o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 50,00 também foi alterado, indo até 27 de agosto.

As oportunidades são distribuídas entre 6 campi: Apodi, com o curso Ensino de Ciências Naturais e Matemática (40 vagas); Currais Novos, com os cursos Ensino de Ciências Naturais e Matemática (40 vagas) e Ciência e Tecnologia de Alimentos (40 vagas), este último na modalidade de Ensino a Distância (EaD); João Câmara, com o curso Educação Ambiental e Geografia do Semiárido (40 vagas); Mossoró, com o curso Educação e Contemporaneidade (22 vagas); Natal-Central, com o curso Gestão Ambiental (40 vagas); e Natal-Cidade Alta (Unidade Rocas), com o curso Gestão de Programas e Projetos de Esporte e de Lazer na Escola (40 vagas).

O resultado preliminar da análise de currículos será divulgado no dia 15 de setembro, no Portal do Candidato. Já o resultado final será anunciado no dia 24 de setembro, também no Portal do Candidato e aqui, no Portal do IFRN.

18

Ago

Estudantes têm até hoje para se inscrever na lista de espera do ProUni

studantes que não foram selecionados na segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até hoje(18) para se inscrever na lista de espera. O resultado será divulgado na próxima sexta-feira (20). Os selecionados no programa podem receber bolsas de 50% ou 100% em instituições de todo o país.

Documentação

Segundo o Ministério da Educação (MEC), os selecionados nessa etapa terão entre os dias 23 e 27 de agosto para comprovar as informações prestadas, por meio de documentação. No segundo semestre de 2021, o programa oferece 134.329 bolsas de estudo - 69.482 integrais e 64.847 parciais - em mais de 10 mil cursos de quase mil instituições particulares de ensino superior.

Critérios

Para obter uma bolsa integral, o interessado precisa comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. No caso de bolsas parciais (50%), é preciso comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa da família, de até três salários mínimos.

Fonte: Agência Brasil

17

Ago

Com metodologia canadense, Maple Bear Natal dá dicas de como pais podem ajudar os filhos no aprendizado em um segundo idioma

A metodologia canadense de ensino é reconhecida como um dos melhores métodos educacionais do mundo. Entre as suas características, está o estímulo ao imaginário das crianças, criando nelas o desejo de aprender e explorar novos caminhos e ideias. Isso acontece por meio de exemplos práticos, onde os alunos entendem o que fazer com aquele aprendizado, quando, como e onde aplicá-lo. É nesse contexto que o ensino em um segundo idioma encontra um ambiente propício. A Maple Bear Natal é uma escola bilíngue, onde os alunos são estimulados desde cedo a praticar a língua inglesa como parte do processo de aprendizagem. A escola também estimula os pais a desenvolverem essa experiência no ambiente do lar e dá algumas dicas simples e práticas de como fazer isso dentro da rotina, de forma divertida e descontraída. Confira: 

  - Ler em voz alta

Essa atividade melhora a alfabetização, o raciocínio e as habilidades acadêmicas. Também incentiva uma boa relação com os livros. A leitura de pais para filhos, em uma ou ambas as línguas, deve acontecer sempre. 

Como fazer?

 - Ler com expressão e se divertir com a história; 

 - Fazer perguntas básicas e abertas para construir um pensamento crítico; 

 - Pedir às crianças mais velhas que leiam em voz alta para você. 

“Ter fluência em uma outra língua traz benefícios não só para um futuro profissional, mas também para o desenvolvimento cerebral, habilidades linguísticas e na formação cultural desses estudantes. O exercício oral é um dos mais importantes para as crianças”, pontuou a diretora do ensino infantil da Maple Bear Natal, Julyana Freitas. 

 - Criar oportunidades de conversação

As crianças precisam assistir, ouvir e imitar o inglês e isso pode fazer parte da rotina de casa. 

Como fazer?

- Faça uma lista de compras de supermercado juntos; 

 - Fale sobre uma receita e instruções de preparação; 

 - Vejam as fotos da família juntos e compartilhem memórias; 

 - Use jogos de contagem e músicas com ações; 

 - Jogue em inglês e peça que expliquem as regras. 

“Ainda há outras maneiras de exercitar o inglês em casa, como cantar, ler tutoriais, fazer vídeos com a família. As possibilidades são as mais variadas. O fundamental é manter essa rotina sempre que possível para que o ensino da escola possa ser reforçado de forma leve, simples e saudável”, concluiu Julyana.

Sobre a escola

A Maple Bear Natal utiliza um modelo de educação em que os alunos são estimulados a exercerem a criatividade, a curiosidade e estão abertos à experimentação. A metodologia canadense, reconhecida como uma das melhores do mundo, prepara os estudantes para serem protagonistas de suas próprias trajetórias e para buscar soluções. E mais: com um ensino verdadeiramente bilíngue. 

A escola, que funciona há 12 anos na capital potiguar, oferece turmas de educação infantil, a partir de 1 ano de idade, até o ensino fundamental. Na educação infantil, o programa da escola oferece uma grade de ensino completa e abrangente em todos os sentidos. De 1 até os 4 anos de idade, 100% das aulas são ministradas em inglês. Na última série da educação infantil, 25% do conteúdo é repassado em português, com o início da alfabetização nas duas línguas.

Já no ensino fundamental, as crianças desenvolvem todas as competências de comunicação em português e inglês, incluindo compreensão, fala, leitura, escrita, visualização e representação. As aulas acontecem 50% em inglês e 50% em português.