O Museu do Seridó (MDS), em exposição virtual, apresenta Devoções do Seridó: A fé em tempos de isolamento, que acontece em meio ao I Fórum de Turismo Religioso do Seridó, cuja transmissão acontece no canal do YouTube do evento, às 16h, no dia 28 de julho. Após a estreia, a exposição ficará disponível no site do museu, tanto em português como em inglês. 

A exposição Devoções do Seridó se relaciona com os festejos religiosos da região seridoense, participando das celebrações da comunidade à Sant’Ana. Para isso, a atração leva em conta o contexto da pandemia de covid-19 e seu impacto na devoção dos potiguares à santidade. 

Considerando essa importância cultural, o primeiro módulo da exposição é dedicado à primeira imagem de Sant’Ana do Seridó, que data de 1735. A peça é um marco na devoção à Ana, mãe de Maria e avó de Jesus. 

A curadoria responsável pela atração virtual convidou três pessoas para relatarem suas experiências de fé. Segundo os organizadores, as casas do Seridó tornaram-se templos vivos para os fiéis, já que eles não podiam frequentar a igreja por causa das medidas de isolamento. 

Além disso, o projeto da exposição terá continuidade. A partir das interações com o público, a atração receberá atualizações, para complementar a narrativa religiosa e cultural da região. Também haverá participação de escolas do ensino básico em tour virtual na exposição, com acompanhamento da equipe educativa do museu. 

Junto ao Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres/UFRN), participam da organização do projeto a Faculdade de Engenharia, Letras e Ciências Sociais (Felcs/UFRN), o Departamento de História do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) e o Museu Câmara Cascudo. O Museu do Seridó é vinculado ao Ceres e pertence à Rede Universitária de Museus.