Coronavírus

9

Ago

Coronavírus

Uma em cada três pessoas já foi às compras no comércio de rua ou retomou a rotina de visita a familiares

A Demanda Pesquisa e Desenvolvimento de Marketing realizou em julho sua terceira edição da pesquisa Coronavírus e seu Impacto no Brasil. Esse levantamento foi realizado por meio de questionários online, entre os dias 16 e 21/07, e obteve 1.090 respostas, de todas as regiões do Brasil. Um dos focos da terceira onda foi abordar o sentimento geral da população em relação ao momento atual e à retomada das atividades de Lazer.

A retomada das atividades do comércio, serviços e lazer ainda encontra alguma insegurança por parte da população. Cerca de 1 em cada 3 pessoas já foi às compras no comércio de rua ou voltou a frequentar reuniões familiares, mas shoppings e restaurantes convenceram ao retorno apenas de 20% a 25% dos entrevistados. Bares e academias, por sua vez, contaram com menos de 10% de presença entre o público ouvido na pesquisa. E a maior parte das pessoas, cerca de 70%, diz que ainda não foi a lugares assim porque não teve vontade ou confiança, e não por alguma imposição restritiva em suas cidades.

A adoção de uma vasta e rigorosa gama de medidas sanitárias preventivas vai ser muito importante para os ambientes fechados de lazer voltarem a ter a confiança de seus frequentadores. Destaques para a intensificação de higiene em banheiros (mencionada como importante para 96% dos entrevistados), soluções de ventilação e circulação de ar (95% de menções) e organização ou sinalização de fluxo de pessoas para evitar filas (92%). “Cinemas, teatros e afins vão ter de lidar com públicos menores, lugares espaçados, extinção de filas para voltarem ao jogo”, projeta Ricardo Lopes, gerente de projetos da Demanda e coordenador do estudo.

Quase metade acredita que sua vida mudou para pior do início da pandemia até agora

O sentimento geral das pessoas com o momento da pandemia é de desânimo. Cerca de 3 em cada 4 (73%) se diz desanimado atualmente. Ao serem perguntados sobre o que mudou para pior ou para melhor do início da pandemia para cá, metade deles (49%) afirma que a vida mudou para pior no que diz respeito à vivência social e às oportunidades de lazer. Outros 37% sentiram piora no estado psicológico, em seu equilíbrio emocional. Em outro sentido, 41% observaram que melhorou seu engajamento em ações solidárias e 53% estão se relacionando melhor com suas famílias.

Muitos brasileiros fazem planos para quando a pandemia acabar e somam 70% os que pretendem viajar assim que possível. Outros planos muito presentes são rever familiares ou amigos (58% dos entrevistados) e retomar ou iniciar a prática de algum esporte (42%). Enquanto isso tudo não é possível, boa parte deles admite ter incorporado ou intensificado alguns maus hábitos. A ingestão de chocolates ou doces em geral brotou ou cresceu em nada menos do que 38% do público pesquisado. E o hábito de beber álcool agravou-se ou incorporou-se à rotina de 20% dos internautas brasileiros participantes da pesquisa.

 

6

Ago

Coronavírus

Em um mês, Centro Covid-19 da zona norte de Natal fez mais de 4 mil atendimentos

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS/Natal), deu início em 07 de julho passado ao Centro de Atendimento para Enfrentamento à Covid-19 na Zona Norte da cidade. Ao completar um mês de funcionamento, neste 07/08, o serviço atendeu 4.555 pacientes que apresentavam sintomas da doença. Desses, foram realizados 1.591 exames tipo swab, onde 493 testaram positivo para o Covid-19.

"A Zona Norte era a região que apresentava o maior histórico de notificações e óbitos. Por isso, nossa decisão de abrir o primeiro Centro Covid-19 no Ginásio Nélio Dias. A partir disso, a população pôde ter mais acesso à consulta médica, testagens e dispensação de medicamentos. Podemos constatar que o resultado está sendo positivo. A comprovação disso são os dados epidemiológicos da capital no contexto atual, mostrando uma desaceleração na curva de casos nessa região", destaca o prefeito de Natal, Álvaro Dias. “Outro dado importante é que, após a criação do Centro, houve uma redução na ocupação dos leitos nas unidades de saúde da região, comprovando também a eficácia dessa estratégia adotada pelo Município para minimizar os efeitos da doença”.

Os casos notificados de infecção pelo novo coronavírus para os bairros de Lagoa Azul, Pajuçara, Redinha, Igapó, Nossa Senhora da Apresentação, Potengi e Salinas, no período de 05 de julho a 01 de agosto, reduziram 45,48% (4 semanas). Foram de 598 notificações na semana epidemiológica 28 (05/07 a 11/07) para 326 na semana epidemiológica 31 (25/07 a 01/08). Em relação ao número de óbitos, também houve queda: 84% da semana 28, quando o índice era 25 mortes, para 04 mortes na semana 31.

"A concepção dos Centro de Enfrentamento Covid-19 é tratar a doença no início dos sintomas, evitando que o quadro do paciente se agrave e ele necessite de UTI. A assistência primária da nossa rede já acontecia em nossas Unidades Básicas de Saúde (UBS), mas devido aos casos crescentes, decidimos ampliar nossos serviços. Com uma oferta maior de médicos e estratégia de atendimento no início dos sintomas, mais pessoas puderam procurar essa assistência com rapidez e eficiência. Dessa forma, tendo um tratamento inicial com prescrição médica, percebemos uma diminuição na evolução dos casos. Além do Nélio Dias, também temos outra unidade no Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves (Cemure)", comenta George Antunes, secretário municipal de Saúde de Natal.

Os testes swab, considerados padrão ouro no diagnóstico, é outro diferencial disponibilizado nos Centros Covid por meio de uma parceria com o Instituto de Medicina Tropical (IMT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). A coleta do material acontece no mesmo dia da consulta e os usuários recebem o resultado em até 48h, via contato telefônico. Dando positivo os pacientes são encaminhados para o tratamento na rede municipal.

Paralelo a isso, todas as unidades básicas de saúde da capital continuam atendendo a casos leves nas salas de priorização de atendimento (SPA), uma ala exclusiva para esse tipo de consulta. Dez UBS também funcionam em horário estendido, até 19h ou 20h, para atender usuários que não conseguem comparecer para atendimento médico em horário comercial.

 

23

Jul

Coronavírus

Prefeitura do Natal intensifica fiscalização das praias com apoio da PM

A Prefeitura do Natal avança com ações preventivas de combate à Covid-19 com uma megaoperação unindo as secretarias municipais da capital ao sistema estadual de segurança, garantindo que as medidas de isolamento social sejam cumpridas e que o processo de retomada das atividades ocorra sem sobressaltos em relação à pandemia. A medida solicitada no início da semana pelo prefeito Álvaro Dias de unir esforços do Município e do Estado virou realidade nesta quinta-feira (23), quando a Polícia Militar foi integrada à operação de fiscalização do município, que percorreu a orla urbana.

Em Ponta Negra, local que gerou polêmica após a aglomeração promovida no último final de semana, com pessoas sem máscaras de proteção, a Guarda Municipal, junto com a Semurb, comanda a operação. A ação abrange um trabalho de fiscalização e conscientização que se estende desde a faixa litorânea da praia da Redinha até Ponta Negra. Os agentes orientam as pessoas sobre o uso obrigatório de máscaras de proteção, a proibição de aglomerações e uso de equipamentos de som, além de agir contendo qualquer ação que desrespeite as regras preventivas de contágio expedidas pelo Decreto Municipal, que aponta para um planejamento técnico de retomada das atividades levando em consideração a segurança sanitária.

“A Prefeitura está fazendo a sua parte e precisamos que toda a sociedade se una nesse mesmo propósito, pois somente assim venceremos esse vírus”, disse a secretária municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), Mônica Santos. Ela lembra que desde o início da pandemia todo o aparato da Prefeitura esteve e continua a serviço da contenção e combate ao coronavírus, refletindo na queda no contágio, de internações e na retomada gradual do comércio em Natal. “Agora, estamos contando nessas ações com o apoio do Estado, uma medida inteligente da Prefeitura que coloca o interesse público e o bem da coletividade como prioridade da sua gestão”.

A meta é que, com essa operação, a capital possa seguir o trabalho exitoso realizado ao longo da pandemia, diminuindo os casos de infecção pelo coronavírus e colocando toda a orla sob uma constante supervisão, levando mais segurança à população, garantindo a retomada da economia e o achatamento da curva de contágio na cidade. De acordo com o comandante da Guarda, Alberfram Grilo, todos os estabelecimentos comerciais, barracas e cidadãos que estiverem à beira-mar serão abordados. “Estamos ampliando ainda mais a fiscalização da Prefeitura. O governo do estado atendeu ao pedido do prefeito e passa também a nos dar apoio. Nós da Guarda, junto com o efetivo do 5° batalhão, sob o nosso comando, estaremos cobrindo toda a área de Ponta Negra, que é uma área sensível. Já o primeiro batalhão da PM ficará com a região das praias do Centro”.

Denúncias

O cidadão pode denunciar qualquer desrespeito aos decretos de combate à Covid-19 ligando para o telefone 190, do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), e as viaturas da GMN serão acionadas para averiguar a denúncia. A denúncia pode ser feita também no 3616-9829 (Ouvidoria da Semurb), no horário das 8h às 12h, ou pelo 181 (Disk Denúncia- Polícia Civil).

 

20

Jul

Coronavírus

Natal é destaque nacional em ranking de transparência sobre ações contra a Covid-19

Não é só no combate e prevenção à Covid-19 que Natal está atingindo bons resultados. Em termos de transparência nas ações e na aplicação de recursos para enfrentar a pandemia, a cidade potiguar também está tendo desempenho destacado, a ponto de ter ficado em terceiro lugar entre as capitais brasileiras e ser a primeira da região Nordeste no ranking elaborado pelo organismo internacional Open Knowledge Brasil (OKBR).

De acordo com o levantamento, Natal atendeu às recomendações da entidade, promoveu importantes melhorias na divulgação de suas ações e subiu mais de 30 pontos no ranking, passando a integrar o grupo de governos com nível “Bom” de transparência. O último boletim coletou dados entre os dias 14 e 15 de julho e foi divulgado na última sexta-feira (17).

Dentre os procedimentos implementados pela Prefeitura de Natal para dar mais transparência às suas ações durante a pandemia, estão a elaboração de cartilha com orientações sobre a tomada de decisões no enfrentamento do coronavírus, divulgada para os gestores de todas as secretarias municipais; a uniformização e deflagração de processos licitatórios para a contratação de serviços, bem como a alimentação constante do portal da transparência municipal: https://www.natal.rn.gov.br/transparencia/#/.

Além dessas ações administrativas, a Prefeitura também implementou iniciativas de comunicação pública, criando o hotsite coronavirus.natal.rn.gov.br, com dados de boletins epidemiológicos do Município; informações sobre o coronavírus, como contágio, sintomas, dicas de prevenção; os protocolos de atendimento da rede pública municipal de saúde; e as iniciativas que a gestão municipal realizou até aqui para combater a Covid-19; além de tópicos relacionados à doença.

Para o controlador geral do Município, Rodrigo Quidute, essa é uma marca expressiva e mostra a prioridade que a gestão da Prefeitura de Natal vem dando ao enfrentamento à Covid-19: “Esse ranking só demonstra como estamos trabalhando esse aspecto da transparência, que é um dos pilares da gestão não só neste momento, mas ao longo de toda a sua trajetória. A população tem o direito de saber onde estão sendo aplicados os recursos oriundos dos impostos que paga. É compromisso nosso seguir aprimorando nossos métodos de governança, ampliando o acesso aos dados e trazendo ainda mais transparência”, destacou.

Já a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde de Natal, Juliana Araújo, enfatiza: "Estamos numa ótima colocação regional e nacional. Esse resultado mostra que estamos no caminho certo de fazer o serviço de transparência à população para que ela entenda qual o perfil da doença no nosso município e direcionar as ações da gestão para que a gente sempre esteja atento aos locais com maior necessidade, como na parte de vulnerabilidade e assistência"

O Índice de Transparência da Covid-19 é uma iniciativa da Open Knowledge Brasil (OKBR) para avaliar a qualidade dos dados e informações relativos à pandemia do novo coronavírus que têm sido publicados em portais oficiais pela União, pelos estados brasileiros e pelas suas capitais. A instituição acredita que, para superar momento tão desafiador para gestores públicos e para a população, a ferramenta mais poderosa é a colaboração e a informação.

20

Jul

Coronavírus

Leilão on-line de relíquias de 80 grandes esportistas brasileiros arrecada recursos contra efeitos da Covid-19

O Colégio Mão Amiga, o Instituto Horas da Vida e o Projeto Arrastão participarão juntos de um leilão virtual beneficente, o 3ONGS1Causa, movimento que nasce para ajudar a combater os efeitos causados pela pandemia da Covid-19. A ação conta com o apoio de mais de 80 atletas que doaram itens autografados e experiencias relacionadas ao esporte para serem leiloados e arrecadar recursos para compra de cestas básicas e itens de higiene e proteção, como álcool gel e máscaras, para ajudar no combate aos efeitos causados pela pandemia.

A partir do dia 17 de julho, os itens estarão disponíveis no site da Superbid e quem tiver interesse poderá participar até o dia 5 de agosto, quarta-feira, às 20h. A ação criou a Seleção 3ONGS1Causa, que conta com atletas das mais diversas modalidades, como vôlei, tênis, futebol, natação e motociclismo. Tande e Virna, ex-atletas das seleções brasileiras de vôlei, são os capitães dessa equipe, que também conta com os técnicos Bernardinho, Zé Roberto Guimarães e Tite.

Dentre os atletas, inúmeros medalhistas olímpicos, como Fernanda Venturini, Nalbert, Robson Caetano, Mauricio e Gustavo Borges. A Seleção também conta com nomes de peso do futebol, como Zico, Rogério Ceni, Cassio, Dani Alves, Kaká, Zé Elias e até Ibrahimovic, que cedeu uma camisa autografada do Paris Saint Germain.

O surf também estará presente, com uma prancha autografada pelo bicampeão mundial Gabriel Medina e uma prancha autografada por Leco Salazar, campeão Mundial de SUP Surf. Representando o esporte Paralímpico, temos o Estevão Lopes, Giba e Caio. Fernando Meligeni, tenista, e Flávio Canto, judoca, também fazem parte da lista de atletas que apoiam o movimento.

“Essa união é extremamente importante para ajudarmos as pessoas em um momento tão complexo como o atual. Esta iniciativa conta com o apoio de mais de 80 atletas e 40 empresas que têm como único objetivo auxiliar a Mão Amiga, o Horas da Vida e o Arrastão a enfrentar esta batalha. É um exemplo de como o esporte transforma e impacta vidas”, comenta Andre Kok, idealizador do movimento 3ONGs1Causa.

Os recursos serão utilizando para atender milhares de pessoas assistidas pelas três instituições beneficiadas pela iniciativa. Para fotos de alguns itens, clique aqui

17

Jul

Coronavírus

Guarda Municipal de Natal também está na linha de frente contra o coronavírus

Não são só os profissionais da saúde que estão se dedicando em tempo integral ao enfrentamento da Covid-19 em Natal. Desde o início do período de crise sanitária, a Guarda Municipal tem atuado de maneira efetiva em diversas frentes. As operações deflagradas pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), por meio do Comando da GMN, compreendem desde ações de apoio à fiscalização do cumprimento dos decretos municipais, no intuito de prevenir infecções, até ações humanitárias de organização, cadastramento, segurança e distribuição de cestas de alimentos a famílias vulneráveis.

As atividades de fiscalização também estão cada vez mais fortes com o apoio das guarnições da GMN. Com a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), o patrulhamento está percorrendo todas as feiras livres da capital, orientando e inibindo transgressões ao decreto municipal. Esta semana, o trabalho foi executado na feira do Carrasco, no bairro das Quintas, Zona Oeste da capital.

Nesse tipo de trabalho, quando a fiscalização encontra irregularidades, os proprietários são notificados de maneira educativa, informando sobre a legislação, o objetivo e as punições. “Somente em casos de reincidência é que são empregadas medidas de punição”, explica a secretária Mônica Santos, titular da Semdes.

A presença dos agentes da GMN é notada em todas as atividades realizadas pelas secretarias municipais. Nessa situação de pandemia, a Guarda vem dando suporte em várias frentes distintas, como na distribuição de cestas de alimentos realizadas pelas Secretaria Municipais de Educação (SME), e de Trabalho e Assistência Social (Semtas), Semurb e Procon Natal.

O comandante da GMN, Alberfran Grilo, explicou que as guarnições estão atuando 24 horas em um leque de procedimentos que envolvem a segurança do cidadão dentro da cidade e o sustentáculo a medidas humanitárias que estão sendo levadas pela Prefeitura as populações mais carentes. “A Guarda é um suporte importante nas ações desenvolvidas pelas secretarias municipais, principalmente nesse momento de pandemia. Nossa missão é a prevenção. Nós não podemos, mas o cidadão que pode fique em casa e cuide de quem você ama”, indica o comandante.

O cidadão pode denunciar qualquer desrespeito aos decretos de combate à Covid-19 ligando para o telefone 190, do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), e as viaturas da GMN são acionadas para averiguar a denúncia. A denúncia pode ser feita também no 3616-9829 (Ouvidoria da Semurb), no horário das 8h às 12h, ou pelo 181 (Disk Denúncia- Polícia Civil).

 

14

Jul

Coronavírus

Ações de testagem implementadas pela Prefeitura contribuem para reduzir casos da Covid-19 em Natal

Uma das maneiras mais eficazes de se controlar o avanço do novo coronavírus é a realização de testes em massa na população. A Prefeitura de Natal segue essa recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e tem executado um amplo cronograma de testagem. Nesta semana, a Secretaria Municipal de Saúde de Natal promove a terceira convocação de testagem rápida de Covid-19 destinada aos profissionais da saúde do município que ainda não realizaram o exame. Os primeiros profissionais beneficiados foram os do Distritos Norte I e Norte II, nesta segunda e terça (dias 13 e 14); Nestas quarta e quinta-feira (dias 15 e 16), os Distritos Sul e Oeste; e, na sexta-feira (17), o Distrito Leste.

Os testes estão ocorrendo das 8h às 16h, nas sedes administrativas de cada distrito sanitário do município. Até o momento, 4.029 servidores foram testados. O procedimento é simples e acontece através da coleta de uma gota de sangue no dedo, com disponibilização do resultado no mesmo dia. O material reage numa lâmina e indica os índices IgG e IgM de cada pessoa, imunoglobulinas relacionadas às memórias e defesas do organismo. Os casos positivos são notificados e recebem acompanhamento para definir a melhor estratégia para tratamento médico.

"A gente está oferecendo mais essa oportunidade devido a alguns servidores não terem conseguido comparecer nas datas anteriores que já havíamos disponibilizado. Sabemos que o período é de cautela e alguns deles estavam afastados ou tiveram algum tipo de imprevisto no dia ofertado antes", indica a secretária-adjunta municipal de Atenção Integral à Saúde de Natal, Rayanne Araújo.

Além dos servidores da saúde municipal, a testagem também foi realizada em profissionais de todos os órgãos da administração direta, indireta e fundacional da gestão da capital potiguar. Ao todo, 1.004 exames foram feitos nos dias 25 e 26 de junho. A Prefeitura atendeu ainda a 11.614 pacientes com testes rápidos para Covid-19 no sistema de drive-thru. As ações ocorreram no estádio Arena das Dunas e no Ginásio Nélio Dias e foram aprovadas pela população. O drive foi destinado a usuários com mais 60 anos, público que representa 80% dos óbitos da doença na capital, e indivíduos que possuíam alguma comorbidade comprovada.

No total, entre as 11.614 testagens, 2.269 apresentaram algum resultado positivo. Destes, 924 foram identificados na primeira semana do drive (Arena das Dunas) e 1.345 na segunda fase (Nélio Dias).

Em outra frente de atuação, a SMS também disponibiliza a realização de testagem tipo SWAB/PCR nos postos de saúde e a adoção do Protocolo de Manejo para Síndromes Gripais têm trazido eficácia na oferta de atendimento à população. Desde a última segunda-feira (13), as Unidades de Saúde Família (USF) da zona Norte (Parque dos Coqueiros, Vale Dourado e Panatis) começam a ofertar os exames, assim como a USF Monte Líbano, na zona Oeste.

“Essas iniciativas estão se refletindo na diminuição da pressão sobre o nosso sistema de saúde e na melhoria dos números de contágio, infecção e óbitos na cidade. Mesmo assim, devemos seguir com as orientações de só sair de casa em caso de extrema necessidade, manter os hábitos de higiene pessoal e uso de álcool em gel. É um momento de união para que logo a gente possa sair dessa situação”, destacou o secretário municipal de Saúde, George Antunes.

 

13

Jul

Coronavírus

Mais quatro Unidades de Saúde de Natal passam a realizar teste de Swab

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS/Natal), tem adotado medidas que contribuíram para a redução da lotação nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da cidade. A realização de testagem tipo SWAB/PCR nos postos de saúde e a adoção do Protocolo de Manejo para Síndromes Gripais têm trazido eficácia na oferta de atendimento à população. E mais ações estão sendo implementadas. A partir desta segunda-feira (13), as Unidades de Saúde Família (USF) da Zona Norte (Parque dos Coqueiros, Vale Dourado e Panatis) começam a ofertar os exames, assim como a USF Monte Líbano, na Zona Oeste.

"Somente nas duas semanas da oferta de swab na rede de atenção básica (em 6 unidades, foram 394, e no Centro de atendimento e enfrentamento para Covid, em uma semana, 316), realizamos mais de 700 testagens. A realização dos exames decorre de parceria entre a Prefeitura do Natal e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), através do Instituto de Medicina Tropical (IMT). Essa medida, somada a várias outras, com o uso de medicação de forma preventiva, receitada pelos médicos de acordo com o nosso protocolo, tem contribuído para desafogar as UPAs de Natal, que antes vinham trabalhando acima de sua capacidade", destaca George Antunes, secretário de Saúde de Natal.

Outro ponto que a Prefeitura destaca é que, com a confirmação dos casos, é possível tratar logo os pacientes com Covid-19. A rede de atenção básica do Município está fazendo uso do Protocolo médico aprovado pelo Conselho Regional de Medicina (Cremern).

A secretária adjunta da Atenção Básica da SMS-Natal, Rayanne Araújo, informa que todas as Unidades de Saúde contam com Salas de Priorização de Atendimento (SPA) e lembra que é o profissional médico que define a melhor estratégia, de acordo com o quadro clínico do indivíduo. “A testagem Swab está sendo preconizada a grupos de risco, como pessoas com algum tipo de comorbidade, idosos e profissionais da saúde", destaca.

Os pacientes que buscam as 10 unidades de horário estendido, que também são referência no Protocolo de Manejo para Síndromes Gripais, recebem tratamento medicamentoso com orientação médica e cuidados necessários quando há essa necessidade.

Confira os locais da rede de atenção básica de Natal onde é realizado o Teste Swab:

Centro de atendimento para enfrentamento da Covid-19 - Ginásio Nélio Dias, Av. Guararapes, s/n - Lagoa Azul, Zona Norte de Natal

UBS Pajuçara⁣ - Rua Maracai, SN°, Pajuçara. Telefone: 3232-8240/3232-8242. Distrito Sanitário: Norte I

UBS Parque dos Coqueiros - Rua das Pedrinhas, S/N, Parque dos Coqueiros. Telefone: 3232-8183/3232-9781. Distrito Sanitário: Norte I⁣

UBS Vale Dourado - Rua Irmã Vitória, Nº 02, Igapó. Telefone: 3232-8260/3232-8261/3232-8262. Distrito Sanitário: Norte I⁣I

UBS Panatis - Rua das Pimenteiras, S/N, Panatis. Telefone: 3232-8220/3232-8221. Distrito Sanitário: Norte II⁣

UBS Nova Aliança⁣ - Rua Consolação, Nº 394, Nossa Senhora da Apresentação. Telefone: 3232-4848. Distrito Sanitário: Norte II

UBS Monte Líbano⁣ - Rua Matusalém, N° 191, Bom Pastor. Telefone: 3232-8440/3232-8441. Distrito Sanitário: Oeste

⁣UBS Felipe Camarão Unidade Mista⁣ - Rua Tamarineira, N° 25, Felipe Camarão. Telefone: 3232-8320/3232-8321/3232-8323. Distrito Sanitário: Oeste

⁣UBS Nova Descoberta⁣ - Av. Xavier da Silveira, N° 05, Nova Descoberta. Telefone: 3232-8285/3232-8287. Distrito Sanitário: Sul

⁣UBS Brasília Teimosa - Rua Miramar, N° 34. Telefone: 3232-8536. Distrito Sanitário: Leste

UBS São João⁣ - Rua Romualdo Galvão N° 891, Tirol. Telefone: 3232-8570/3232-8573. Distrito Sanitário: Leste

13

Jul

Coronavírus

Prêmio selecionará projeto de professores contra covid-19

O Prêmio Shell Educação Científica, voltado para professores dos ensinos fundamental e médio, selecionará neste ano também projetos voltados para o enfrentamento da pandemia de covid-19. A premiação especial covid-19 escolherá a melhor experiência educativa desenvolvida pelo professor, que tenha contribuído para a conscientização de seus alunos acerca da doença.

O prêmio é aberto a professores das redes públicas (federal, estadual ou municipal) do Rio de Janeiro e Espírito Santo, das disciplinas de ciências e matemática do ensino fundamental ou de biologia, física, química e matemática do ensino médio.

O melhor projeto entre os professores receberá como prêmio R$ 8 mil em um cartão bônus e uma viagem educativa a Londres, na Inglaterra. As inscrições podem ser feitas pelo site do prêmio  até as 23h59 de 5 de outubro de 2020.

Além da premiação especial de covid-19, também haverá os prêmios regulares para experiências educativas (em qualquer tema, desde que de acordo com o modelo que está no site do prêmio) nas categorias ensino fundamental e ensino médio.

Fonte: Agência Brasil

25

Jun

Coronavírus

Prefeitura de Guamaré desenvolve plataforma virtual com georeferenciamento para monitorar casos positivos

Em tempos de pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Guamaré, através da parceria das Secretarias de Planejamento e Saúde coloca em prática o aplicativo Covid Guamaré, que atua com foco no monitoramento de pessoas testadas positivo.

O aplicativo foi apresentado na live dessa terça-feira, 23, pelo prefeito Adriano Diógenes e o secretário de Saúde, Fabrício Morais, que incluiu a tecnologia entre as ações de enfrentamento ao Covid-19 implantadas pela prefeitura, desde o início da pandemia.

A demonstração da ferramenta aconteceu após um período de trabalho intenso de pesquisa, estudo e desenvolvimento. Adriano Diógenes avaliou de forma positiva e adiantou que o mapeamento georreferenciado contribuirá com os dados que compõem o mapa da Covid, que monitora o avanço do coronavírus no município.

O APP está disponível para o sistema Android e pode ser localizado no site institucional do município (guamare.rn.gov.br) com informações de Guamaré, do Brasil e do mundo.

O software poderá ser utilizado por agentes de saúde como uma ferramenta de apoio, fornecendo informações oficiais e evitando a disseminação de notícias falsas (fake news) sobre o tema.

Foto: Alexandre Barbosa

23

Jun

Coronavírus

Investimentos e mutirão de atendimentos permitem ao DNA Center aumentar em dez vezes a capacidade de testagem para diagnóstico da Covid-19

O laboratório DNA Center realizou um mutirão, nos últimos dias, com o intuito de atender à crescente demanda por exames de diagnóstico da Covid-19 e de garantir que o agendamento dos testes passe a ser feito dentro de um prazo de até 24 horas após a entrega da documentação exigida para a realização dos exames.

,

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, em março, o laboratório já ampliou em dez vezes a capacidade de realização dos testes, graças a um amplo investimento em pessoal, maquinário e atendimento, com o compromisso social de oferecer excelência na prestação de serviços e alta confiabilidade nos diagnósticos. Atualmente, o DNA Center dispõe de uma Central de Agendamento Presencial própria para exames de Covid-19, onde é possível marcar a coleta para análise no mesmo dia, desde que munido da documentação necessária.

Nos últimos dias, o DNA Center concretizou novo aporte em maquinário e insumos para a ampliação do número de testes, diante da fila de mais de duas mil pessoas que esperavam a realização dos exames por planos de saúde ou particular. Por ser o único laboratório privado a realizar testes de Biologia Molecular no RN durante a pandemia, não dependendo do envio de amostras para outros estados, o DNA Center tem recebido uma demanda crescente de exames de COVID-19. Os sistemas de atendimento chegaram a registrar até duas mil mensagens diárias para agendamento na semana passada.

“Nossa preocupação e cuidado é de oferecer ao norte-rio-grandense o que há de mais moderno e eficiente para o diagnóstico da Covid-19. Por isso, temos feito sucessivos investimentos para garantir a ampliação do atendimento, mesmo com o crescimento exponencial da demanda, que aumenta em uma velocidade muito grande”, afirma a diretora técnica e de inovação do DNA Center, Andrea Fernandes.

Central de Agendamento marca exames para o mesmo dia

Entre as iniciativas do DNA Center está a instalação de uma Central de Agendamento desses exames, em local aberto e seguindo todas as recomendações sanitárias, no estacionamento do Banco do Brasil da Avenida Afonso Pena. Na Central, é possível ao paciente agendar a coleta para o mesmo dia.

Além disso, o laboratório investiu na criação de um Drive Thru específico para a coleta dos exames RT-PCR de diagnóstico para pesquisa do SARS-CoV-2, considerado padrão ouro para o diagnóstico da COVID-19, com resultados entregues em até dois dias. A partir desta semana, o Drive passa a operar de domingo a domingo, com os seguintes horários: de segunda a sexta das 6h30 às 18h, aos sábados das 7h às 17h e, aos domingos, das 7h às 13h, aumentando a velocidade de atendimento dos pacientes.

Também foi realizado investimento para a ampliação do número de atendentes para marcação de consultas e SAC Online, bem como das ferramentas tecnológicas para recebimento de mensagens, disponíveis de domingo a domingo. O DNA Center mantém ainda seis equipes atuando na coleta domiciliar de exames, em Natal e na Grande Natal, em três turnos diários.

 

23

Jun

Coronavírus

Estudo revela que apenas 19% das pessoas voltariam a frequentar estabelecimentos físicos logo após a pandemia

Com o isolamento social causado pela pandemia do novo coronavírus, muitos estabelecimentos de food service, como bares e restaurantes, tiveram que fechar suas portas, trabalhando somente com o delivery ou drive-thru. Apesar de ser esperada uma volta iminente das pessoas a esses estabelecimentos no pós pandemia, segundo estudo da 4Life, para 44% das pessoas é muito pouco ou nenhum pouco provável o retorno imediato a esses locais em um momento pós flexibilização do isolamento social.

A pesquisa que entrevistou 1.206 pessoas pela plataforma SurveyMonkey, entre os dias 10 e 14 de junho de 2020, ainda revela que apenas 19% dos respondentes voltariam a frequentar bares e restaurantes em breve, 16% consideram esta volta em um curto prazo provável e 21% razoavelmente provável.

Entre os motivos pelos quais a maioria das pessoas não se sentiria confortável em retornar a esses locais estão: insegurança com higiene, distanciamento entre mesas e contato com manobristas. Já entre as razões que fariam as pessoas voltarem a frequentar esses comércios estão: saber todas as medidas de prevenção adotadas pelo estabelecimento (78%) e mesas ao ar livre (50%). A pesquisa ainda indica que 62% das pessoas consideram a distância entre as mesas extremamente importante ao decidir visitar um restaurante.

Além disso, o estudo aponta que 63% dos entrevistados acreditam que o principal motivo para pedir delivery está relacionado à escolha do restaurante favorito e 58% às embalagens higiênicas e diferenciadas. “O consumidor deixou claro que quer conhecer todas as medidas de segurança referentes à higiene e como são elaborados os protocolos de atendimento e limpeza do estabelecimento”, comenta Igor Kalassa, CEO da 4Life e idealizador da pesquisa.

Fonte: Portal Meio e Mensagem

Disponível em: https://www.meioemensagem.com.br/home/marketing/2020/06/23/food-service-44-nao-voltariam-aos-restaurantes-em-breve.html

22

Jun

Coronavírus

Pandemia: empresas conseguem decisões judiciais para adiar débitos


Diante da pandemia do Covid-19 e suspensão de grande parte das atividades comerciais no Rio Grande do Norte, diversas empresas enfrentam sérias dificuldades financeiras, buscando negociação de débitos junto aos credores. Frustradas, em grande parte, na via administrativa, algumas começam a obter ganhos judiciais. É o caso da Mineradora Casa Grande Mineração Ltda., que através do Escritório Mariz Maia Advogados, conseguiu uma decisão inédita no estado: pagará débitos parcelados a partir somente de 2021.

Para os advogados Alfeu Eliúde Almeida de Macedo e Daniel Cabral Mariz Maia, a decisão inédita se amolda, de forma responsável, às condições econômicas temerárias que grande parte das empresas do Rio Grande do Norte vem enfrentando diante da pandemia do Covid-19. Eles informam que no início de maio iniciaram as tratativas de negociação junto à Cosern, com o objetivo de parcelar os débitos em aberto da empresa, que já somavam R$ 207.171,88. Após tentativa de negociação frustrada, requereram judicialmente, em sede de liminar, a determinação para que a Cosern se abstivesse da suspensão do fornecimento de energia à Mineradora, bem como o parcelamento dos débitos em 12 vezes sem juros, com exigência a partir do dia 30/01/2021. 

Os pedidos basearam-se na mudança da forma de contratação para energia efetivamente consumida, sobretudo enquanto durarem os efeitos da grave crise econômica, social e de saúde pública instalada com a pandemia do novo Coronavírus. Em decisão de primeiro grau, o Juízo de Parelhas/RN deferiu em parte o pedido, determinando que o parcelamento fosse realizado após o pagamento de 30% dos valores em aberto e o restante em seis parcelas iguais e sucessivas, acrescidos de correção monetária e juros de 1% ao mês. Vale ressaltar que o adimplemento já se iniciaria no mês de julho de 2020. 

Foi quando o Escritório Mariz Maia Advogados interpôs recurso ao TJRN reiterando que a Mineradora vem passando por sérias dificuldades em razão da Pandemia e que a suspensão do seu funcionamento, concorde determinação dos Decretos Estaduais, afetou sobremaneira a saúde financeira da empresa. Todos os débitos em aberto, incluindo os de consumo de Energia, precisavam ser urgentemente negociados e, assim, o indeferimento do pedido, tal qual estava sendo apresentado, poderia, inclusive, acarretar prejuízos irreparáveis, quiçá o encerramento definitivo de suas atividades. 

Diante disso, em decisão monocrática, o TJRN deferiu totalmente o pedido da Mineradora em sede de Agravo de Instrumento, por entender que “com as atividades paralisadas, qualquer forma de pagamento imediato resta comprometida, levando consequentemente a Agravante ao inevitável descumprimento da medida”. Além disso, o julgador ainda destacou que a boa-fé da proposta lançada pela empresa, era fato importante a ser observado no “drástico contexto econômico atualmente vivenciado pelo nosso Estado, em face da pandemia”. Deste modo, ficou determinado o pagamento das faturas em 12 parcelas mensais iguais e sucessivas, enquanto durarem os efeitos da grave crise econômica, social e de saúde pública instalada com a pandemia do novo Coronavírus. O primeiro vencimento deverá se dar no dia 30/01/2021 e a correção dos valores será realizada pelos índices da caderneta de poupança.

22

Jun

Coronavírus

Parceria entre Prefeitura e UFRN vai ampliar testagem em massa em Natal

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte irá somar mais esforços com a Prefeitura do Natal no trabalho de testagem da população para o novo Coronavírus. A decisão foi tomada em vídeo-conferência realizada no último sábado (20) entre o prefeito Álvaro Dias, o reitor da UFRN, José Daniel Diniz, a diretora do Instituto de Medicina Tropical, Selma Bezerra Jerônimo, a médica infectologista Eliana Tomaz, o secretário de Saúde, George Antunes, e a secretária-adjunta da SMS, Rayane Araújo.

Com a nova parceria estabelecida, será possível oferecer mais testes nas Unidades Básicas de Saúde de Natal e expandir os diagnósticos que já vêm sendo feitos para os profissionais que atuam na linha de frente de combate à Covid-19 no Município. Os testes serão do tipo molecular (RT-PCR). A ação conjunta entre a Prefeitura e a UFRN vai permitir a testagem de 220 pessoas por dia.

Os testes já vinham sendo realizados nas quatro Unidades de Pronto Atendimento em Natal e no Hospital dos Pescadores, no bairro das Rocas, além do Hospital de Campanha. O trabalho alcançava a média de 80 testadas diariamente. Média que vai praticamente triplicar até a próxima terça-feira (23), quando a ampliação do atendimento será implantada na rede pública de Natal.

A estratégia de atuação no combate ao coronavírus é fazer a busca ativa dos possíveis infectados, direcioná-los para um tratamento adequado e tentar evitar que continuem disseminando o vírus e que cheguem ao estágio grave da doença. “Fico muito satisfeito pelo trabalho que está sendo feito e ainda mais por contar agora com a parceria importante e fundamental da UFRN, através do Instituto de Medicina Tropical, para ampliar a testagem e ter uma estratégia de atuação que, junto com um protocolo de atendimento e com uma terapêutica adequada, busca somar esforços para diminuir o número de casos graves e evitar óbitos” afirma o prefeito Álvaro Dias. 

O reitor da UFRN, José Daniel Diniz, celebra mais um acordo que se junta a outros já promovidos com a Prefeitura no combate à disseminação do novo coronavírus. “Além dos testes nas UPAs e em outras unidades, a UFRN já estava trabalhando em parceria no fornecimento de álcool gel e de medicamentos importantes para estas ações contra a Covid-19. Como instituição pública, precisamos apoiar e ajudar trabalhos como o que a Prefeitura vem realizando”, explica o reitor.

Para a diretora do Instituto de Medicina Tropical (IMT), Selma Bezerra Jerônimo, a realização dos novos testes também nas UBS e junto aos servidores da Saúde vai contribuir para desafogar as UPAs, que estão registrando o dobro de atendimentos de sua capacidade. “Com os testes estando disponíveis em mais unidades, evita-se que as pessoas sobrecarreguem as UPAs e dependam apenas delas para receber esse atendimento”, resume a diretora.

Testes já aplicados

Os testes rápidos que vêm sendo aplicados pela Prefeitura desde o início da semana abrem a possibilidade de um tratamento mais eficaz da doença quando detectada precocemente. Os testes começaram a ser aplicados no sistema drive thru, na Arena das Dunas, prioritariamente entre idosos e pessoas com comorbidades, para garantir a segurança e evitar aglomerações em filas, já que os pacientes não saem dos automóveis. Ao mesmo tempo, estão sendo testados os profissionais da saúde, começando pelos que trabalham nas urgências e emergências. Há ainda um trabalho paralelo de testagem realizado nos abrigos de longa permanência de idosos e com moradores em situação de rua assistidos pela Secretaria Municipal do Trabalho e da Assistência Social (Semtas).

Nos quatro dias na Arena das Dunas, foram realizados 5.425 testes, dos quais 924 pessoas apresentaram resultado positivo para a infecção e devem ser atendidas em uma unidade de saúde para, se for o caso, começar o tratamento imediatamente ou fazer novos exames para confirmar, a critério da análise médica. Além de serem isolados do contato com outras pessoas, para não transmitirem a doença.

Nesta terça-feira (23), será dado início ao mesmo tipo de trabalho no ginásio Nélio Dias, na Zona Norte. Agora, com a parceria com a UFRN, o serviço será aprofundado com mais equipes e testes para serem aplicados.

20

Jun

Coronavírus

Pessoas que se informam mais por redes sociais têm maior probabilidade de não seguir regras de afastamento, diz pesquisa

As pessoas que confiam nas mídias sociais para obter informações sobre o coronavírus que causa a COVID-19 são mais propensas a acreditar nas teorias de conspiração e violar as regras de afastamento ou isolamento físico durante a pandemia, de acordo com um estudo da Ipsos Mori para o King's College London.

O estudo mostra, por exemplo, que entre os que acreditam que não há evidências concretas de que o vírus exista, 56% usam o Facebook como sua principal fonte de informação, percentual quase três vezes maior que a proporção de pessoas que não acreditam nessa teoria conspiratória (20%).

Em outra situação, 60% das pessoas para as quais os sintomas que a maioria das pessoas atribui à COVID-19 parecem estar conectados à radiação da rede 5G – outra teoria conspiratória – disseram que obtêm suas informações do YouTube.

Três em cada 10 pessoas, segundo a pesquisa, que acreditam erroneamente que a rede 5G está causando sintomas da doença causada pelo coronavírus não seguiram regras de afastamento físico, apesar de suspeitarem que possam ter o vírus.

 “Esse tipo de associação não pode provar que a desinformação nas plataformas de mídia social causa crença em conspirações, menor confiança e maior probabilidade de violar as regras, mas apontam para uma mistura tóxica entre crenças subjacentes e informações enganosas que podem ter efeitos reais sobre como as pessoas comportar-se, mesmo durante uma pandemia”, disse o professor Bobby Duffy, diretor do Instituto de Políticas do King's College London.

"Nossas descobertas sugerem que o uso da mídia social está vinculado tanto a falsas crenças sobre o Covid-19 quanto ao não cumprimento das regras claras de isolamento", afirmou Daniel Allington, professor sênior de inteligência artificial social e cultural do King's College London . “Isso não é surpreendente, dado que muitas informações nas mídias sociais são enganosas ou totalmente erradas”.

“Estamos comprometidos em fornecer informações oportunas e úteis sobre o Covid-19 durante esse período crítico, usando dados da OMS e os recursos do NHS, para ajudar a combater desinformação”, disse um porta-voz do YouTube, segundo o site Press Gazette. O Facebook, por sua vez, informou ter removido “centenas de milhares de informações erradas relacionadas ao Covid-19 que poderiam levar a danos iminentes, incluindo postagens sobre curas falsas, alegações de que as medidas de distanciamento social não funcionam e que o 5G favorece o coronavírus”.

Fonte: ANJ, disponíevl em: https://www.anj.org.br/site/component/k2/1-noticias/jornal-anj-online/29586-pessoas-que-se-informam-mais-por-redes-sociais-tem-maior-probabilidade-de-nao-seguir-regras-de-afastamento-diz-pesquisa.html