Mercado

11

Abr

Mercado

Instituições facilitam acesso a capital de giro para empreendedores

Desde o início do processo de contenção ao avanço do vírus Covid-19 (Coronavírus), as instituições financeiras do país se mobilizaram para garantir a oferta de crédito a empreendedores, afrouxamento das regras de concessão, redução de taxas de juros e alongamento dos prazos de carência. Apesar de as agências bancárias não estarem funcionando 100%, é possível obter o empréstimo via canais alternativos.

A boa notícia em meio ao cenário de retração de consumo e da economia em geral é que a maioria das instituições dispõe de recursos para ajudar o empresariado a superar o momento de adversidade, principalmente na modalidade capital de giro, que serve para o custeio geral do empreendimento e pagamento da folha de funcionários.

A especialista em crédito do Sebrae-RN, a analista Ruth Suzana Maia, listou as principais alterações nas linhas de crédito dos principais bancos e instituições que atuam no Rio Grande do Norte e que podem socorrer o empreendedor em caso de dificuldade financeira. “De um modo geral, as instituições como um todo estão facilitando a obtenção do crédito para os pequenos negócios”.

Segundo ela, um dos destaques é a linha de financiamento destinada àqueles que mais estão sofrendo com a debandada de clientes devido ao período de quarentena, os Microempreendedores Individuais (MEI). A Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN) disponibiliza uma linha de crédito de até R$ 10 mil para pessoas jurídicas dessa categoria. “Até R$ 6 mil a taxa de juros na AGN é zero. Eles estão verificando apenas a possibilidade de alongar o prazo de carência, mas o recurso é certo”.

Segundo Ruth Maia, o Banco do Nordeste do Brasil ampliou o crédito que era de R$ 50 mil para R$ 100 mil mediante avalista, sem a necessidade de garantia real. “Já Caixa conseguiu reduzir a taxa de juros para linhas de financiamento para capital de giro, porém precisa de garantia real”.

Confira as medidas dos principais bancos

Caixa Economica Federal

*Liberação de R$ 30 bilhões para compra de carteira de crédito consignado e de financiamentos de carros de bancos médios, caso essas instituições financeiras tenham dificuldades; R$ 40 bilhões para capital de giro, principalmente para empresas do setor imobiliário e as pequenas e médias; e R$ 5 bilhões para o crédito agrícola.

*Prorrogação das dívidas

*Flexibilização de crédito e congelamento de cobrança de dívidas como uma forma de aliviar os impactos econômicos do coronavírus,

*Redução de juros para empresas de até 45% nas linhas de capital de giro, com taxas a partir de 0,57% a.m.

 Disponibilização de carência de até 60 dias nas operações parceladas de capital de giro e renegociação

 *Oferta de linhas de crédito especiais, com até seis meses de carência, para empresas que atuam nos setores de comércio e prestação de serviços, mais afetadas pelo momento atual

*Linhas de aquisição de máquinas e equipamentos, com taxas reduzidas e até 60 meses

Itau

*Prorrogação de dívidas com a assinatura do Itaú Crédito Sob Medida, que permite a alteração da data original por até 60 dias. Quem já tem a linha contratada também pode renegociar o vencimento da sua próxima parcela, optando por pagá-la 60 dias depois da data originalmente acordada.

*Com a redução da taxa SELIC para 3,75%, o banco anunciou que iria reduzir suas taxas de juros para clientes pessoa física e jurídica, repassando o corte de 0,50 ponto percentual da taxa básica de juros para as suas linhas de crédito.

Santander

*Ampliação em 10% o limite do cartão de crédito de todos os clientes adimplentes.

*Prorroga por até 60 dias o vencimento de parcelas de contratos de crédito, medida que abrange linhas de crédito pessoal (CP), preventivo, direto ao consumidor (CDC) e imobiliário.

 Bradesco

*Prorroga por 60 dias as dívidas de operações em dia

*Com a redução da taxa SELIC para 3,75%, o banco reduziu as taxas de juros para clientes pessoa física e jurídica, repassando o corte de 0,50 ponto percentual da taxa básica de juros para as suas linhas de crédito.

 Banco do Brasil

*Disponibilidade de R$ 100 bilhões para empréstimos a pessoas físicas, empresas e o agronegócio.

*Há recursos para compra de suprimentos e outros investimentos na área de saúde, eficiência energética, infraestrutura e viária, educação e saneamento para prefeituras municipais e governos estaduais

*R$ 48 bilhões são voltados especialmente para empresas, R$ 25 bilhões para o agronegócio e R$ 3 bilhões para administrações públicas municipais e estaduais. Os recursos irão reforçar as linhas de crédito já existentes, principalmente as voltadas para crédito pessoal e capital de giro.

Banco do Nordeste

*Dispões de até R$ 1,5 bi de crédito para empresas.

*Eleva de R$ 50 mil para R$ 100 mil o valor das contratações sem a obrigatoriedade de vinculação de garantias reais. 21. Para o setor rural — agronegócio e agricultura familiar — será conferida priorização no atendimento às operações de crédito de custeio, considerando o calendário agrícola da região, e disponibilizados R$ 4,4 bilhões entre abril e setembro.

*Diminuição das tarifas cobradas, de acordo com o porte dos clientes; para microempreendedores urbanos, ampliação do prazo médio de cinco para sete meses e antecipação das renovações de operações a vencer entre abril e junho; e carência de até 60 dias para crédito pessoal.

9

Abr

Mercado

Campanha Produto Potiguar estimula compra de produtos locais

Para estimular o consumo de produtos locais neste período de isolamento social, a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE/RN), lançaram na última quarta-feira (08), a campanha digital “Produto Potiguar”, para valorizar e estimular o consumo local.

O objetivo é fortalecer as micro, pequenas e médias empresas potiguares estimulando a população a consumir produtos locais, de empresas e autônomos do RN, dando preferência a estes também nas compras online, principalmente neste período de quarentena.

“As empresas e os trabalhadores estão passando por dificuldades em diversos setores, sem funcionamento e sem receita por estarem cumprindo a quarentena. Nós queremos estimular que o consumidor do estado privilegie as empresas e os trabalhadores locais, para ver se conseguimos sair o mais rápido da dificuldade que todo mundo entrou”, destacou o consultor de marketing, Ricardo Rosado, que criou a campanha junto com a agência Faz Propaganda.

A campanha é digital e as artes podem ser replicadas por quem desejar promover os negócios locais.

9

Abr

Mercado

RN tem segundo maior crescimento em volume de serviços do Brasil em fevereiro

O volume de serviços do Rio Grande do Norte cresceu 4,6% em fevereiro de 2020 em relação a fevereiro de 2019. Esse foi o segundo melhor desempenho entre as unidades da federação nesse tipo de comparação. Apenas o Distrito Federal (4,8%) superou o RN. Essas são informações da Pesquisa Mensal de S erviços (PMS), de Fevereiro de 2020, divulgada nesta quarta-feira (8) pelo IBGE.

Entre janeiro e fevereiro de 2020, o volume de serviços potiguar cresceu 3%, maior da região Nordeste. Por outro lado, o Brasil (- 1%) e 16 unidades da federação apresentaram retração nesse período. No acumulado do ano (janeiro e fevereiro somados), o volume de serviços no Rio Grande do Norte teve uma alta de 2,8% frente ao mesmo período de 2019. Considerando os últimos doze meses, o crescimento foi 1,1%.

7

Abr

Mercado

Medidas tributárias beneficiam contribuintes de Natal durante crise da Covid-19

As medidas de benefícios fiscais, implantadas pela Prefeitura de Natal, em meio à crise pela Covid-19, estão beneficiando 82% do universo de contribuintes da capital potiguar. O Município, apesar de enfrentar uma grande queda de receita, uma vez que a economia está praticamente parada, como por exemplo o setor hoteleiro, resolveu se unir ao seu contribuinte nesse momento de dificuldade.

De acordo com a Secretaria Municipal de Tributação - Semut -, a queda relativa à arrecadação de impostos locais chega mensalmente a 50% da receita, algo em torno de R$ 15 milhões/mês. Só com a medida que adia o recolhimento do Simples, a perda mensal é de R$ 5 milhões a R$ 6 milhões.

No entanto, a Prefeitura de Natal, dentro das limitações impostas pela legislação federal, que faz com que o bolo tributário seja dividido deixando 70% com a União, 22% com os Estados e apenas 8% com os municípios, está indo no limite do que pode ser feito para ajudar a população e a classe empresarial local a enfrentar o momento de crise.

“Nessa crise, o Município está sendo muito demandado com gastos para minimizar o impacto e atender a população. Ainda assim, estamos fazendo tudo que podemos, em termos de tributos, dentro do limite da divisão tributária brasileira”, explicou o secretário de tributação Ludenílson Lopes.

Dentre as medidas tomadas, destaca-se a prorrogação de prazos para o recolhimento do Imposto Sobre Serviços – ISS, incidente sobre a atividade exercida por Profissional Autônomo, da Taxa de Licença de Localização e da Taxa de Vigilância Sanitária.

As novas datas são as seguintes: Taxa de Licença para Localização – 11/05/2020; Parcela Única do ISS Profissional Autônomo – 11/05/2020; 1ª Parcela do ISS Profissional Autônomo – 11/05/2020; 2ª Parcela do ISS Profissional Autônomo – 10/07/2020. As datas referentes às 3ª e 4ª parcelas do ISS autônomo relativos ao exercício de 2020 permanecem inalteradas.

Especificamente em relação ao ISS, a Semut prorrogou para o sexto mês subsequente ao do vencimento original as datas de vencimento do Imposto Sobre Serviços (ISS) apurados no Simples Nacional, referentes aos períodos de apuração março, abril e maio de 2020.

A Secretaria Municipal de Tributação publicou nesta terça-feira (7) portaria que regulamenta a prorrogação desses prazos. As datas aprovadas são as seguintes:

I - quanto ao ISS devido pelo Microempreendedor Individual – MEI:

a) o Período de Apuração março de 2020, com vencimento original em 20 de abril de 2020, vencerá em 20 de outubro de 2020;

b) o Período de Apuração abril de 2020, com vencimento original em 20 de maio de 2020, vencerá em 20 de novembro de 2020; e

c) o Período de Apuração maio de 2020, com vencimento original em 22 de junho de 2020, vencerá em 21 de dezembro de 2020;

II - quanto ao ISS devido pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte:

a) o Período de Apuração março de 2020, com vencimento original em 20 de abril de 2020, vencerá em 20 de julho de 2020;

b) o Período de Apuração abril de 2020, com vencimento original em 20 de maio de 2020, vencerá em 20 de agosto de 2020; e

c) o Período de Apuração maio de 2020, com vencimento original em 22 de junho de 2020, vencerá em 21 de setembro de 2020.

A Semut esclarece ainda que a prorrogação dos prazos não implica direito à restituição de quantias eventualmente já recolhidas.

Ações

Também foi prorrogado o prazo de execução das Ordens de Serviço referentes às ações fiscais em andamento no âmbito do Departamento de Tributos Mobiliários – DETMOB até 30/06/2020, bem como foram suspensos os prazos para apresentação de documentos referentes a tais Ordens de Serviço até 30/04/2020.

Foram suspensas, ainda, as sessões do Tribunal Administrativo de Tributos Municipais referentes aos dias 24, 26 e 31/03 e 02, 07 e 09/04/2020; e os prazos processuais a partir de 23/03, voltando a fluir em 14/04/2020.

Atendimento
Em respeito ao contribuinte, ao servidor e a legislação que impõe o isolamento social, a Semut reforça que está trabalhando intensamente através dos seus sistemas online. O acesso pode ser feito através do site: https://www.natal.rn.gov.br/semut

7

Abr

Mercado

Delícias delivery: Sweet Cofee Week lança catálogo de Páscoa

O perfil do Sweet Coffe Week oferece a você, sem precisar sair de casa, produtos, preços e opções pra a Páscoa a sua disposição em um só canal. Pelo próprio perfil é possível fazer um tour pelas opções disponíveis nas casas do gênero, conhecer os produtos e escolher o que quer comer ou presentear nesta Páscoa.  Ao acessar o Instagram @sweetcoffeeweek você vai ficar por dentro das coleções de Páscoa das melhores e mais saborosas marcas da cidade.

Além das promoções especiais que você vai encontrar somente no @SweetCoffeeweek e escolher a que substituirá o seu abraço adiado.O Sweet Coffe week apresenta também o coelhoBoy Hug, símbolo da nossa campanha de Páscoa - “Longe dos abraços, coladinho com a doçura” - criado pela artista plástica Janyne Azevedo, atendendo o convite da jornalista e empreendedora Eline Eulália, uma das responsáveis pelo Sweet Coffee, pensado com um alento neste momento onde estamos nos reinventando e nos adaptando em uma temporada em casa.

“A ideia é preservar a celebração em torno da Páscoa, mantendo a tradição de presentear com ovos. Só que dessa vez, coelhinho botou um capacete e vai de moto fazer a entregas”, explica Eline Eulalia sobre o serviço de entrega que as empresas ofertam para os clientes. No perfil do Instagram @sweetcoffeeweek os seguidores ainda podem mandar recados, por meio de um cartão virtual para quem desejaram e ter suas mensagens compartilhadas pelas rede sociais parceiras, além do próprio perfil do Sweet Coffee Week ou imprimir cartões criados pela hand lettering, Paloma Felipe, para acompanhar os mimos.

6

Abr

Mercado

Plano de saúde abre mais de 500 vagas para enfermeiros e técnicos de enfermagem

Diante da pandemia causada pelo novo coronavírus, o Sistema Hapvida ampliou diversos serviços para melhor atender os clientes e combater a Covid-19. Um dos investimentos é na área assistencial, com a abertura de mais de 500 vagas temporárias de emprego para enfermeiros e técnicos de enfermagem, em diversas regiões do Brasil, onde a empresa atua com rede própria. As inscrições vão até o dia 8 de abril. 

Para participar da seleção, basta ir ao site do Hapvida, pelo link: http://bit.ly/noticiavagastemporarias, e selecionar o e-mail da cidade que deseja enviar o currículo. Na descrição do e-mail, informar o nome da vaga para qual deseja concorrer. Com o reforço da equipe assistencial para esse período, o atendimento eficiente e de qualidade aos clientes vai melhorar ainda mais.

Para Marcos Peixinho, Diretor Executivo de Recursos Humanos do Sistema Hapvida, esse investimento faz parte da missão da empresa no combate ao novo coronavírus. “Além de dar mais oportunidade de emprego às pessoas, o Hapvida acredita que, com uma equipe assistencial engajada, poderemos superar esse momento difícil”.

6

Abr

Mercado

Famílias no RN são as que consomem mais comida ultraprocessada do Norte e Nordeste

Os lares potiguares lideram na disponibilidade de alimentos ultraprocessados, considerando os estados das regiões Norte e Nordeste. Do total de calorias disponíveis nos domicílios potiguares por ano, 19,9% vem de alimentos ultraprocessados, que passam por forte transformação industrial e são mais nocivos à saúde. Essa informação é do módulo “Avaliação nutricional da disponibilidade domiciliar de alimentos”, da Pesquisa de Orçamento Familiar (POF) 2017-2018, divulgado na sexta-feira (03) pelo IBGE.

Logo atrás do Rio Grande do Norte, a Paraíba possui a segunda maior participação de alimentos ultraprocessados no Norte e Nordeste, 16,5% das calorias dos alimentos dos domicílios. De acordo com o Ministério da Saúde, esse grupo de alimentos (biscoito, sorvete, margarina e refrigerante por exemplo) deve ser evitado, pois pode causar maior dano à saúde.

Na comparação do total de calorias disponíveis no domicílio, de 17 subgrupos de alimentos ultraprocessados, o Rio Grande do Norte lidera, no Nordeste, em sete: frios e embutidos; biscoitos doces; bolos e tortas doces; chocolate; refeições prontas; bebidas lácteas; e sorvete.

Aquisição em quilos

O módulo da pesquisa também oferece uma análise da aquisição de alimentos por domicílio, em quilos, por pessoa. De um total de dez itens de “alimentos preparados”, os norte-rio-grandenses lideram, no Nordeste, a aquisição em oito: batata frita, carne assada, frango empanado, salgadinho, sanduíche, massa, refeição e alimento congelado.

No RN, comida in natura tem menor presença do Norte e Nordeste

A participação dos alimentos in natura ou minimamente processados na casa dos potiguares é a menor do Norte e Nordeste: 50,4% das calorias do total de alimentos nos domicílios. Em situação oposta, o Maranhão (67,3%) lidera a disponibilidade desse grupo de alimentos (arroz, feijão, legumes e outros do tipo) no Norte e Nordeste.

Além disso, os domicílios do RN apresentaram a menor participação do arroz (9,5%) no total de calorias dos alimentos do Norte e Nordeste. A disponibilidade de calorias provenientes de peixes no estado também é a menor da região ao lado da Bahia (0,4%).

Em compensação, os potiguares lideram na presença de leite (5,5%), no Norte e Nordeste, e farinhas de trigo (0,9%) entre os estados do Nordeste.O Norte (58,2%) e Nordeste (54,5%) são regiões com maior participação de alimentos in natura e minimamente processados no total calorias dos alimentos nas residências. O menor percentual é do Sudeste (44,9%), superado por Sul (47,3%) e Centro-oeste (50,7%).

Grupos de alimentos

O Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde, recomenda que a alimentação seja baseada em grande variedade de alimentos do grupo in natura e minimamente processados (feijão, legumes e verduras por exemplo).

O grupo ingredientes culinários processados (sal, açúcar, manteiga e vinagre e outros do gênero) e grupo alimentos processados (queijos, conserva de legumes e carnes salgadas por exemplo) devem ser usados em pequenas quantidades. Finalmente, o grupo de alimentos ultraprocessados (salsichas, hambúrgueres e bebidas alcoólicas destiladas por exemplo) deve ser evitado.

Crescimento da preferência por alimentos ultraprocessados desacelera

A evolução da disponibilidade domiciliar de alimentos no Brasil, estimada com base nas POFs realizadas em 2002-2003, 2008-2009 e 2017-1018, indica que alimentos in natura ou minimamente processados e ingredientes culinários processados vêm perdendo espaço para alimentos processados e, sobretudo, para alimentos ultraprocessados em todo Brasil.

Apesar de a participação de alimentos ultraprocessados na disponibilidade domiciliar ter aumentado ao longo das três POFs, observa-se que o ritmo de crescimento diminuiu. Entre a POF 2002-2003 e a POF 2008-2009, houve aumento anual de 0,6 ponto percentual na porcentagem de calorias provenientes de ultraprocessados. Entre a edição a 2008-2009 e a atual, o crescimento desse grupo de alimentos foi 0,3 ponto percentual.

6

Abr

Mercado

Estudo indica que equipes de TI com mulheres se comunicam melhor; confira

Um novo estudo, desenvolvido por um grupo de pesquisadores europeus, concluiu que equipes de TI que contam com mais mulheres tendem a ter uma melhor comunicação. A também analisou como a igualdade de gênero é sentida no setor.

Segundo os autores, tanto os homens quanto as mulheres da área de tecnologia subestimam a importância feminina nas equipes de TI. Inclusive, em alguns casos, as mulheres foram as que consideraram a diversidade de gênero como assunto menos importante. O estudo também indica que quanto menos experiência o profissional tem com equipes miscigenadas, maior a chance dele não considerar importante a diversidade de gênero.

Importância feminina no setor

Para explicar melhor a importância das mulheres no setor, os pesquisadores utilizaram dois conceitos: “cheiros da comunidade” e “dívida social”. Segundo o estudo, a dívida social é semelhante à dívida técnica em TI. Ambos os tipos são resultados de decisões sobre as pessoas e suas interações.

Da mesma forma, os “cheiros da comunidade” são análogos ao “mau cheiro no código fonte”, que são escolhas no software que levam a falhas. Na pesquisa, os autores definem os "cheiros da comunidade" como padrões que indicam organização e comunicação abaixo do ideal e que podem levar a custos imprevisíveis do projeto.

Para a pesquisa, os autores analisar quatro tipos de “cheiros da comunidade”, são eles:

Silos Organizacionais: quando a equipe não se comunica, exceto por meio de um ou dois de seus respectivos membros;

Nuvem Negra: a equipe está sobrecarregada com informação porque a comunicação não é organizada;

Lobos Solitários: membros da equipe que gostam de desafiar e não ouvem os colegas;

Gargalos: um membro da equipe quer ser a única fonte de informação.

Outros estudos já haviam concluído que as mulheres são essenciais para diminuir os “cheiros da comunidade” e evitar a dívida social. Contudo, essa pesquisa também mostra que as mulheres aumentam a eficiência e a qualidade organizacional das equipes, em especial na área de TI.

Fonte: TecMundo, disponível em: https://www.tecmundo.com.br/mercado/151761-estudo-indica-equipes-ti-mulheres-comunicam-melhor.htm

3

Abr

Mercado

Análise: mercado de celulares cairá 13% em 2020, o pior cenário da década

Os impactos da COVID-19 na economia ainda estão em curso, mas pelo menos um mercado deve ser atingido fortemente neste ano, o de telefones celulares. Segundo a consultoria CCS Insight, o mercado global dos aparelhos móveis deve cair 13% em vendas, registrando o menor valor em uma década. A CCS Insight estima que serão vendidos neste ano 1,57 bilhão de celulares. Isoladamente, os smartphones cairão de 1,41 bilhão de unidades vendidas em 2019 para 1,26 bilhão em 2020.

A análise da empresa identificou três influências da pandemia da COVID-19 nas vendas de celulares: Redução na demanda dos consumidores devido às recomendações de isolamento físico; Desaceleração na cadeia produtiva e de distribuição de aparelhos e os efeitos prolongados na economia global mesmo após o fim da pandemia.

Mesmo para o segundo semestre deste ano, a CCS Insight prevê que o ambiente econômico estará desaquecido, fazendo com que muitos clientes (individuais e empresariais) adiem novas compras e trocas de aparelhos, mesmo com a crescente importância de celulares na atual situação. A consultoria estima que até mesmo o último trimestre do ano terá vendas inferiores às do ano passado.

Apesar do pessimismo, a previsão é que as vendas se recuperem fortemente já em 2021, com um crescimento de 12% – alcançando um patamar próximo ao de 2019. Para 2022 a previsão é de outro crescimento, com vendas de celulares na casa de 2 bilhões de unidades, superando os outros anos da década.

Um dos motores para este crescimento é a expansão das redes 5G e o lançamento de aparelhos compatíveis. O relatório da CCS prevê que o número de telefones 5G vendidos em 2020 seja de 210 milhões, dez vezes maior que em 2019. Outra previsão é que os aparelhos com a rede de última geração sejam maioria entre o total de unidades vendidas já em 2024, quando devem vender mais de 1,1 bilhão de unidades.

Fonte: Canaltech, disponivel em: https://canaltech.com.br/smartphone/analise-mercado-de-celulares-caira-13-em-2020-o-pior-cenario-da-decada-162830/

2

Abr

Mercado

88% dos pequenos negócios do RN já enfrentam queda no faturamento

Os decretos e as medidas de  restrição à circulação de pessoas isolamento social, em decorrência do coronavirus (Covid-19), já apresentam um impacto negativo no equilíbrio financeiro e ameaçam a sobrevivência dos pequenos negócios instalados no Rio Grande do Norte. De acordo com pesquisa realizada pelo Sebrae e divulgada nesta quinta-feira (2), 88% dos empreendimentos de pequeno porte do Estado já verificam uma queda no faturamento em função da crise gerada pela pandemia. E o mais grave, 29% dois donos de empresas do RN dizem que não terão condições de manter o funcionamento e precisarão fechar o negócio permanentemente em um mês caso as restrições adotadas até agora permanecer por mais tempo. Os pequenos negócios representam mais de 95% de todos os empreendimentos do RN, somando pelo menos 181 mil negócios.

O levantamento foi feito entre os dias 19 e 23 de março e ouviu 9.105 proprietários de micro e pequenas empresas de todo o país, incluindo os do Rio Grande do Norte. A pesquisa mostrou que mesmo adotando técnicas de vendas online e de serviço de entrega ainda assim as vendas dos empreendedores potiguares caíram 64,2% na última semana em comparação a uma semana normal. Somente 8% dos empreendedores não foram afetados [ou continuaram com mesmo faturamento ou tiveram aumento] até o momento pelo cenário adverso proporcionado pelo coronavirus. Para a maioria a realidade tem sido bem mais cruel. 62% dos empreendedores disseram que o faturamento caiu para mais da metade até o momento.

Damiana Paula faz parte dessas estatísticas. Ela é proprietária de uma lanchonete e sorveteria na Zona Norte de Natal e está sentindo os impactos das medidas de restrição no bolso. É lá onde os danos provocados pelo novo coronavírus se mostram implacáveis. E, para melhorar o volume das vendas que caiu vertiginosamente, Damiana decidiu contratar um entregador e aos poucos está conseguindo melhorar o fluxo das vendas de lanches e de sorvetes. Ela também presta serviço de reprografia na sua loja, tirando cópias de documentos e impressos para a sua clientela, que também pode receber o material impresso em casa.

“Não está sendo fácil, mas acredito que tudo vai ficar bem. É importante seguir as orientações dos órgãos competentes, da Organização Mundial da Saúde e seguir firme, como todo empreendedor que luta todos os dias para ter dias melhores. Nessa hora, a orientação, a informação e o conhecimento são necessários para a gente sair dessa crise”, recomenda a empreendedora, que antes da lanchonete, atuou nos segmentos de cosméticos e confecções e se viu obrigada a fechar seus negócios para tentar novamente. Atualmente, ela não tem pessoas empregadas no negócio.

De acordo com a pesquisa as despesas com funcionários representam o item o que mais pesa no orçamento do negócio para 47% dos empreendedores potiguares, seguido de empréstimos e dívidas, que complicam a vida de 43% dos empresários do RN. Por conta do avanço da doença no país, os custos com pessoal aumentaram para 21% dos empreendedores do Estado. Para a maior parte (61%), no entanto, as despesas com funcionários permaneceram inalteradas. 

Porém, com a expressiva queda nas vendas, 58,1% dos empreendedores do RN já preveem que precisarão solicitar empréstimos para manter o negócio em funcionamento sem gerar demissões. O levantamento também calculou a média de pessoas que dependem de cada empresa e no Rio Grande do Norte o número chega a ser de 8,6 pessoas, sejam como empregados fixos, temporários, formais, informais e até familiares do empreendedor.

29% dos donos de pequenos negócios do Estado acreditam que só conseguem manter a empresa aberta por mais um mês caso as restrições de movimentação de pessoas permaneçam por mais tempo e outros 29% disseram que só conseguem permanecer funcionando por mais dois ou três meses. Esses empreendedores faturam, segundo a pesquisa, uma média de até R$ 6 mil por mês (33%). Já os que faturam entre R$ 7 mil e 15 mil mensais somam apenas 13%.

2

Abr

Mercado

Projeto Planta Natal assenta 140 novas mudas

O projeto Planta Natal, criado pela Prefeitura, continua a fazer da capital potiguar uma cidade mais arborizada, verde e ecologicamente correta. Nesta semana, equipes do projeto plantaram 140 mudas em espaços como a praça do Residencial Vivendas, na comunidade do Leningrado, na zona Oeste, na fonte da Praça dos 400 Anos, na altura do viaduto de Ponta Negra, em frente à Árvore de Mirassol, e nos canteiros e marginais da BR-101, entre os bairros de Candelária e Neópolis.

O Projeto Planta Natal é realizado com a participação de várias secretarias da Prefeitura. A parceria tem permitido que o avanço seja rápido e com segurança em tempos de coronavírus. De acordo com a secretária de Esporte e Lazer de Natal, Danielle Mafra, uma das coordenadoras do projeto, as ações são integradas e outros plantios serão realizados nos canteiros centrais das avenidas Salgado Filho, Prudente de Morais e Bernardo Vieira, logo que as equipes façam o estudo de viabilidade, uma vez que em muitos trechos das avenidas há tubulação de gás, de água e de esgoto.

“Estávamos prontos para plantar mais de 2.000 árvores nas escolas municipais, mas as recomendações das autoridades médicas para que os estudantes se recolhessem em casa por conta da pandemia mundial causada pelo novo coronavírus fizeram com que adiássemos as ações até segunda ordem”, explicou Danielle Mafra.

Ela também assinalou que árvores já plantadas podem ser identificadas por meio do Código QR. Um código de barras bidimensional que pode ser facilmente escaneado usando a maioria dos telefones celulares equipados com câmera. Esse código é convertido em uma localização georreferenciada. A primeira ação de plantio do ano de 2020 foi em 4 de fevereiro, no Centro de Convivência para Idosos Marly Sarney, no bairro de Lagoa Nova. Foram plantadas 16 espécies, entre elas oitis, jambeiros, pés de graviola e craibeiras, na área do Marly Sarney, e, além disso, serviços de ajardinamento e pintura. Em 2019, a administração plantou 3.500 mudas na capital e o objetivo é atingir a meta de 20 mil mudas.

Ainda de acordo com Danielle Mafra, os plantios estão sendo feitos em áreas controladas, ou seja, com a presença de muros, para evitar vandalismo ou o abandono do vegetal, que acaba morrendo sem água. O Planta Natal percorrerá todos os equipamentos coordenados pela Secretaria Municipal de Trabalho e Ação Social, nesta fase do projeto: “Primeiro, visitamos, depois fazemos todo trabalho de limpeza, escolha das espécies, envolvemos os usuários e funcionários e só depois fazemos o plantio. É um trabalho muito bonito da Prefeitura e das secretarias”.

2

Abr

Mercado

Inova Metrópole oferece consultoria gratuita a pequenos negócios

Como forma de ajudar empreendedores a continuar e fortalecer seus negócios durante o período de quarentena, a Inova Metrópole, incubadora de empresas do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), está oferecendo consultoria online gratuita para qualquer empresário ou profissional autônomo que queira otimizar seu negócio durante o isolamento social.

A ação, que teve início nessa segunda-feira, 31 de março, visa a instruir os participantes quanto a uma série de temas institucionais, como finanças, marketing e psicologia organizacional. Para participar, o interessado deve se cadastrar aqui e entrar em contato com a equipe para marcar as primeiras reuniões por videochamada.

“A ideia é oferecer apoio aos pequenos empresários e autônomos. Cada participante será auxiliado na criação de um plano de trabalho específico para esse período de crise do coronavírus”, explica a gerente executiva da Inova, Iris Pimenta.

As consultorias são conduzidas por profissionais da própria incubadora, vinculada ao Parque Metrópole Digital. Os colaboradores – Michelle Almeida (psicóloga), Larissa Fernandes (publicitária) e Cleber Ferreira (contador) – são especialistas em cada área de atuação e, rotineiramente, já prestam serviços às empresas incubadas e pré-incubadas da Inova Metrópole, que atualmente abriga 24 startups, vinculadas aos seus programas de pré-incubação e incubação.

Apesar de seu viés tecnológico, a incubadora está oferecendo as consultorias a empresas que atuam em qualquer ramo, “basta que ela preencha o formulário online e entre em contato”, explica Iris Pimenta. A ação durará todo o período de quarentena, estendendo-se até o acompanhamento posterior dos resultados conquistados pelos participantes.

Inova Orienta

Além dessa, outra prestação gratuita de serviço que os profissionais da incubadora estão oferecendo durante a quarentena é o Inova Orienta. A ação acontece de modo semelhante às consultorias, mas tem o objetivo de esclarecer, por meio do Instagram @parquemetropole, dúvidas pontuais sobre uma das três áreas abordadas pela iniciativa. Para participar, basta que o interessado envie diretamente uma pergunta por direct para o perfil do Parque Tecnológico.

 

1

Abr

Mercado

Cataventos do Bem junta influenciadores digitais para apoiar comerciantes e empresas do RN

No momento de grave crise econômica causada pela pandemia do coronavírus, o jornalista, influenciador e empresário Chrystian de Saboya está capitaneando uma iniciativa do Bem para ajudar, gratuitamente, a empresas de todo o RN usando o poder e a audiência da redes sociais.

Ele juntou um grupo de 30 influenciadores digitais de todo o Rio Grande do Norte – tem gente da capital, do Seridó, do Oeste – e formou o grupo Cataventos do Bem. O objetivo é trabalhar em conjunto para divulgar as empresas que estão precisando de apoio no Estado, por meio da divulgação dos seus produtos e serviços.

“Quando soma a audiência de todos nós, são mais de 2 milhões de espectadores nas redes sociais”, ressalta Chrystian de Saboya. Além dele, com o perfil @desaboya, estão entre os primeiros influenciadores a aderir à ideia os seguintes perfis: @ruamahadassa; @djbalinha; @drajardelinebraga; @visto.g; @ydeiascomipsilon; @mariofilho2nd; @lucianaacsoares; @baratodecasar; @blogdadarc; @claudiastarosa; @docelardalu; @anahbezerra; @docelardamarcinha; @grasimachado_consultoria; @luxurydecor_earte; @nataldicas; @joycealves_tx; @catalogodeideias; @dalladiercunha; @nadynepontual; @beppersonagens; @carlakcamara; @acheieindiquei; @tonny_cell; @alanamoreirah_;@ojonhathan e @katarinekennedy.

A ideia já tem despertado a atenção e o apoio de outros perfis e veículos digitais, e promete ganhar corpo, como uma forma de usar a influência para fazer o bem.

25

Mar

Mercado

Mudança na Lei Djalma Maranhão permite movimentar contas com 20% de depósitos

Principal motor de impulsionamento da cultura potiguar, a Lei Djalma Maranhão tem novidades boas para o setor cultural. A Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult-Funcarte), informa que a partir desta quarta-feira (25) os proponentes culturais podem movimentar a conta dos seus projetos quando o total de depósitos realizados pelos patrocinadores atingir o valor mínimo de 20%. Antes, este percentual era de 40%.
 
Conforme a Lei Municipal n. 7.008, sancionada pelo prefeito Álvaro Dias, quando o valor depositado pela empresa atingir 20% do total a ser patrocinado, o empreendedor poderá movimentar a conta corrente aberta para esta finalidade. “Isto permite que os prestadores de serviços contratados pelo projeto possam receber seus pagamentos de forma mais rápida É uma medida que vinha sendo debatida com a classe cultural e proponentes e agora é uma realidade. Antes, a conta somente poderia ser movimentada quando 40% do valor estivesse depositado”, comenta o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão.
 
A Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult-Funcarte) está disponibilizando R$ 11.397.820,00 (onze milhões, trezentos e noventa  sete mil, oitocentos e vinte) para serem investidos na economia criativa da cidade. Produtores, artistas e realizadores podem captar recursos perante a iniciativa privada para a realização de projetos.
 
Através da Lei Djalma Maranhão são realizados projetos nas áreas do Audiovisual, Teatro, Shows, DVDS, blocos e prévias de Carnaval, Documentários, livros, exposições, espetáculos infantis e de dança. "A vida cultural e a economia criativa da cidade do Natal passam pela Lei Djalma Maranhão. Vai desde as programações semanais de continuidade até os principais projetos de música e Carnaval", comenta o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão.
 
Promovida e criada pela Prefeitura do Natal, a Lei de Incentivo à Cultura que utiliza renúncia fiscal do Município propicia centenas de projetos nos mais diversos segmentos. Informações podem ser obtidos no programadjalmamaranhao@hotmail.com ou na sede da Secretaria de Cultura (Secult/Funcarte).
 
A Lei Djalma Maranhão aprovou 138 projetos no ano passado. “A Lei Djalma Maranhão tem vida perene através de projetos diversificados e voltados para a cultura de qualidade, motor da economia criativa”, comenta o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão.

24

Mar

Mercado

Delivery é opção para potiguares continuarem saboreando pratos do Páprika Restaurante e Pizzaria

Pizzas, massas italianas, risotos, carnes e frutos do mar são as opções do serviço de delivery oferecido pela Páprika Restaurante e Pizzaria durante esse período em que bares e restaurantes devem permanecer fechados, para preservar a saúde dos potiguares, turistas e colaboradores, como preconiza o decreto estabelecido pelo governo do estado, por causa da pandemia do novo Coronavírus.

O serviço de entrega de comida em casa pode ser acessado pelo apps iFood e Uber Eats e pelo telefone, por meio do Whatsapp (84) 9-9704-3789, ou pelo número convencional (84) 3219-3865. O delivery do Páprika Restaurante e Pizzaria está funcionando de domingo a domingo, das 17h às 22h30.

Neste mês de março, para marcar os 10 anos do restaurante, o Páprika está oferecendo uma promoção por dia. Até o dia 31, um produto diferente é ofertado com um preço especial.

Em  todas as segundas de março, a pizza GG de carne de sol vai custar apenas R$ 39,90; às terças, a promoção do cardápio é o combo de sanduíche com batata frita e refrigerante por apenas R$ 24,90; às quartas, a pizza GG de calabresa vai custar só R$ 39,90; às quintas, a pizza GG paulista vai sair pelo mesmo valor; às sextas, a promoção é a pizza GG de frango com catupiry, também por R$ 39,90; aos sábados, o delicioso filé à parmegiana vai custar R$ 69,90; e aos domingos, a pizza GG marguerita sairá por R$ 39,90.

A cozinha italiana é um dos grandes carros-chefes do Páprika Natal. Além da tradicional pizza de massa fina, assada no forno a lenha, o preparo da comida é feito de forma legítima. Outro prato de destaque da casa é o risoto. Por três vezes, as receitas oferecidas no restaurante foram as vencedoras do maior concurso de risoto realizado na Itália, na cidade de Verona.