Uma plataforma totalmente gratuita, que reúne diferentes práticas pedagógicas criadas por professores para professores. Este é o diferencial da ferramenta online que o projeto Balcão de Ideias e Práticas Educativas, desenvolvido em parceria com o Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS), lançada na última quinta-feira (02).  

Na plataforma, professores das redes municipais de ensino da Bahia e de São Paulo compartilharão conhecimentos com outros professores de todo Brasil por meio de práticas criadas em capacitações realizadas ao longo de 2019, nas redes municipais de Itapebi, Itaparica e São Francisco do Conde, no estado baiano, e Caieiras e Francisco Morato, cidades paulistas. O material pode ser acessado no endereço: https://www.cieds.org.br/balcaodeideias

“Atravessamos um momento diferente de tudo que já vivemos. O Instituto Neoenergia segue com a sua missão de conectar as pessoas e o planeta e promover iniciativas como oportunidades de estimular a transformação. Entendemos que o lançamento da plataforma neste cenário de isolamento social reforça a sua proposta inicial, de criar redes para compartilhamento de conhecimento e espaços de troca, porque acreditamos que somente juntos construímos uma educação melhor, mais inclusiva e participativa”, diz Renata Chagas, Diretora-Presidente do Instituto Neoenergia.

No total, serão 100 práticas oferecidas, sendo que 60 delas desde o lançamento. Em gestão pedagógica, há aulas que tratam da relação entre família e escola, desde a democratização do acesso à educação e do ambiente da sala de aula até a articulação de diferentes disciplinas e atividades que envolvem toda a comunidade escolar. Há também filtros em que o educador pode selecionar o segmento, o tipo de prática, a opção entre docência ou pedagogia e em qual território a ideia foi criada.

Todas as iniciativas têm uma estrutura pré-definida, que envolvem um passo a passo para sua aplicação, os recursos necessários, o público envolvido, o tempo de duração e o relato da experiência dos profissionais que implementaram a ideia. São disponibilizados ainda anexos, que podem ser livros, fotos ou vídeos, que auxiliam o material pedagógico. Para completar, uma área de interação, com um campo aberto para comentários, permite que o usuário tire dúvidas e conte, ele mesmo, sua experiência.